Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Impressões da baixa do Porto

por O ultimo fecha a porta, em 10.12.16

Hoje fui à baixa do Porto para turistar e começar a olhar as montras.

porto-tourism.jpg

 Eis as minhas impressões:

i) Pessoas, pessoas e mais pessoas

Não sei se foi do bom tempo, mas conseguem imaginar as ruas pedonais de Santa Catarina ou das Flores apinhadas de pessoas e a comprar? E os Aliados com imensa gente de câmara em punho? E as filas intermináveis para a Livraria Lello?

Havia um misto de turistas e tugas, mas que nunca vi assim a cidade assim, nunca vi.

 

ii) Imensas opções para compras e restaurantes

Que evolução! Face a dois anos atrás, há muito mais lojas abertas e muito mais restaurantes para todos os gostos.

Nota para a rua do Almada (confesso que tive curiosidade para ver o recente Hard Rock) e ainda vi muito edifício abandonado nessa rua...

 

iii) Gruas, muitas gruas

Outra constante nas ruas. Viam-se tapumes, gruas e muitos edifícios a serem restaurados. A cidade abandonada e devoluta começa aos poucos a desaparecer.

 

iv) Os souvenirs

Retomo uma crítica que já fiz há algum tempo: os vendedores de souvenirs mal sabem falar português. A mim cai-me mal ... O que dá identidade à cidade são as pessoas. Se os vendedores de ocasião, nem sabem a língua, como vão explicar o que é o rabelo que têm exposto.

E o Bolhão? Continua ano após ano igual a si próprio: a cair aos bocados, mas com pessoas de autenticidade fantástica.

 

Hoje, ao ver a cidade tão movimentada apercebi-me da razão de ser da discussão sobre os benefícios do turismo. Que a cidade fica com muito mais vida não há dúvida, mas será que o excesso de turistas não descaracteriza a cidade?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:50


23 comentários

Imagem de perfil

De Ladys a 11.12.2016 às 11:30

Claro que descaracteriza. No dia 8 á noite fui passear para a baixa lisboeta. Senti-me no estrangeiro, até a pessoa que me atendeu num café, não percebia bem português 🙄. Marina
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 11.12.2016 às 13:13

Isso é grave e lamentável. Quando se perde a identidade, tudo deixa de fazer sentido :S
Sem imagem de perfil

De Carlos a 11.12.2016 às 12:54

O Porto tem evoluído muito no turismo! É abismal a comparação com outros anos!
Vivo perto do Porto como sabes e adoro-o, não consigo criticar algum aspecto. Estive nos aliados na inauguração da árvore de natal e senti-me como se estivesse no 10 de Julho aquando da final do Euro, devido à tamanha afluência de pessoas!
O Porto é lindo. O Porto é único.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 11.12.2016 às 13:15

A cidade ontem estava fantástica, com muitas pessoas, muito mais humana e renovada. :)
Sem imagem de perfil

De Carlos a 11.12.2016 às 12:56

Concordo contigo na parte dos vendedores de souvenirs.
Para mim são esses os parasitas que por lá abundam...
Abraço e bom domingo.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 11.12.2016 às 13:14

"Parasitas" é um bom termo. Ontem verifiquei que nem português falam e isso estraga o encanto da compra de uma recordação...
Imagem de perfil

De Mula a 11.12.2016 às 16:14

Ora vamos lá por partes, que percebo bem da poda! ahahahaha

i) Pessoas, pessoas e mais pessoas - Esquece, é Natal... Já de há uns anos para cá que ir à baixa no Natal é para esquecer, e acredita que são maioritariamente portugueses... é horrível circular! Em tempos levei o carro para o trabalho, tive de o deixar no parque do Via Catarina e demorei 40 minutos para conseguir dar a volta ao quarteirão...HORRÍVEL!

ii) Imensas opções para compras e restaurantes - Esquecem-se que isto não durará para sempre e quantos mais abrirem, mais fecharão daqui a um ou dois anos.... espero estar enganada, mas não creio que esteja. Ali na Alexandre Braga abriu um... muito bom por sinal e fechou uns meses mais tarde. :\

iii) Gruas, muitas gruas - Muitas obras! Os edifícios devolutos começaram a desaparecer no ano passado, mais ou menos, e felizmente cada vez são menos, como me disseram uma vez "se não cuidarmos do nosso património, então em breve não temos património".

iv) Os souvenirs - Pois... os estrangeiros estragam as lojas de suvenires, até a minha fechou, que era de um portugues, com 90% da mercadoria portuguesa para em breve dar lugar a uma loja de indiana com 100% mercadoria china, bangla e afins que foi o que ele disse logo...

