Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Chamem-me egoísta

por O ultimo fecha a porta, em 06.09.17

Já o tinha dito noutros blogs na altura e digo-o abertamente: não contribuí com nenhum donativo para a tragédia dos incêndios.

 

Porquê?

Precisamente o que está a acontecer três meses depois: a falta de transparência dos donativos.

Ninguém sabe quanto dinheiro foi amealhado, ninguém sabe quanto há, quanto e em que foi aplicado, se foi a preços justos (ou se beneficiou a empresa de alguém), quais os fee's de gestão dos mesmos e muitas outras dúvidas.

Quando mexe em dinheiro é sempre muito obscuro, como se está a verificar.

 

Infelizmente não me arrependo. 

Não sou má pessoa, sou solidário e gosto de ajudar o próximo, mas prefiro ajudar no terreno ou sabendo a forma exata como o MEU dinheiro vai ser aplicado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:23


26 comentários

Sem imagem de perfil

De Cláudia a 06.09.2017 às 19:31

Ainda agora comentei noutro blog, é por estas e por outras que não ajudo ninguém.
Se quero ajudar também vou lá e faço.

Beijocas
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 06.09.2017 às 19:31

Também não fiz qualquer donativo. Acabaremos por fazer através dos nossos impostos, efectivamente.

Ainda estou a recolher informação e a filtrar algumas questões para me debruçar sobre isto lá para os meus lados... :-)
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 06.09.2017 às 22:59

Ainda hoje saiu uma notícia de uma marca de roupa que doou a instituição para África e esta colocou à venda para benefício pessoal...
Imagem de perfil

De Triptofano! a 06.09.2017 às 19:57

Cada um toma as decisões que considera mais acertadas e acho que ninguém te deva apontar o dedo por teres contribuido ou não! Um abraço
Imagem de perfil

De cheia a 06.09.2017 às 21:34

Tens toda a razão. Quando toca a dinheiro,as regras têm de ser definidas antes da angariação, para que se saiba quem vai gerir o dinheiro doado, porque já não é a primeira vez que o dinheiro é doado para um determinado fim, e quem o recebe gasta-o como quer.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 06.09.2017 às 22:57

E onde não deve , ou pelo menos, onde não era o objetivo de quem lhe confiou o dinheiro /bens.
Sem imagem de perfil

De Magui Ferreira a 06.09.2017 às 21:50

Eu contribui com roupa de vestir e de cama.
Por norma não dou dinheiro, precisamente por causa destas situações.
Imagem de perfil

De P.P. a 06.09.2017 às 22:33

Não te posso apontar o dedo.
Há muito deixei de acreditar na solidariedade de outros, escondida em grupos sem rostos.
Há muito que pratico-a.
Abraço
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 06.09.2017 às 22:51

Ainda hoje saiu uma notícia de uma marca de roupa que doou a instituição para África e esta colocou à venda para benefício pessoal...
Imagem de perfil

De HD a 06.09.2017 às 23:14

Posição a respeitar... cada vez desconfiamos mais... -.-
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 06.09.2017 às 23:24

Hoje, o JN denunciava uma burla numa doação. Valerá a pena ser solidário?
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 06.09.2017 às 23:22

Eu fiz.
Não critico quem não doou.
E acredite que no futuro não tenciono fazê-lo.

Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 06.09.2017 às 23:23

Ainda hoje, a notícia da Salsa deixa-nos a pensar que não vale a pena sermos solidários.
Imagem de perfil

De A Desconhecida a 06.09.2017 às 23:33

Concordo contigo!! Cada vez mais se vêem "trafulhices" neste mundo...
Imagem de perfil

De Andy Bloig a 07.09.2017 às 09:21

É um os problemas dos últimos 2 anos... pedem-se tantas contas e relatórios sobre o estado e ignora-se tudo o que tenha a haver com privados.
Neste caso, muitos dos donativos foram entregues a entidades privadas que não prestam contas a ninguém, algumas nem existem mas, criam contas e fazem recolhas e entrega de materiais. Em ano eleitoral, 90% dos fundos angariados foram entregues a ONG´s para que chegassem ás pessoas...
Depois, há a grande ajuda dos jornalistas PAGOS PARA MENTIR... tal como aconteceu antes de ontem com uma reportagem da SIC que dizia que "Quem tivesse mais de 5000 euros de estragos teria de estar colectado nas finanças." Para quem viu os primeiros 3 minutos da reportagem, já devem ter mais de 400 milhões de likes no facebook, pois era um casal de idoso que tinha perdido a vida... até que surgiam as coisas para o tal pedido de 16000 euros, que era terem 10 hectares cultivados e usarem maquinaria agrícola para consumo próprio. Só que ninguém chegou a essa parte antes de se irem indignar e declarar apoio a um grupo que abriu logo as canhoeiras para protestar contra o estado e o roubo que estavam a fazer...

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Blogs Portugal