Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Roupa nas lojas chineses

30.04.19

1280px-Aliexpress_logo.svg.png

Em Novembro, falei que queria comprar um casaco impermeável de corrida com carapuço.

 

Encontrei o que queria por um preço muito jeitoso no AliExpress. Geralmente visto o M ou L, dependendo do modelo. Mandei vir o "M". O problema é que era demasiado curto...

 

Como veio da China, não dá para devolver. Se não fosse o tamanho, estaria perfeito. Consegui que me dessem uma devolução de 2 €, embora ele já fosse barato, e encomendei novamente o "L". Mesmo assim, fica pequeno.

 

O casaco fica justo e mal cobre o braço. Agora fico com ele, mas já vos aconteceu alguma vez mandarem vir roupa dos chineses e ela ser demasiado curta?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:38

Do fim de semana

29.04.19

No feriado, choveu a potes, por isso, acabei por ficar a ler em casa.

 

6ª feira fui buscar o carro novo. Custou-me deixar o "meu" Clio. Um carrinho pago por mim, que ainda não tinha dado problemas e muito económico. Deixou-me nostalgia naquele momento, mas faz parte da vida.

À noite, ainda consegui ir treinar a Esmoriz.

 

No fim de semana, fomos em família usar a prenda de Natal dada pela minha mãe (penso que aproveitou uma campanha do black friday). Logo no dia de natal perguntou a disponibilidade e marcamos logo para o fim de semana a seguir à Páscoa. O destino foi Piodão, Foz d'Égua e no regresso paramos pelo Bussaco.

 

Brevemente publico fotos.

piodao.PNG

fozdegua.PNG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:22

Os programas matinais da TV

25.04.19

naom_5cbec03ae1381.jpg

A minha avó é uma consumidora de programas matutinos e vespertinos. Nos últimos meses, tem feito bastante zapping entre a TVI, a SIC e esta semana também pôs na RTP com a estreia do programa da Tânia. Nota-se a curiosidade em avaliar cada um dos novos formatos e apresentadores.

 

Em Janeiro, escrevi nos comentários de alguns blogs que apenas ia opinar quando tivesse férias, que calharia precisamente uns quatro meses após a estreia, depois do ímpeto inicial. 

 

Neste feriado chuvoso, vi um bocadinho de televisão de manhã. 

 

Vamos ao da SIC:

Pela primeira vez, vi o Programa da Cristina. Muito barulho, pouco conteúdo. Uma receita de favas que sinceramente não percebi muito e o tema foi uma entrevista ao ex-ator e atual médico José Carlos Pereira, a protagonista da sua revista e uma crónica criminal (ótima para alegrar este dia chuvoso ). Não percebi ainda qual o papel do Cláudio Ramos no programa. Se é verdade que já li muitos elogios, penso que com o tempo, vai cair na palhaçada e desinteresse (nesta parte estou-me a deixar influenciar pela minha avó).

 

Na TVI

Já tinha escrito aqui que não tinha gostado do que estavam a fazer à Maria Cerqueira Gomes na TVI. Colegas apresentadoras não facilitam estavam a criar entrosamento e a rapariga estava com um ar cansado, pressionado e triste.

Esta semana, sem o Goucha, diz a minha avó, que está a gostar muito da Maria. Hoje vi uma apresentadora confiante, simpática, revigorada, empática, sem histerismos. Estava humilde, sem ninguém a atropelá-la e a interrompê-la. Força Maria!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:15

Estradas no céu

24.04.19

No domingo de Páscoa, dia de tradições, as televisões inundaram-nos com as notícias terríveis vindas do Sri Lanka.

Um português morreu. Não conheço a família nem a pessoa, mas as circunstancias não podiam ser mais horríveis.

 

Um casal estava em lua de mel, para comemorar o seu amor, a sua união, mas quis o destino que a esposa se levantasse do pequeno almoço e o marido ficasse na mesa.  Obra do acaso, que ditou que um chegasse vivo e outro morto.

 

Não consigo imaginar o que a viúva possa estar a sentir, mas penso que é das sensações de maior tristeza, de maior vazio, de maior solidão que um ser humano pode viver. O mundo e o acaso podem ser injustos, mas esta jovem mulher vai precisar de muita força para encarar o futuro.

 

 

P.S. Chegam relatos diários de atitudes terceiro-mundistas na gestão de donativos de Moçambique. Desde roubos, pilhagens, corrupção e até violação de mulheres em troca de comida. Não fiz nenhuma doação, nem faço.

P.S.II O blog chegou ao instagram. Muitos blogs conhecidos já por lado andam. Link (layout no topo também ajustado).

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 18:49

Combustíveis - agora que o susto passou

23.04.19

combustiveis.jpg

Já passado o choque da greve dos transportadores de combustíveis, que apanhou todos de "calças nas mãos", muito se discutiu das semelhanças com a Venezuela, o pânico gerado, um novo perfil do sindicalismo (menos político [PCP] e ainda que dirigido por um advogado de Maseratti) e o papel dos partidos políticos.

 

A dependência de Portugal do automóvel (e combustíveis fósseis) dificilmente mudará  nos próximos anos:

 

- as petrolíferas têm um lobby demasiado forte.

São poucas mas MUITO influentes. A maior portuguesa até viagens de políticos a campeonatos de futebol pagam.

 

- Os governos cobram impostos.

Seja pelo IUC, seja no IVA dos combustíveis e outros tantos impostos e impostinhos escondidos no preço. 

 

- Uma grande teia de empresas precisa das receitas das portagens.

São muitas as empresas (inclusivé cotadas) que detêm participações e vão buscar dividendos às concessões das auto estradas e PPP's.

 

- As seguradoras cobram os prémios e o seguro automóvel é obrigatório.