Quanto ao Bolhão, está em obras, aquelas obras que certamente viste a chegar à Rua de Sá da Bandeira são obras por causa do Bolhão, no início do próximo ano o Bolhão deve fechar, os trabalhadores vão ser recolocados para se restabelecer o Bolhão antes que caia...

^_^

Porto, meu Porto... que será feito de ti daqui a uns anos?... Não acho, sinceramente, que o turismo seja sol de muita dura... Esta na moda hoje... amanhã não acho que esteja.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 11.12.2016 às 17:32

Havia muitos turistas, sobretudo brasileiros, espanhóis e chineses. Nos Aliados estavam imensos de fotos em punho e as filas para a Livraria Lello eram bem longa.

Não sei se este entusiasmo vai durar para sempre, concordo. Acho que os mais persistentes e diferenciadores se irão manter. Acho que esta dinâmica mesmo que temporária é positiva, se não for exagerada.
Na rua de Ceuta, reparei que há uma espécie de "cluster" gastronómico de marcas portuguesas.

Lamento que a tua loja tenha fechado e fico mesmo triste. Os orientais que vendem os souvenirs mal falam português (testemunhei isso), não sabem nada da história da cidade, nem sabem o que é um rabelo. Penso que esta malta aproveita-se da ocasião e não acrescenta nada à cidade, mas não podes fazer muito, a não ser, sermos diferenciadores, mas o preço a pagar pode não compensar.
Sem imagem de perfil

De Cláudia a 11.12.2016 às 16:43

Eu vou lá mas em Janeiro. Aproveito para conhecer melhor e ver a minha irmã, que foi trabalhar para lá =)

Pode ser que já esteja mais calmo...

Beijocas
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 11.12.2016 às 17:21

Talvez sim e fazes muito bem. Vais gostar da cidade e se estiver numa ausência sabática, vais-te surpreender com as mudanças :)
Imagem de perfil

De cheia a 11.12.2016 às 18:15

Não há rosas sem espinhos!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 11.12.2016 às 18:52

Mesmo. Tudo tem os seus contras. O excesso de turismo também...
Imagem de perfil

De HD a 11.12.2016 às 19:39

Desde que mova a economia... não parece importar a muita gente ;p
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 11.12.2016 às 22:45

Já há algumas pessoas que se estão a aperceber que não é só coisas boas. Eu acho fundamental este dinamismo, mas também que os oportunistas de ocasião e os excessos podem estragar.
Imagem de perfil

De HD a 12.12.2016 às 20:13

Sim, calculo que se deva fazer alguma coisa a curto prazo para controlar algum excesso e perda de identidade.
Imagem de perfil

De Chic'Ana a 12.12.2016 às 12:09

Gostei da imagem, mas os problemas que descreves, são os mesmos que temos aqui em Lisboa e não apenas na baixa...
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 14.12.2016 às 21:56

Começam a ser cada vez mais comuns nas grandes cidades.
Imagem de perfil

De a mãe dos PP's a 12.12.2016 às 12:38

Estamos no Natal, há tanta gente, em tanto lado...
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 18.12.2016 às 12:29

Achei mais que em anos anteriores.
Imagem de perfil

De m-M a 12.12.2016 às 16:46

Estive no Porto, no fim-de-semana, mas não me aventurei...
Já ouvi portuenses insatisfeitos...
Compreendo...

Fico feliz pelo crescimento da minha cidade - estiveram aí duas colegas de trabalho, de Lisboa - porque as pessoas de fora gostam... mas fico com medo de não reconhecer o meu Porto...
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 13.12.2016 às 22:45

Acho mesmo que esse é um dos maiores riscos: a perda de identidade :s

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Blogs Portugal