Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Pequenas dicas em casa que nos ajudam a poupar nas contas

18.10.16

poup.jpg

 

Costumo ouvir muitas vezes que poupar é difícil. Bem, até pode ser, especialmente se o orçamento é apertado e a família for muito grande. Aí percebe-se que, para que todos possam comer, vestir-se e calçar-se, e para que ainda sobre rendimentos para colocar os filhos na escola, o cinto tem que ser muito mais apertado. Mas existem truques muito fáceis de poupança, que fazem grande diferença na hora de pagarmos as nossas contas e na própria certificação energética do imóvel:

 

  1. Fechar muito bem as torneiras da casa, de forma a que não pinguem durante horas (esta falta de atenção pode gerar uma despesa absurda);

 

  1. Não manter o carregador na tomada, após o telemóvel estar carregado;

 

  1. Desligar todos os equipamentos da tomada quando sairmos de casa por um médio/longo período de tempo (uns dias, por exemplo);

 

  1. Não deixar os equipamentos em modo de espera, se nos ausentarmos por várias horas. Mais vale desligá-los por completo;

 

  1. Desligar – sempre! – todas as luzes de casa, se não estivermos presentes, mesmo que nos ausentemos por 10 ou 15 minutos;

 

  1. Não estar sempre a recorrer ao micro-ondas para descongelar os alimentos. É preferível colocá-los a descongelar de forma natural;

 

  1. Não estar sempre a secar a roupa recorrendo à máquina, pois é um desperdício de energia e de dinheiro. Há sempre formas de a colocarmos a secar, quer seja ao ar livre, na corda exterior ou até dentro de casa;

 

  1. A tarifa bi-horária é uma óptima opção para poupar nas contas. Com esta tarifa, conseguem colocar os vossos electrodomésticos a trabalhar num horário mais económico, o que ajuda imenso a equilibrar o orçamento;  

 

  1. Trocar as lâmpadas convencionais pelas LED, pois são amigas do ambiente e permitem uma poupança até 80%;

 

  1. Por fim, agora que o frio aí vem, uma excelente opção de poupança é ligar o aquecimento no mínimo e deixar todas as portas e janelas da divisão bem fechadas, para que o calor não saia.

 

Estas são algumas dicas preciosas que costumo seguir. A vida não está fácil, mas eu acredito que, com força de vontade e alguma imaginação, conseguimos fazer bastantes coisas para melhorá-la, por mais impossível que pareça.

 

Fonte da imagem: Pinterest

Post feito em parceria com a start-up portuguesa Zaask.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:57

Desmaios no comboio

17.10.16

Hoje, a notícia da campanha anti-jejum nos comboios promovida pela Fertagus fez-me recuar no tempo e recordar que também já desmaiei no comboio quando estudava.

O motivo foi precisamente não ter tomado o pequeno almoço. Saí de casa mesmo em cima da hora, de manhã, e não tomei o pequeno almoço. Vinha em pé, muita gente e deu-me o badagaio.

Acho que esta campanha faz o todo o sentido.

1081067.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:42

20 € para ficar à chuva e em pé durante 2 horas

13.10.16

Football-cash.jpgHoje, eu e mais uns amigos chegamos a ponderar ir ver o Famalicão-Sporting para a Taça de Portugal. Não costumo gastar dinheiro com futebol, mas de vez em quando abro a exceção.

 

Porém, o preço assustou: 20 Euros.

 

Da nossa pesquisa, o lugar para o público "geral" é numa bancada descoberta e sem cadeiras. Como está de chuva, a solução era ficarmos de pé, ao frio e rezar para que não chova.

 

Se a isto juntarmos o custo do jantar, portagens e combustível, mais vale ir a um restaurante e ver o jogo pela TV.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:46

Regresso ao exercício

12.10.16

Acho que o exercício físico é muito importante ao nível da saúde, da dieta, da qualidade de vida e sobretudo uma limpeza e purificação do mind spirit..Por isso, sempre que posso, procuro fazer alguma coisa.

 

19028862_lWYvp.jpegNeste pós-férias, mudei de ginásio. Não gostava muito de onde andava há um ano.

Apesar das boas condições, havia muitos alunos e muita preocupação em vender Personal Trainning. Como não aderi ao serviço, era apenas mais um. Os monitores mal sabiam o meu nome, nem se esforçavam por saber. Comecei a sentir falta de motivação e nas últimas semanas era daquele cliente-tipo: paga mas não vai. Em Setembro alteraram o mapa de aulas e foi definitivamente a razão que justificava a minha desistência.

 

Este mês inscrevi-me noutro na mesma cidade. É mais familiar, pago exatamente o mesmo e é diferente. Muito mais próximo, as pessoas mais simpáticas e menos utilizado. Ando há dias e já todos sabem o meu nome! Os professores são super-simpáticos e estou bastante motivado para deixar suor, força e transpiração. É um verdadeiro regresso ao exercício físico.

 

Moral do post: as pessoas que encontramos, os professores e o ambiente do ginásio fazem toda a diferença no nosso empenho.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:03

Eu e as compras on-line

11.10.16

Ouvi à pouco uma notícia sobre o aumento das compras online pelos portugueses e o acompanhamento das empresas desse fenómeno.

 

Vender online tem vantagens e desvantagens:

Vantagensíndice.jpg

- temos acesso a uma gama de produtos que não temos na loja física;

- podemos comprar sem sair de casa;

- os pagamentos são cada vez mais seguros (já recebo uma sms para validação)

- para as empresas não têm os custos de ter a loja aberta.

