Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Cosmética na visita de Angela Merkel

31.05.18

Vi uma reportagem da visita de Angela Merkel ao Porto e houve várias coisas que chamaram a atenção.

 

- Visita ao Porto

Incluir uma cidade que não Lisboa numa visita de estado é novidade. Portugal não é Lisboa. Existe mais país.

 

- A cosmética da amostra

Foi à Bosch, a laboratórios cientificos, passeou pelo Porto e ... o resto do país? O Portugal profundo? O Portugal que foi incendiado em Outubro? 

Ainda assim, concordo com os exemplos mostrados.

 

- A língua

Não percebi a razão de falar alemão, quando muito pouca gente sabe falar alemão em Portugal.

Vá lá, que António Costa também falou na língua nativa, mas haveria necessidade de tradutor se fosse o inglês?

 

- O fecho da ponte D. Luís

O turista e morador comum tem que ir nos passeios curtos e perigosos da ponte. Para a visita de estado fechou-se a mesma. Mais um exercício de cosmética, numa altura em que surgem cada vez mais queixas do perigo dos passeios.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:24

Oceanário de Barcelona

29.05.18

Um dos sítios que mais gostei de Barcelona, foi o oceanário.

Tem um tanque enorme onde as pessoas passam por um túnel com água e peixes de um lado e do outro.

IMG_20180225_110038_1.jpg

 

IMG_20180225_110310.jpg

 

IMG_20180225_104943.jpg

 

IMG_20180225_103811.jpg

 

IMG_20180225_103657.jpg

   

IMG_20180225_103348.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:56

Desflorestação vs incêndios

28.05.18

Tenho reparado que muitos pinhais e tapadas estão a ser cortadas em vez da limpeza dos terrenos, consequência da lei anti-incêndios.

 

Duas questões me levantam:

   - será que este corte massivo vai dar lugar alguma plantação de substituição?

   - será que vamos querer oxigénio e não vamos? Como vai ser absorvido o CO2 das fontes poluidoras?

 

Um dos locais é o nó da A44 com a A1 junto à Baviera e AutoSueco em Gaia, propriedade presumo da Infraestruturas de Portugal.

Efetivamente os eucaliptos estavam muito altos e muito perto da auto estrada pondo em perigo as pessoas e carros. Mas numa zona-tampão dos acessos ao Porto, as árvores além da sombra que davam, absorviam a poluição. Será que, num espaço público, serão substituídas por outras árvores?

IMG_20180528_080602.jpg

 

IMG_20180528_080559.jpg

 

IMG_20180528_080548_1.jpg

 

IMG_20180528_080546.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:04

Esta coisa do RGPD

24.05.18

Está a permitir perceber nos inúmeros sites onde estou inscrito em newsletters e afins e nem sequer sabia.

No fim de semana, se tiver tempo, vou aproveitar para limpar os registos dos sites que já não visito.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:42

Viver sozinho #10.1 uma ajuda nas tarefas domésticas (Update)

23.05.18

Na 2ª feira, cheguei a casa e é tão bom:

 

- ver a cama feita e lençois trocados

- ver o chão limpinho

- ver o lavatório sem pasta dos dentes

- ver as almofadas da sala no sítio delas

- ver a comoda com a roupa arrumada

 

Acho que o primeiro balanço é bom. Porém, na 3ª de manhã, reparei que a Senhora arrumou o meu pente na gaveta do WC.

Ainda há coisas por afinar, mas vou falar com ela para ela dar um jeitinho da próxima vez.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:52

A minha Expo 98 - vinte anos depois

22.05.18

Tinha 10 anos quando foi a Expo 98 e fui pela escola primária.

 

 

Tenho uma vaga ideia, mas há coisas que vinte anos depois me ficam na memória:

 

- o Gil

A mascote da exposição. Lembro-me da professora nos mandar desenhar o boneco. Ainda deve estar lá por casa.

 

- os vulcões de água

Ainda existem. A magia de cores e o conceito de explosão de água deixaram-me deliciado na altura e ainda hoje!

 

- O oceanário

Uma das melhores heranças da Expo. Lembro-me de lá ter ido e foi espetacular. A professora fez a associação do livro "A menina do mar" de Sophia Mello Breyner que tinhamos estudado e os animais no aquário.

Eu, que visitei neste mês de Fevereiro o de Barcelona, digo-vos que o de Lisboa vale mil vezes mais a pena.

 

- A envolvência na escola

Só se falava da Exposição na escola.

 

Hoje, vemos um espaço completamente aproveitado, uma zona revitalizada, sendo que para isso contribuiu a construção e sobretudo utilização da estação do Oriente e do shopping Vasco da Gama. Claro que houve erros (e despedício), mas quando vemos as cidades olímpicas dos países que recebem os Jogos que se tornam fantasmas, a Expo 98 foi muito bem aproveitada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:36

La casa de papel

21.05.18

3747849.jpg

 

Já toda a gente tinha falado desta série espanhola - na trabalho, no blog do Sapo (por exemplo PP), no meu círculo de amigos e até nos festejos do FC Porto (penta xau, penta xau). Ficou com curiosidade e quis deixar de ser o outsider.

 

Ao longo destas duas semanas vi a série e percebi porque faz tanto sucesso. Ela de facto está extraodrinariamente bem escrita, com uma estratégia muito inteligente e muito bem representada pelo elenco. A conjugação dos dois factores faz prender o espetador. 

Ao contrário das séries portuguesas que costumam ou ter muitos tempos mortos ou engonhar, na Casa de Papel, em todos os episódios há suspense e ação.

Como negativo, chamou-me a atenção a incapacidade de liderança no feminino que a série demonstra. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:16

Telemovel no altar

18.05.18

Estava no Facebook pessoal esta semana e vi que uma conhecida minha casou.

casa.PNG

 

Postou uma foto a sair da igreja com o noivo.

Até aí tudo normal. Mas chamou-me a atenção o relevo do telemovel no bolso das calças.

 

Desculpem a pergunta: mas que noivo leva o telemovel para o altar?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:02

Parafarmácias e e-fatura

17.05.18

Ontem foi à para farmácia do Jumbo.

Comprei umas compressas, pedi fatura com nº de contribuinte e reparei que a entidade que fatura é a mesma dos hipermercados e a dos postos de combustível.

 

No E-fatura, deverei categorizar como saúde (se o sistema permitir), mas acho que é suscetível de fraude, pois quem quiser pode comprar bens à taxa de 6% e categorizar o CAE como saúde e obter o benefício fiscal.


Estando fisicamente separadas, entendo que deveriam ser entidades jurídicas diferentes a faturar para evitar situações fraudulentas.

Como é que as Finanças ainda não pegaram nisso?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:14

Violência - toda condenável mas nem toda falada

16.05.18

Condeno de forma veemente o que se passou no Sporting.

Condeno todo o tipo de violência, mas o futebol e os seus agentes porpicionaram este clima de extremismo e radicalismo. Já tinha falado aqui.

Porém, não posso deixar de reparar que hoje muito se fala se condena (e bem!) estes atos cobardes, mas não se dá o mesmo tempo de antena à violência doméstica ou aos assaltos cada vez mais violentos a idosos nas aldeias isoladas, ou até os maus tratos a nimais de companhia.

s-l300.jpg

 

 

Será que damos a mesma atenção?

 

P.S.: E com isto não se discute a OPA dos chineses à EDP nem a situação financeira do Montepio.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:48

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Blogs Portugal