Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Era uma vez uma entrevista

por O ultimo fecha a porta, em 31.05.17

Estava a ler a experiência do Robbinson sobre uma entrevista de emprego e lembrei-me da primeira que tive.

 

Porto, Maio de 2008

 

Estava no meu 2º de licenciatura e surgiu na Bolsa de Emprego um anúncio para um estágio de Verão num prestigiado Banco.

A entrevista estava marcada para as 15h, mas mal cheguei vi que ia ser entrevistado com mais 4 pessoas e que o "grupo" das 14h e das 14h30m ainda estava à espera do dr. X [não me lembro do nome do fulano]. Fomos encaminhados para uma outra sala e a entrevista em grupo só começou às 17h10m. 

 

O homem chega, pede desculpa secamente, olha para a plateia parando nas raparigas. Como era o único rapaz, não captei a atenção.

 

Apenas fez três perguntas a cada um:

     - "Apresente-se num minuto"

     - "Onde espera estar daqui a 5 anos"

     - "Convença-me a contratá-lo em 1 minuto"

5 pessoas * 3 minutos = 15 minutos de entrevista.

Pelo meio, num misto de arrogância e gozo, tentava entalar o candidato. A uma das moças do meu grupo perguntou: "e já agora, sabe-me dizer quantos pelo um gato?"

 

Confesso que quando ouvi esta pergunta até corei e não fui a mim. Que disparate de pergunta! Podem-me dizer que é para avaliar como a pessoa reage perante situações inesperadas, mas acho essa atitude o maior disparate. Se ainda perguntasse o que é a EURIBOR e a relação entre spread e risco faria mais sentido. Ou se conversasse mais tempo com a pessoa, já a conheceria melhor.

 

Como é óbvio com a minha inexperiência não fiquei. Mais tarde, soube que três alunos ficaram cujos pais são abastados financeiramente (provavelmente bons clientes desse). Um deles, segundo dizem, gaguejou por todos os lados e foi um zero na entrevista.

 

Ou seja, já estava tudo combinado. Fizeram perder o meu tempo e o deles!!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:48


34 comentários

Imagem de perfil

De HD a 31.05.2017 às 22:19

Uma realidade 'cunhista' que teima em prevalecer... :\
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 31.05.2017 às 22:32

Infelizmente. Isto foi em 2008, mas acho que podia ter sido em 2017 e será assim em 2027. :(
Imagem de perfil

De HD a 31.05.2017 às 22:34

É triste dizê-lo, mas é verdade -.-
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 31.05.2017 às 22:56

Essa história não me espanta. Ainda recentemente alguém (e com relevo) no LinkedIn denunciou a pouca vergonha que se passa nos recrutamentos desse género, autênticas situações que nem na Venezuela!
Muitas vezes as chefias superiores desconhecem completamente o que se passa.
O Dr. "X" tem de fazer formação em "soft skills" e em "recrutamento".
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 31.05.2017 às 23:53

O gajo era o diretor comercial não sei de quê do Norte, mas não era de recrutamento.

Olha uma pouca vergonha. Com tudo arranjado, foi lá fazer pouco de miúdos e miúdas que iam para uma entrevista para um estágio de Verão.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 01.06.2017 às 10:37

Eu diria que isso é ressabiamento e sentimento de insegurança. Infelizmente deve ser pressionado por quem está acima e não sabe lidar com as emoções...
Imagem de perfil

De Marta Elle a 31.05.2017 às 22:29

Já é mau haver cunhas, mas ainda é pior darem esperança às pessoas e fazerem-nas perder tempo.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 31.05.2017 às 22:31

O problema é mesmo esse e a atitude sexista!
Imagem de perfil

De Marta Elle a 31.05.2017 às 22:34

O tipo aproveitou estar num lugar com poder para gozar com as mulheres. É o típico tuga machista, o que vale é que esses têm sempre uma filha que dá em p*** ou um filho que dá em gay.
Imagem de perfil

De cheia a 31.05.2017 às 22:35

Mudam-se os tempos, mas não métodos, e a ignorância, bem recomendada, é contratada!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 31.05.2017 às 23:50

Valorizada e contra os "princípios" de boas práticas. Mas para que é que isso importa quando o cliente tem umas boas aplicações? Para é que interessa se o futuro funcionário sabe o que é a EURIBOR? Tem de saber quantos pelos tem um gato e mesmo se souber, pode não servir para o estágio...
Imagem de perfil

De cheia a 01.06.2017 às 06:11

Brincam connosco, como se fossemos peões, nas mãos deles. Será por isso, que produzimos muito menos que os outros, uma vez que a seleção é feita por compadrio?
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 02.06.2017 às 00:02

Uma mão lava a outra. Preferem contratar uma pessoa sem capacidade de casting do que perder um cliente com bastante dinheiro e que dá jeito ao Banco :(
Imagem de perfil

De Kalila a 01.06.2017 às 02:24

Há uma raça de gatos sem pelos e cabeças humanas sem conteúdos que ainda contam coisas dessas em jantares no meio de grandes galhofas. Já trabalhei numa empresa em que uma dessas perguntas foi o que eu tinha achado da entrevista. Respondi que tinha corrido bem ao entrevistador e fui contratada. No jantar de Natal tive que ouvir a versão do próprio com toda a gente a rir à minha volta.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 02.06.2017 às 00:03

Deves ter corado! :) é porque apreciou a tua resposta, mas já tinha gostado de ti se não não te tinha escolhido :)
Imagem de perfil

De Maria a 01.06.2017 às 07:56

Tao familiar...
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 01.06.2017 às 23:59

Tb já viveste uma situação destas?
Imagem de perfil

De Maria a 02.06.2017 às 00:24

Sempre que me aproximo de um fogão...
Imagem de perfil

De Maria a 02.06.2017 às 00:27

Já vivi algo semelhante e conheço pessoas que passaram por entrevistas que pareciam dignas de "apanhados"
Sem imagem de perfil

De O Cantinho da Fia a 01.06.2017 às 08:54

Infelizmente as cunhas são privilégio em todo o lado. Mas acredito que o mérito também tem o seu lugar. E a verdade é que para pessoas sem cunhas (como eu e muito boa gente), quando conseguimos algo desfrutamos ao máximo dessa conquista porque sabemos que foi por mérito próprio.
Beijinho
Imagem de perfil

De Chic'Ana a 01.06.2017 às 10:56

Bem, ams que entrevista mais estranha, mas é como dizes, se já estava tudo combinado... as perguntas seriam irrelevantes!
Beijinhos
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 01.06.2017 às 23:50

Era para gozar com os "meninos" e "meninas" inexperientes. Sacana!
Imagem de perfil

De O Triângulo Perfeito a 01.06.2017 às 11:07

Vivemos no país das cunhas e dos tachos. Jobs for the boys... É por isso que o país não avança... bjinhos
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 01.06.2017 às 23:44

Infelizmente este tipo de manhosices não deve ser a exceção mas a regra.
Imagem de perfil

De m-M a 01.06.2017 às 11:14

O que eu abomino entrevistas de grupo?!

Sinto sempre que já tudo está decidido e que são momentos da maior falsidade...

Beijinho,
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 01.06.2017 às 23:41

Foi o que aconteceu neste caso. Uma inutilidade!
Sem imagem de perfil

De Inês Pereira a 01.06.2017 às 11:24

Eu ainda não fui a nenhuma entrevista por isso ainda não sei o q isso é. Mas num futuro próximo já o saberei :(

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Blogs Portugal