Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



E as máquinas de vending de escola não têm restrições?

por O ultimo fecha a porta, em 29.05.16

how-to-eat-healthy-300x198.jpgOs sumos e  refrigerantes vão ter um imposto extra em 2017 para financiar a obesidade e vai haver restrições nas máquinas dos hospitais, lê-se aqui.

 

É uma medida com boa intenção, mas

   i) é mais uma medida para ir ao bolso dos portugueses e se for com a fiscalidade verde, que colocam impostos "verdes", mas não se apresentam estudos da melhoria da qualidade ambiental, é inócuo para uma boa aceitação

   ii) corre-se o risco, não tarda, da imprensa trazer uma polémica da vida académica do ministro da saúde ou do ministro que anunciar a medida

 

Nos hospitais parece-me razoável haver conteúdos açucarados nas máquinas, pois algumas pessoas tendem a ficar com a tensão baixa quando estão na sala de espera devido ao cheiro ou quando fazem análises (eu, por exemplo, não lido muito bem quando levo injeções). Porém, não me choca a medida.

 

Nas escolas é que acho que não faz sentido haver chocolates, batatas fritas, rebuçados e muita coisa que faz mal e caras nas máquinas de alimentos. O problema não está nos hospitais, mas sim nas escolas. Na Secundária onde andei, o bar servia a potes bolos com creme, batatas fritas, rissóis, croquetes, paniques, chocolates, empadas e outros cheios de gordura e açúcar. Ainda tinham a nuance de serem mais baratas que nos outros sítios, pois a escola não tem margem de lucro.

 

Parece-me uma boa medida, mas incompleta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:53

Email do blog o ultimo fecha a porta

por O ultimo fecha a porta, em 28.05.16

Como isto de ter e manter um blog se está a tornar uma experiência engraçada e bastante interessante, criei um email só para o blog oultimofechaaporta@sapo.pt

Já atualizei a página de perfil.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:57

Redes sociais coscuvilheiras

por O ultimo fecha a porta, em 26.05.16

Esta semana procurei por um hotel em Amesterdão e o G26997_adoro_cuscar_img.jpgoogle sugeriu-me o booking.com

Passados uns minutos fui ao Facebook e na publicidade entre os post dos meus "amigos" apareceu publicidade dos hotéis que andei a ver. De repente senti-me observado pelo Facebook!

Curiosamente, volta e meia faço compras on-line num site de uma conhecida marca e quando vou a outros sites, por exemplo, aparece sistematicamente publicidade a essa marca.

 

Faz sentido o Facebook expor-me a marcas/sites através de uma pesquisa que eu fiz fora dessa rede social? Faz sentido a marca dar informações minhas aos algoritmos do Google e expor-me a publicidade fora do site dela?

 

Já dei por mim a pensar sobre o que significa as app's e os sites que "permitem" que façamos o login com o Facebook. Na verdade não são eles que nos estão a fazer um favor, mas nós que estamos a fazer um favor às marcas/app's. Através do Facebook podem saber tudo o que quiserem da nossa vida: onde estivemos, quão populares somos (pelo nº de amigos, tag's ou fotos), o que pesquisamos, de onde somos, quantos likes e em quê colocamos. Através dessas informações, permitem às marcas estudar perfis e orientar a publicidade para o público alvo de forma mais eficaz, bem como aumentr o sucesso da partilha das suas campanhas e o brand recognition.

Passamos a ter além de vizinhos cuscos, redes sociais e app's cuscas que querem saber tudo sobre a nossa vida e os nossos hábitos.

Já agora, partilho esta notícia da nit onde se explica melhor como funciona o site do booking.com.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:00

Blog nos destaques do Sapo

por O ultimo fecha a porta, em 19.05.16

O blog está nos destaques do SAPO. Muito obrigado :)

Prtscr oufp.png

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:59

Regresso à leitura take 1: Navegador solitário

por O ultimo fecha a porta, em 17.05.16

Como sabem resolvi retomar o hábito da leitura. Uma das sugestões que foi dada foi o "Navegador Solitário" de João Aguiar.

 

Confesso que não conhecia o autor, nem fiz batotice de ler os resumos nem as opiniões de outros bloggers. Queria matar aquela saudade de ler um livro até ao fim e descobrir o final! Não me arrependi. Dei por muito bem empregue o meu tempo.

O livro retrata o percurso de vida de um jovem miúdo entre a adolescência e o início da fase adulta sob a forma de um diário. Um diário forçado por uma esotérica imposição do falecido avó Aquilino). Os capítulos  têm nomes de marcos importantes na história portuguesa que fazem o paralelismo com o percurso de vida do protagonista, Solitão Fernandes.

