Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



As letras pequeninas do Continente

por O ultimo fecha a porta, em 30.04.16

Acabo de receber esta publicidade do Continente, possivelmente em resposta ao desconto imediato do Pingo Doce.

 

Agora vamos ler as letras minúsculas: "o saldo só poderá ser utilizado entre 2 e 8 de Maio de 2016".

 

Promoções destas? Não, obrigado. Parece que estão a tentar enganar o cliente com estas letras minúsculas. Além disso, agora os 6 cêntimos a acumular em cartão na Galp é só nos combustíveis mais caros. Mais uma vez, não, obrigado

Untitled.png

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:58

A família política

por O ultimo fecha a porta, em 28.04.16

tacho.jpegLê-se assim na notícia da Sábado sobre o clã César:

"São cinco: além do líder parlamentar socialista, Carlos César, há outros quatro "césares" na administração pública e em cargos públicos. Aliás, toda a família: a mulher foi nomeada pelo Governo regional, o filho foi eleito pelo PS regional, a nora nomeada por uma secretária do governo regional, o irmão escolhido pelo ex-ministro da Cultura do actual Governo."

 

Acho que me falta o apelido César para ter um tacho garantido. Eis porque a política está descredibilizada. Será o apelido quem faz os cargos políticos ou o mérito?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:29

As ofertas das excursões

por O ultimo fecha a porta, em 27.04.16

Num dos panfletos que deixaram na caixa do correio sobre uma excursão, entre o lanche e o jantar, o programa prevê:índice.jpg

 

"Livre assistência, sem nenhum compromisso de compra a uma amena demonstração de artigos exclusivos, garantidos e promovidos pela ..."

 

Ora bolas, alguém me sabe descrever o que é uma "amena  demonstração"? Quem for à excursão, também já sabe ao que vai...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:19

Primeiro dia de praia 2016

por O ultimo fecha a porta, em 25.04.16

Feriado, bom tempo e um despertador esquecido a apitar às 8h00m.

 

Estava dado o mote para ir à praia. Demorei até encontrar um protetor solar em casa.  Depois de o ter encontrado, ter preparado a toalha, as sandálias e posto as lentes, o derradeiro desafio foi encontrar a mochila. Depois de tudo pronto e comprar o jornal desportivo para me entreter, lá fui eu.

 

Na praia, a manhã esteve maravilhosa: o mar azulinho, calmo, cheiroso; o areal ainda virgem de pessoas e animais, embora um pouco sujo do que o mar traz consigo; o vento para surpresa não existia. Corria uma brisa fresca. Nem parecia uma praia do Norte. Havia muita gente a correr ou a passear no passadiço. Vi também muitos cãezinhos a passear com os seus donos, mas sem açaime. Aliás, vou dedicar em breve um post sobre isso.

 

Em pouco tempo, cheguei a várias conclusões: i) consegui ganhar uma corzinha e não apanhei escaldões; ii) apesar do pouco tempo exposto o meu cabelo aloirou iii) tenho muita caloria a perder e muita perna para trabalhar nos próximos dias e iv) a imprensa continua a venerar o Benfica.

 

Durante a tarde, castigo. Novamente à beira-mar, 8 km's de caminhada, com quatro para cada lado e nada de prémios de gelados.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 19:52

As pegas dos garrafões

por O ultimo fecha a porta, em 24.04.16

pega garrafao.jpgPara quem tem de transportar garrafões, sobretudo em escadas, as suas pegas são um pesadelo doloroso!

Ao fim de pouco tempo fica logo a doer as mãos e não me parece que faça bem à circulação, nem à coluna. Refiro-me não só o transporte, mas também ao exercício de o colocar no carrinho das compras ou no carro. Para quem tem de subir escadas e ir a pé ao supermercado, ainda é pior.

 

Recentemente, as marcas lembraram-se de criar garrafões de 6 litros, mas nem por isso reforçaram as suas pegas.

 

Esta semana, vi no supermercado, uns desses garrafões com a pega reforçada, mas quando olhei o preço do mesmo assustei-me. O de marca branca era quase 1/3 do preço.

 

Não sei se alguém conhece alguma peça de silicone ou assim que ajude no transporte do garrafões, mas seria uma boa ideia os supermercados venderem esses auxiliares à parte e reutilizáveis (e já agora baratos). Eu, pelo menos, desconheço.

 

P.S.: tentei encontrar nos sites dos supermercados, os garrafões dessa marca com pega reforçada, mas nas fotos disponíveis não a têm. Secalhar foi alguma campanha.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:09

Love on top: onde está o "amor"?

por O ultimo fecha a porta, em 22.04.16

Este programa da TVI é uma desilusão. Passaram duas semanas e nada!

