Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Finalmente acaba Janeiro

31.01.18

Este mês parece que nunca mais acaba. 

Ou foi das mudanças e da muita informação que passou por mim, ou então é interminável.

Parece que o Natal já foi à tanto tempo... 

800px_COLOURBOX11860075.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:07

Viver um dia de cada vez

30.01.18

Não estou a segui o desafio das 52 semanas que alguns parceiros do Sapo estão a cumprir, mas ocorreu-me sobre a citação preferida que foi o da semana passada.

Não é uma citação, mas é um lema:

"Viver um dia de cada vez"

 

Digo recorrentemente esta expressão quer para mim, quer para os meusamigos e família, sobretudo nos momentos maus. Não sabemos o dia de amanhã e ao dia já bastam as preocupações do mesmo.

viver-um-dia.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:50

Vou-me render à marmita

29.01.18

Em 2018, não foi só emprego novo. Vai ser também rotinas novas ao almoço.

Vou-me render à marmita.

IMG_20180127_181856.jpg

O primeiro passo foi aprender a cozinhar e o segundo vai ser levar almoço para o trabalho. Nesta nova localização, não existe cantina e ir todos os dias à rua além de ficar muito caro, não se sabe bem o que se está a comer e, não tarda, começo a crescer para os lados.

 

Pois bem, este sábado foi até a uma grande superfície, que tem mais variedade, e comprei:

   - a mochila

   - um tapperware de vidro para a sopa

   - um tapperware de plástico muito funcional com dois andares e uma caixinha no meio para molhos para a comida (não encontrei nenhum em vidro, mas acredito que fique muito pesado).

 

IMG_20180127_181901.jpg

Pelo menos para já começo assim. Hoje fiz sopa à noite que já vou experimentar amanhã.

Vocês costumam levar marmita?

Têm algum conselho/sugestão? 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:01

O silêncio sobre a poluição do Tejo

25.01.18

 

27066832_1689182894472056_2108783559667387619_n.jp

Sobre a Super Nanny toda a gente fala, toda a gente critica, os caça likes e pseudo-humoristas fazem ruído, mas sobre o atentado ambiental do Tejo esta manhã, nem uma noticia (basta ver as home page dos jornais), nem um comentário. 

Até nos blogs se vê a diferença no nº de posts.

Tudo muito silencioso. Excessivamente silencioso.

 

Isto faz-me pensar... até que pontos as redes sociais tornam-nos menos críticos e nuns followers de trends com todos os interesses inerentes.

Esta crítica aplica-se a todos nós cidadãos, bastonários disto e daquilo, ordens profissionais, comissões de proteção, etc etc.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:32

A SuperNanny e a sua (não) importância

24.01.18

Já muito se falou da SuperNannymw-860.jpg, e também vou contribuir para o buzz em torno do programa.

 

Mais uma vez, como em muitos outros, vemos as autoridades portuguesas a irem atrás do folclore mediático, em vez de se focarem em coisas importantes.

 

No domingo vi por curiosidade um pouco do programa e acho um exagero as notícias e intervenções de comissões, comissários e bastonários, embora não concorde com a exposição das crianças. 


Sou completamente contra e assumo os daddy/mummy blogs, que usam os filhos para se promover socialmente e obter ofertas alienando a sua privacidade. Neste caso, é diferente.

Existem problemas reais, que qualquer pai ou mãe pode ter e o programa tem uma certa vertente pedagógica (o caso de ontem acontece com uma ex colega de trabalho, em que o pai a desautoriza em frente à filha). Porém, tenho de ser coerente e criticar a exposição destas crianças. A sua privacidade não fica protegida. 

 

Será que ao se discutir este programa (porque fica bem e se marca a agenda) não está a esconder falhas na discussão e vigilância de coisas mais importantes e úteis?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:57

Duas ou uma alternativa?

23.01.18

Para o percurso para o trabalho tenho duas alternativas rodoviárias que fazem extamente o mesmo percurso:

 

- Fazer uma Estrada Nacional de 30 km's que demora 35'

Com semáforos, curvas, contracurvas, passadeiras, camiões, tratores ... etc.

 

- Fazer uma Auto estrada de 30 km's que demora 15'

Sem vivaalma. Deserta. Paga-se 2 € para lá e 2 € para cá. Ao fim do mês seriam 80 €. À noite é mesmo melindroso.

 

Dá que pensar: construiu-se uma auto estrada, enterrando-se milhões de euros para aproximar localidades e criar alternativas, mas ela é tão cara que ninguém a usa ... Só mesmo em Portugal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:46

Erosão costeira

22.01.18

No domingo, na minha habitual caminhada matinal, deparei-me com obras de defesa da costa junto à praia.

 

Não é de hoje que sabemos que o mar não dá contemplações, sobretudo nos Invernos mais rigorosos.Porém, hoje sabemos que existe um fenómeno chamado aquecimento global, derretimento glaciar e subida do nível médio das águas do mar. Por outro lado, vemos em muitos sítios construções em locais de risco. Tal obriga a gastos públicos e obras de defesa costeira. 

Até que ponto a humanidade consegue-se proteger a si própria?

IMG_20180121_112056.jpg

 IMG_20180121_112120.jpg

  IMG_20180121_112203.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:13

Anos 70 Don't leave me this way

18.01.18

Intemporal

Esta semana tem sido dura, por isso uma musiquinha para descontrair.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 22:14

Experiência do Último: fazer sopa

17.01.18

É incrivel, mas é verdade. Foram precisos 29 anos e após a nutricionista me dar a receita para fazer sopa pela primeira vez na minha vida.

sopa.jpg

 

Comprei os legumes já cortados no Lidl e um broculo grande. Batatas já tinha em casas. Ficou boa, mas muito verde [acho que é positivo] e um bocado pastosa. 

Mais um passinho na cozinha :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:16

Como resolver litigios fiscais?

16.01.18

Ainda não falei aqui da imoralidade da proposta camufalda da isenção dos partidos da liquidação de IVA. Valeu a intervenção do PR, mas acho ridiculo o argumento da simplificação do tratamento do IVA das atividades partidárias, pois a atual legislação é "ambígua" quanto aos diferentes tratamentos.

 

Então, para acabar com as dúvidas, os partidos deixam de pagar imposto. Pior, a vergonha é tanta, que os partidos até votam secretamente e às escondidas de quem os elegeu.

Como classificar esta atitude?

 

Acho que estes disparates afastam cada vez as pessoas mais racionais, cerebrais e com valores da politica. Acaba por ser um círculo de muitos interesses, sempre os mesmos e em dinastia (os Cesar, os Menezes ...)

A classe politica vai de mal a pior, da erquerda à direita. Uma descredibilidade total.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:38

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Blogs Portugal