O início é uma comédia, onde se preserva os erros de escrita e a inocência de um rapaz de 16 anos. À medida que o tempo e o diário vão avançado, a escrita vai refinando, tal como o interesse na história vai aumentando. Neste percurso de vida deste jovem dos anos 80/90, aborda-se temas tão atuais (em 2016) como: a prostituição infantil, a dependência das drogas, a emigração, a promiscuidade entre futebol e política, a promiscuidade entre sociedade de advogados e a ascensão nos partidos, os casamentos de conveniência, o abandono escolar para ajudar no negócio dos pais e a encarnação tão real da expressão: "Não há almoços grátis". A ambição deste jovem levou-o a pagar a um preço elevado ao ponto de ser pago por serviços sexuais ao seu patrão, que é também o seu futuro sogro.

 

O desfecho do livro surpreendeu-me. A personagem tinha tudo para alcançar o que sempre desejou, ou o que o seu exotérico avó queria para ele: um emprego garantido e prestigiado, uma carreira política bem encaminhada, um sogro rico, poderoso e que fazia tudo por ele, uma mulher abastada e que não fosse ciumenta.  Porém, percebeu que tudo tinha um preço: a felicidade efémera, os favores sexuais que o sogro lhe exigia e a distância da família. Prescindiu dessa categoria "de sonho" e procurou a sua dignidade junto dos seus.

 

Recomendo o livro. De fácil leitura e surpreendente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 22:56

Ser campeão víciado do telemovel

por O ultimo fecha a porta, em 15.05.16

Estava a ver a overdose e enjoo de notícias do campeonato do Benfica e deparei-me com esta fotografia.

O guarda redes Ederson está em cima o palco, a receber a Taça, e está colado ao telemovel. É inacreditável o vício que o aparelho cria nas pessoas. Nem num momento tão importante como este para a sua carreira larga o aparelho.

ouk.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:29

Gelados para que te quero

por O ultimo fecha a porta, em 10.05.16

Na semana pagelado-bonito-dos-desenhos-animados-14979024.jpgssada comprei um gelado para sobremesa. Afinal chegou a Primavera e o calor!

 

Com esta chuva e frio, o gelado perdeu o encanto, mas não resisto ao docinho. Que dilema!

 

Como agora está na moda, por cada foto que se coloca no Facebook ou no Instagram colocar tag, aqui vai: #guloso #vaiaoginasio #encheaalmaeabarriga

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:26

O dia da Europa que convém

por O ultimo fecha a porta, em 09.05.16

A adesão de Portugal à União Europeia devide-se em duas épocas:

   i) os primeiros anos em que choveram milhões e fizeram Portugal desenvolver

   ii) a da resposta à crise com um perda de autonomia política e fiscal

 

Em ambas se sentiu a palavra "união", para o bem e para o mal. Para o bem quando vieram os fundos e se investiu em tecnologia, modernização de infraestruturas e capacidade produtiva. Para o mal, pois veio o reverso da medalha ao nível da disciplina orçamental e fiscal, pois ao estarem todos os países no barco não é justo os cumpridores pagarem pelos faltosos, custe o que custar.

São legitimas as críticas às União Europeia e às imposições que foram feitas a Portugal durante a crise com uma austeride cruel (e vê-se, muda-se o Governo, mas a obdiência às regras da "União" é mantida), mas não se pode ignorar a ajuda nos anos 90 ao desenvolvimento do país.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:52

Lembram-se deste anúnico "cromo"?

por O ultimo fecha a porta, em 09.05.16

Andava a navegar pelo Youtube e reencontrei-me este anúncio... criativo

É do Mundial de 2010 da África do Sul.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:04

Retomei um velho hábito: a leitura

por O ultimo fecha a porta, em 04.05.16

Até terminar o Secundário, era grande fã de livros e lia imenso. Quando entrei na faculdade (curiosamente depois da leitura obrigatória do Memorial do Convento no 12º ano), com a exigência dos horários, as viagens de comboio e metro e os testes semanais, perdi esse hábito. Cheguei a ler um ou outro livro dos best sellers.

Quando comecei a trabalhar, só queria aproveitar as horinhas livres para descansar os olhos e o cérebro. Agora que estou num ritmo mais calmo, decidi que gostava de voltar a recuperar um velho hábito.

 

Ler faz bem. Aprende-se vocabulário, saímos do nosso mundo, para entrar no mundo e na vida da narrativa e permite passar o tempo de uma forma saudável (embora não queime calorias :) ).Pedi uns conselhos a alguns bloggers e fui à biblioteca ao pé de casa.

 

A primeira sugestão que segui foi a da Mula: Navegador Solitário de João Aguiar. Ainda vou na página 35...

 

Em breve conto-vos novidades.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 23:53


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Blogs Portugal