 

- A industria automóvel vale demasiados empregos, comissões e circuito económico para ser desprezada.

 

Posto isto, nos transportes públicos, assistimos cada vez a maior desprezo: greves constantes, muitas supressões e atrasos, uma desconfiança generalizada quanto ao cumprimento do serviço e encerramento contínuo de troços ferroviários no interior do país.

Por outro lado, começam a surgir veículos mais ecológicos e wifi gratuito nos mesmos.

 

Levantaram-se também legitimamente questões sobre a inexistência do oleoduto que ligasse o aeroporto de Lisboa a Aveiras e o seu reduzido custo. Esse oleoduto supriria o recurso (e respetivos custos) a transporte rodoviário e reduziria o susto. Parece uma obra elementar,  mas na semana passada viu-se quem beneficiou até agora da sua inexistência.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:04

Da Páscoa

22.04.19

A Páscoa significa tradição.

 

Além das amêndoas, costuma-se cobrir a entrada com flores e abrir a porta ao compasso. Beija-se a cruz e repete-se o "Aleluia".

Desde que o meu avô morreu, que a minha avó nunca mais abriu a porta.

 

Porém, manteve-se o costume de visitar a madrinha, levar o ramo e trazer o ramo.

Nisso tenho mais sorte que a minha irmã. Diz o padrinho dela que a partir do momento que começasse a trabalhar acabasse a notinha. E assim foi.

Nisso, a minha madrinha diz que dá o folar ao afilhado até morrer, desde que receba a sua visita.

Esete ano assim foi mais uma vez.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:13

Turistando pela Lousã - Baloiço e Candal

18.04.19

Depois de Coimbra, o destino foi a Serra da Lousã.

Já tinha visto muitas fotografias, inclusive do baloiço, mas nunca lá tinha ido. Lá perto, foi o pretexto ideal.

A Lousã penso ser dos destinos que mais tem crescido nos últimos anos, pelo menos a avaliar pelas publicações nas redes sociais.

 

Baloiçp

Comecemos pelo baloiço, talvez dos locais mais fotografados em Portugal. Aliás, no trabalho, foi logo o primeiro sítio que me perguntaram se tinha ido. Digo-vos que além de mal sinalizada na serra, o seu acesso é horrível. Um verdadeiro caminho de cabras. Não percebo como é que a Câmara da Lousã não faz mais pelo seu principal ponto turístico!

Enquanto não ajeitarem a estrada, foi a primeira e última vez que me apanharam lá.

IMG_20190331_133412.jpg

A Serra em geral está cuidada e limpa. No regresso à cidade, paramos na aldeia do Xisto da Serra da Lousã -Candal

IMG_20190331_140617.jpg

IMG_20190331_141253.jpg

 

IMG_20190331_141333.jpg

IMG_20190331_141437.jpg

 

IMG_20190331_141504.jpg

 

IMG_20190331_141600.jpg

IMG_20190331_141600.jpg

 

IMG_20190331_141852.jpg

 

IMG_20190331_141927.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:08

O meu MP4

17.04.19

IMG_20190323_170216.jpg

 

Ainda hoje peguei nele para fazer a minha caminhada.

Já tinha falado dele aqui e um MP4 especial.

 

Comprei-o em 2009, com o meu primeiro salário, quando fiz um estágio de Verão remunerado. Tem 10 anos e descobri-o à pouco tempo perdido.  Funciona impecavelmente e as faixas dessa altura continuam intemporais: Red Hot Chili Pepers, Franz Ferdinand (lembro-me logo da queima), U2, Coldplay.

 

Não um "Revenge of 09's", mas dá-me prazer ouvir aquelas músicas naquele MP4 específico. É estranho.

 

Também vos acontece com algum objecto?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:58

A formação de SQL

16.04.19

Estes últimos dois meses foram mais atarefados. 

 

Estive a frequentar um a formação pós laboral e financiada em informática (SQL, HTML e PHP). Aliás, notou-se que ainda mais ausente aqui do blog.

 

Apesar de ser uma formação muito técnica e de ter uma turma com muitas competências e experiências profissionais diferentes, foi bastante útil pois era uma coisa que desconhecia e que no trabalho, sobretudo com base de dados dá para aplicar.

 

Agora findou a formação e já passou a ter a semana menos bloqueada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:47

Do fim de semana

15.04.19

Depois de na 6ª feira ter tratdo da compra do carro novo, no sábado de manhã estive a fazer contas sobre o pagamento. E

Contas para aqui, consultas de rentabilidade para acolá, depois de decidir onde ia mexer, reparei que para levantar Certificados de Aforro, nem todos dá para fazer online.

 

Pior que isso, é preciso ir fisicamente aos CTT e levar o papel da sua subcrição. Felizmente, tenho e encontrei uma capa onde costumo guardar essas coisas. Bolas, já vou ter de faltar a horas de trabalho porcausa disso! e se não encontrasse o papel dourado ?

 

Por outro lado, mobilizei uns depósitos a prazo e ia transferi-los para o banco de onde vou pagar e também não consegui. Queixa-se que não tem cartão matriz ativo, apesar de o ter à minha frente. Lá tenho que ir ao Banco para tratar disso.

 

Apenas um aparte: ao fazer esta análise, reparei que as taxas de juro estão a níveis miseráveis, muito menos. Não há nenhum incentivo à poupança! Tinha um depósito a render 0,1% TANB...

 

À tarde, não consegui ir ao mediador de seguro para fazer a portabilidade. Como é semi-novo quero fazer um reforço das coberturas.

 

À margem do carro, ainda consegui doar sangue. Passaram 3 meses e meio desde a última doação e fui repetir.

IMG_20190413_121543.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:29

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Blogs Portugal