Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Três meses de marmita

15.05.18

Continuo rendido à marmita, embora vá alternando com a cantina.

Mais económico, mais saudável e sobretudo com quantidade mais controlada de comida.

Quando não me apetece cozinhar ou quero mesmo sair do edificio, opto pela cantina.

Esta semana optei por arroz de frango temperado com cerveja. Ficou bom!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 19:02

Viver sozinho #10 uma ajuda nas tarefas domésticas

14.05.18

Após alguma insistência da minha mãe e depois de saber que outros colegas na mesma situação que eu também tinham, a partir desta semana vem cá uma senhora a dias "ajudar" nas limpezas.

 

Por um lado vem-me tirar trabalho e colocar alguma ordem na casa, que às vezes (sim, às vezes ) está dessarrumada.

Por outro lado, é um bocado estranho ver uma pessoa desconhecida a invadir o nosso espaço, a mexer nas nossas coisas e a bisbilhotar tudo.

 

A senhora com quem falei é de confiança e das poucas que conheço na cidade e é a vizinha do andar de baixo que já faz outras casas. Para já o acordo é 2 horas de 15 em 15 dias. Penso que é suficiente para um T1.

 

No primeiro dia, a minha mãe vem cá comandar as operações.

Algum conselho da vossa parte? 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:15

E de repente toda a gente passou a ligar à Eurovisão

12.05.18

O festival nunca teve grande impacto por cá e muito menos me captou a atenção, tal vez devido aos maus resultados sucessivos de Portugal.

 

No ano passado a música de Salvador Sobral foi uma exceção, pela sua beleza e ternura. 

Talvez por ser em Portugal, agora muitos parecem ter acordado para o festival...

Não o deverei ver, pois não passou a captar o interesse só por ser em Portugal. Se ficar por casa, deverei ver a festa nos Aliados do FC Porto campeão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:03

Corrupção na política

12.05.18

Nos últimos dias, tem vindo a píublico inúmeras investigações sobre falcatruas e possíveis crimes cometidos pelos diferentes ministros do Governo de José Sócrates.

 

Acho que o facto de haver investigações é por si um passo de gigante na impunidade e cumplicidade numa teia de interesses cada vez mais influente.

Onde há fumo há fogo, mas a quantidade de casos em investigação e a sua gravidade é mais uma facada para a democracia por pessoas que não souberam cuidar dela.

 

P.S.: A EDP, empresa monoplista em Portugal e que gere um bem público (a eletricidade) anda a ser objeto de cobiça pelos gigantes mundiais. Se Portugal é um dos países mais pobres da Europa, porque razão esta empresa privatizada tem lucros tão grandes? Não estaremos a pegar demais pela luz que consumimos? Quem ganha com isto tudo?

O consumidor não é certamente...

Já Pedro Passos Coelho que a privatizou, o que tem a dizer sobre isto?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:59

Experiência do Último: um trail (desta vez a sério)

09.05.18

Sábado foi dia de fazer algo que estava nas "resoluções" para 2018: fazer um trail.

No ano passado e em Abril fiz uma versão da caminhada, gostei e fiquei com vontade de fazer mais.

 

No sábado foi a sério!

O ginásio que frequento organiza alguns eventos no concelho e com o incentivo dos colegas do grupo de corrida, ganhei coragem. Increvi-me a particpei na prova cornometrada, vi que tinha poucas flutuações de altitude e lá fui eu. 

IMG_20180505_190051.jpg

 

Digo-vos que adorei!

Foi das melhores experiências recentes que tive e foi uma tarde de sábado muito bem preenchida.

Na subidas fui a passo para não me cansar e porque ainda pouca resistência, nas descidas ia com cuidado para não cair e nas zonas mais planas em corrida.

O meu objetivo era: chegar ao fim (apenas).

 IMG_20180505_174940.jpg

A parte mais engraçada é a passagem por zonas que não conheço, apenas acessíveis a pé, o contacto com a natureza, respirar o ar puro e os obstáculos inesperados para um amador como eu. Por outro lado, conhecem-se outras pessoas com idênticas ambições:.

Consegui chegar à meta, realizado com a minha participação e por não ter sido o carro vassoura.

Depois, veio a parte boa: o abastecimento final com pastei de nata para repôr os níveis de açúcar! 

IMG_20180505_174959.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:00

Obrigações (pouco) verdes

08.05.18

Nos último dias, têm-nos chegado notícias de vários crimes ambientais nos nossos rios, relacionados com descargas ilegais.

