Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Um manta de retalhos chamada Espanha

por O ultimo fecha a porta, em 08.10.17

map_-116.gif

 

A Espanha é a nossa única fronteira terrestre e o nosso principal parceiro comercial, cultural, económico e onde estão muitos portugueses a trabalhar. O que lá acontece é naturalmente relevante para nós.

 

A verdade é que primeiro o País Basco, agora a Catalunha. Ambos estão a provocar instabilidade interna na Espanha e ambas regiões muito ricas. 

Não vou discutir a legitimidade de um povo em se tornar autónomo, nem dos mecanismos usados por Madrid para evitar isso mesmo. Mas creio que a debandada recente das empresas sediadas na Catalunha é preocupante (sem receitas próprias e influência não se vai lado a nenhum) e para Portugal e empresas que exportam para Espanha, esta situação de instabilidade não augura nada de bom.

Penso ser importantepensar no que levou à Espanha estável, unida e pujante financeiramente. Foi o pacto de cooperação pós atentado terrorista islâmico em Atocha em 2005. Uma ameaça externa fez muito da Espanha o que é hoje. Mas uma cisão interna, pode deixar a Espanha numa manta de retalhos, em que o ego, rivalidades e um desejo legitimo de independência falem mais alto.

 

Parte boa: Barcelona é mais um destino que os turistas mundais começam a riscar se a situação deteriorar. Numa lista cada vez mais "short", quem pode beneficiar? Pois é, este cantinho à beira mar plantado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:36


17 comentários

Imagem de perfil

De PP a 08.10.2017 às 14:50

Imagem de perfil

De cheia a 08.10.2017 às 18:49

Já vimos o que aconteceu, quando a Jugoslávia desapareceu: mais países, mais ódio e uma impossível convivência.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 09.10.2017 às 22:11

Não sei se alguém ganhou com essa mudança, mas houve guerra, sofrimento e muita destruição para chegar à paz de hoje.
Imagem de perfil

De mami a 08.10.2017 às 20:53

barcelona é uma cidade linda, com uma personalidade muito própria espero que não se perca neste grande confusão!
nós por cá...teremos sempre os nossos próprios encantos para atrair os turistas :)
Imagem de perfil

De HD a 08.10.2017 às 20:54

É verdade, lá vem outra vaga de turistas... :-)
Sem imagem de perfil

De Cláudia a 08.10.2017 às 21:30

Eu nem sei no que isto vai dar.
Até tenho medo.

Beijocas
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 08.10.2017 às 21:48

Bom tema a debate...


Espanha não precisou de Atocha para ser um país forte. Se formos por aí França e outros países também dariam um salto bem rápido... Espanha em retalhos ainda consegue ser mais forte que um Portugal "unido", era por aí que deveríamos começar. Fica a provocação :-)

O País Basco era um caso encerrado, ou adormecido ("never say never" e aqui dou a mão à palmatória), o separatismo catalão veio levantar esse fantasma... Infelizmente são os suspeitos do costume a desejar o "caos". Esperemos que a maturidade dos bascos não caia nesse discurso.

O mal dos outros nunca será o meu bem... Podemos aproveitar, mas daí a nos gabarmos disso vai um longo caminho... Tanto nos andamos a gabar que qualquer dia... E um atentado em Portugal terá consequências bem mais graves para o turismo do que um atentado ou um conflito político em Espanha. Há quem diga que Portugal ainda só não sentiu isso por ser um país pequeno e com pouco importância na cena mundial... Há quem também defenda que tal se deve ao facto de ser um local onde muita coisa acontece e se planeia e que convém preservar longe dos holofotes...

Temos também de ter cuidado como gerimos o turismo sob pena de nos tornamos mais um daqueles destinos rapidamente ultrapassados e/ou congestionados e onde ninguém quer ir. Um alerta para a questão das "low-cost" - os acontecimentos dos últimos tempos mostram que o caminho não vai ser assim tão fácil e todos sabemos que um dos grandes empurrões para o nosso turismo veio daí, o Porto e Norte de Portugal que o digam...

Volto a dizer, bom tema...
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 09.10.2017 às 21:54

Gostei da tua perspetiva.
Efetivamente, o nosso país não está a salvo de qualquer atentado terrorista ou mesmo quezílias e egos internos que podem destruir o que "já conquistamos".
Imagem de perfil

De Carlos a 08.10.2017 às 23:25

Sou daqueles que vivo preocupado com estas realidades que acabam sempre por deteriorar um pouco mais o estado de saúde da nossa Europa!
Não entendo como é possível esta história de lutarem pela independência! Mas Espanha não é uma só?Quais os objectivos disto? Irão conseguir?
Abraço e boa semana.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 09.10.2017 às 21:46

Com a saída das grandes empresas de lá, sem dinheiro e influência, fica bem mais complicado.
Imagem de perfil

De MJ a 09.10.2017 às 01:25

Ninguém sabe como é que tudo aquilo vai acabar mas, e oxalá me engane, a verdade é que não auguro nada de bom.
Aguardemos.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 09.10.2017 às 21:44

Nada mesmo. Estou pessimista porque sempre que há guerrinhas internas, acaba mal. Porém, com a fuga das grandes empresas da Catalunha, sem dinheiro e influência, não se vai a lado nenhum.
Imagem de perfil

De Gorduchita a 09.10.2017 às 11:21

Nesta luta da independência da Catalunha, não tem havido qualquer razoabilidade e bom senso, de parte a parte. Uns a extremar para um lado, os outros para o outro.
Lamento que assim seja, porque, no final temos pouco a ganhar com uma Espanha instável!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 10.10.2017 às 21:57

Acho que ninguém e com esta fuga das sedes das empresas desde barcelona, ainda menos. Será que a montanha vai parir um rato? Sem dinheiro e sem influência, não se vai longe, mas quando há obstinação...
Imagem de perfil

De Kruzes Kanhoto a 11.10.2017 às 13:36

Não me parece que fiquemos a ganhar com uma eventual destabilizacão em Espanha. É o nosso principal parceiro económico...

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Blogs Portugal