Desvantagens:

- não usufruímos logo do artigo; 

- geralmente podem acrescer custos de transporte;

- há maior risco de sermos enganados ou sairmos desiludidos

- as marcas não conseguem impingir tão facilmente mais produtos

 

Ultimamente, nas principais cadeias de lojas, verifico cada vez mais promoção dos sites nos sacos de papel e entregas gratuitas acima de determinado montante ou na loja (para que o cliente vá lá e compre mais qualquer coisa).

 

Pessoalmente e comparando com 2013 por exemplo também faço mais compras online: lentes de contacto, capas para o telemóvel e material da minha empresa (aproveitando o desconto de colaborador). Felizmente ainda não tive nenhum desilusão, mas procuro sempre sites fidedignos e marcas relevantes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:16

Indecência humana nos protestos dos taxistas

10.10.16

Já aqui critiquei veementemente a forma de protesto dos taxistas.

Hoje, mais uma vez, os taxistas comportaram-se como uns selvagens, sem regras, a destruir os veículos da Uber. Não posso concordar com estas atitudes e desta forma perdem a credibilidade que ainda têm.

 

taxi3.JPG

 

taxi2.JPG

 

taxi1.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:27

O terrível dilema de um ex-PM que é líder de oposição

09.10.16

índice.jpgSer líder da oposição é pior veneno que um ex-Primeiro Ministro ter depois de abandonar o cargo.

 

Pedro Passos Coelho que o diga.

É que qualquer crítica que faça (com ou sem razão) é logo motivo para lhe atirarem à cara que no seu Governo não fez determinada ação ou que ainda fez pior.

 

Para o atual Governo, melhor oposição não poderia haver.

É que é extremamente fácil devolver pedras a quem tem um teto de cristal ultra-fino.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:09

O feriado das Marias

06.10.16

Houve duas Marias que me chamaram a atenção: a Maria Leal e a Maria Helena.

 

Quanto à Maria Leal, o trend topic das redes sociais, não há muito a dizer. O vídeo fala por si...

A outra é a taróloga da SIC. Aquela senhora com ar de avozinha querida e simpática.

 

Uma ida às compr1507-1.jpgas num feriado, implica ter mais tempo para reparar em pormenores.

 

Ora, reparei o top de vendas do Continente ontem tinha no 1º lugar o mais recente livro da Maria Helena. Trata-se de um livro do "Clube do livro" da SIC, que tem publicidade nos programas da estação de televisão e cujos autores são jornalistas ou colaboradores do canal.

 

Ora bem, e qual é o tema do livro?

 

Orações e rituais para proteger a vida e realizar os desejos dos milhares de seguidores de Maria Helena. Rituais de Luz reúne os rituais para encontrar a força e a energia do Universo para proteger e atrair a realização de muitos desejos: a sorte, a união familiar, o sucesso, a saúde, o amor e o dinheiro.

O livro para aprender os rituais, benzeduras, defumações e orações para atrair energias positivas para a vida e afastar para longe todo o tipo de energias negativas.

Dá-nos a conhecer o poder mágico das velas, ervas e plantas, incensos, cristais e amuletos usados desde tempos antigos.

Retirado da FNAC

 

Ora, se virmos bem, faz sentido estar no top do Continente. As pessoas que mais compram este tipo de literatura são precisamente o target-alvo do programa (donas de casa e reformados) e o sítio onde têm mais contacto com a literatura é o supermercado.

Se a lei o permitisse, o desconto em cartão seria a cereja no topo de bolo para a Maria Helena (não é permitido para os livros editados à menos de um ano fazer descontos superiores a 10%).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:37

Mini-Tortilhas de milho

05.10.16

Também já aderi à nova moda.images.jpg

 

Aqui há semanas, vários colegas de trabalho estavam a comer saquetas com essas bolachas porque estavam em promoção no Pingo Doce.

 

Já tinha ouvido falar e de facto verifiquei que há cada vez mais gente a optar por elas. O Continente também já vende em saquetas (confesso que as demorei a encontrar pois estavam "escondidas" na secção de alimentação saudável), o que é bastante prático para levar para o lanche.

 

Uma dessas colegas dizia que "antes comer isso que comer outras coisas". De facto, não têm açúcar, nem glúten, mas têm uma quantidade astronómica de hidratos de carbono. Provei já as de arroz, mas têm um sabor pior.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:57

"Aqui tratam-me como uma pessoa"

03.10.16

workaholics_001.jpg

 

Esta frase foi-me dita por uma amiga minha este fim de semana quando lhe perguntei como estava a correr a adaptação ao novo emprego.

A minha amiga tem o mesmo percurso académico e profissional que eu (mas em empresas concorrentes) e saiu há cerca de um ano de uma multinacional prestigiada na área da auditoria/consultoria, mas manteve-se na área com funções diferentes e mais perto de casa. .

 

Ao fim de um ano, onde nota mais diferença não é tanto os novos colegas, a nova empresa, a nova função, nem o facto de não estar no Porto. É a qualidade de vida que ganhou e o facto de a verem como uma "pessoa". A respeitarem. De perceber que a "isenção de horário" não justifica que se peça tudo e mais alguma coisa para ontem. De não abusarem da generosidade dela e do facto de ela a resistir a dizer "não".

 

Isto fez-me pensar sobre a forma como nos vemos e como os outros vêm.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 21:02



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Blogs Portugal