   - as descargas ilegais no Rio Tejo proveniente de uma Empresa cotada em Bolsa e muito lucrativa

   - as descargas ilegais de vinho tinto estragado na Póvoa de Varzim

   - as descargas ilegais no Rio Tâmega

    - ...

Não vale enunciar mais.

 

Estes atos cobardes são das coisas que mais pode envergonhar o ser humano e os empresários.

Preferem enviar lixo para o rio, à sucapa, do que investir no tratamento de águas residuais. Fica mais barato e os peixinhos que se lixem!

 

Li este fim de semana que se está a pensar emitir "obrigações verdes", que são títulos de dívida que visam financiar projetos sustentáveis. Creio que mais uma vez, vai pagar o justo pelo pecador e seja o Estado a pagar os juros desta dívida que os privados não querem fazer. A propósito, foi publicada esta notícia na CNN - disto ninguém fala por cá. O futebol rende mais.

Capturar.PNG

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:16

Um ano de espera por consulta de dermatologia no SNS

07.05.18

Hoje fui ao Centro de Saúde mostrar ao médico um sinal de carne que tenho nas costas. Como tem vindo a crescer, quero retirá-lo.

 

A médica sossegou ao dizer não deveria ser nada de grave e que sua extração era uma coisa rápida.

 

O que não é rápido é o tempo que ela apontou de espera para a consulta de Dermatologia: 1 ano!!!

 

Entendo que não seja grave, mas será que ao valor de impostos que pago, não teria direito a mais celeridade? Não desconto tão pouco quanto isso e não estamos a falar nem de um nem de dois meses?

Quem beneficia com esta ineficiência? Naturalmente o sector privado. Não estou à espera que o seguro de saúde da Empresa cubra esta extração, pois já ouvi por aí que é considerado estético 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:24

Dia da mãe

06.05.18

Hoje é o dia da mãe. 

O dia de as homenagear, nem que seja com um telefone, um beijinho ou na impossibilidade de a contactar, tê-la no pensamento.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:32

Num dia, 4 olhares sobre o Trabalhador

02.05.18

Ontem celebrou-se o dia do trabalhador.

À tarde, fui dar uma volta à beira mar e chamou-me a atenção um homem que se encontrava a trabalhar na construção de um prédio em frente ao mar. Enquanto isso, muitos andavam a correr, a passear e a apanhar sol. Nas televisões, outros manifestavam-se pelos seus direitos nas principais praças. Curioso, três perspectivas sobre o feriado do trabalhador.

obra.jpg

 - O operário da construção civil

O que mais esforço físico despende, o que menos ganha e o que menos reclama.

Não percebi porque estava a trabalhar no feriado, dado que era a construção de um prédio. Haverá pressa para o acabar a tempo do Verão?

Porém, uma coisa é certa, a ilegalidade na construção é mais do que muita. Seja na legalização dos trabalhadores (muitos deles vindos dos países de Leste ou de África), seja no incumprimento de direitos legais, seja nos baixos salários praticados. Geralmente com pouca escolaridade, sujeitam-se ao que já, faça chuva, faça sol e sem reclamações.

 

- Os reivindicativos - funcionários públicos

Legitimamente reclamam os seus direitos. Não correm o risco de serem despedidos e têm condições muitos benéficas face à maioria dos trabalhadores privados - ADSE, cumprimento de horários, per si, já reduzidos e sem necessidade de apresentar grandes resultados. Com desvantagem, estão sujeitos a serem ultrapasados pelo Sr./Sra "Cunha"

Agora que as eleições se aproximam e o PCP perdeu muitas Câmaras Municipais, voltaram as manifestações.

 

- Os trabalhadores por conta de outrem com filhos

Aproveitam o dia para passear, turistar e descansar. Fazer greve? Não dá, porque senão são encostados e convidados a sair. Reclamar? Nos corredores ou de forma muito polite porque senão são encostados e convidados a sair. 

 

- Os trabalhadores por conta de outrem sem filhos

Aproveitam o dia para passear, turistar, descansar e ir  ao Linkedin. Com a perfeita noção que não empregos para a vida, não estão com muita paciência para se sujeitar a abusos do empregador.

Outros, viciados em trabalho, aproveitam o dia para ... trabalhar.

 

Depois há os desempregados que têm de sujeitar ao que aparece e aos que se aproveitam dessa situação.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:25

Pág. 2/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Blogs Portugal