Nem com, nem sem lençóis a tapar. Nada!

 

 

Estes concorrentes sabem muito bem ao que vão: "dar canal". Não é pelo dinheiro, é pela fama. Aliás o estereótipo dos concorrentes é: musculados, tatuados, morenos de solário, t-shirts excessivamente caviadas e calças justas. As miúdas de cabelos compridos, excessivamente maquilhadas, boas curvas e calças push-up. Inteligência e capacidade cognitiva: muito baixa. O objetivo da sua entrada é envolveram-se sexualmente uns com os outros (amorosa e amistosamente não dá audiências). Tal como eu, a TVI também não deve estar a gostar das camas estarem muito estabilizadas...

 

Ontem, entre o zapping das três repetições de um vídeo de cheias na Madeira na CMTV e a morte de Prince, à noite, na TVI, dizia um deles, em cuecas, no quarto e sobre outra concorrente, qualquer coisa como: "Mulher minha, não anda a fazer olhinhos a vários gajos ao mesmo tempo".

 

Meu caro, mas tu pensas que estás aonde? E em que programa? Fez-me logo lembrar aquelas rábulas de gozo com este tipo de programas e de concorrentes do telelixo.

 

Por falar em telelixo, ontem a Pimpinha Jadim, filha da Cinha Jardim, teve direito a uma reportagem de 5 minutos sobre a sua ida ao bowling. Para aparecer na televisão, não é preciso ter talento, basta conhecer as pessoas certas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:26

A depressão de um ouvir um noticiário na CMTV

por O ultimo fecha a porta, em 16.04.16

Uma pessoa acorda de manhã, liga o noticiário e é:

 

    - um naufrágio

    (30 minutos de direto a repetir sempre as mesmas imagens e a repetir a mesma coisa)

    - um acidente com morto

    - uma idosa morta em assalto

    - uma idosa morta em incêndio

   - outra idosa morta em incêndio

 

(intervalo com a promessa de mais 30 minutos de direto do naufrágio)

Desliguei a televisão. Fiquei deprimido com tanta boa notícia. Bom sábado!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:27

Os mitos sobre a trovoada

por O ultimo fecha a porta, em 13.04.16

trovoada060313.jpgOs últimos dias têm sido de mau tempo e muito trovoada aqui para os meus lados.

 

Dei por mim a pensar naqele mito que os mais velhos transmitem aos mais novos.

A minha bisavó, quando era pequeno, convenceu-me que trovoada é Jesus a ralhar com as criancinhas que se portam mal. Eu como tinha sido travesso, estava a levar um ralhete.

 

Há com cada uma...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:15

As manobras das empresas das telecomunicações

por O ultimo fecha a porta, em 11.04.16

Este fim de semana fui a uma loja de shopping da empresa de telecomunicações de que sou cliente no sentido de renegociar o preço, tendo em conta o pacote de referência identico de uma concorrente que é metade do que iria começar a pagar após o fim de uma campanha.

Depois de estar quase 15 minutos à espera para ser atendido, ainda estive de esperar mais 20 minutos porque na loja não conseguem/podem renegociar contratos. Tinha de ser pelo call center.

índice.png

 

Esclareci logo que o meu objetivo era baixar o preço para um valor idêntico à da concorrente, ou então mudava de operadora.

No entanto, a exposição do operador foi:

     i) primeiro baixar dois euros o pacote com mais canais.

     Disse logo que não estava interessado. Queria pagar menos.

     ii) segundo iria pagar mais 2 euros, mas teria mais canais, mais roaming e x euros em horas de video-clube

     Tornei a recusar logo. Então eu quero baixar o preço e ele oferece-me serviços que não quero para nada.

     iii) terceiro e quando já ia desligar, fez a derradeira proposta que igualava o preço da concorrência com condições semelhantes.

 

Ou seja, tentou-me vender coisas que não estava interessado, deixando para o fim aquela proposta que ia de encontro ao que tinha pedido e aos meus interesses.

 

Fica o conselho: regatear com as operadoras, não aceitar as primeiras propostas que induzem a comprar coisas que não precisamos e jogar com a concorrência.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 23:02

As joias de Joana Vasconcelos

por O ultimo fecha a porta, em 08.04.16

Ai Joana Vasconcelos!

Esta polémica faz-me lembrar a da Pepa Xavier, quando referiu a mala Chanel. 

Por muito que uma figura pública pense em algo menos ortodoxo, tem de ter cuidado com o que divulgado publicamente. Se o diz, é alvo de chacotas e críticas. 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:39

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Blogs Portugal