Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O Ribadouro

06.05.19

books-4118058_960_720.jpg

Este fim de semana muito se falou de Educação.

A minha opinião sobre os professores, o estado do ensino e o que realmente deveria preocupar os sindicatos é conhecida.

 

Hoje vou falar de uma notícia que foi ofuscada no fim de semana sobre a investigação de viciação de notas do Colégio Ribadouro.

 

Quem estuda no Porto, sabe que quem quer ir para Medicina e não tem média na escola pública, só tem uma solução: ter pais ricos e inscrever-se no Externato Ribadouro. As notícias de investigação de empolamento de notas (nomeadamente a Ed. Física) não surpreendem. 

 

Segundo o que se ouve, o ensino é totalmente vocacionado para ter boas notas nos exames nacionais. E ainda bem que existem exames nacionais que são iguais para todos os alunos, evitando o favorecimento através das notas internas.

 

Um primo meu que estudo Medicina na U. Porto contava no Natal que existe uma diferença muito grande entre os alunos que chegam da escola pública e dos colégios. Há casos e casos, mas a capacidade de desenrasque, raciocínio e (des)formatação dos alunos provenientes do ensino público é maior.

 

Esta é uma dicotomia interessante que pouco se tem falado nos últimos tempos: ensino privado vs público.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:32

Turistando por Foz d'Égua

05.05.19

A menos de 4 quilómetros de Piodão, fica Foz d'Égua, um dos sítios que tinha muito curiosidade em ir dado que muita gente lá vai.

 

Os acessos são fracos. Não percebo como um dos sítios mais turísticos do Centro de Portugal não melhora os acessos. A estrada está esburacada, sem grande segurança e na zona o estacionakmento é em terra batida. Dá uma imagem de desleixo e sobretudo de desvalorização. É pena. Não faz sentido gastar rios de dinheiro em campanhas e agências de comunicação se falha no elementar.

 

Adiante, Foz d' Égua é conhecida pela sua ponte suspensa, cujo acesso está vedado. Por questões de segurança, só ver e fotografar. É uma construção humana muito original e mesmo em frente existe uma casa (não sei se habitada) com um tronco de um pinheiro no meio (ver foto abaixo).

 

Ao pé existem trilhos que se podem fazer (que ligam a Piodão) e a estátua de um açor, fazendo jus ao nome da serra.

No topo da montanha existe um santuário acessível a pé. 

No Verão é possível tomar banho na praia fluvial e tem um bar de suporte.

IMG_20190428_102522.jpg

 

IMG_20190428_102716.jpg

 

IMG_20190428_102901.jpg

 

IMG_20190428_103242.jpg

IMG_20190428_103315.jpg

 

IMG_20190428_103409.jpg

 

IMG_20190428_103707.jpg

 

IMG_20190428_104055.jpg

IMG_20190428_104108.jpg

IMG_20190428_105951.jpg

 

IMG_20190428_110525.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:01

Cenas de ginásio

04.05.19

poster,210x230,f8f8f8-pad,210x230,f8f8f8.lite-1.jp

Já há algum tempo que não tinha uma situação peculiar para contar.

Na 5ª feira fui à aula de localizada. 

Ao meu lado estava uma senhora que fazia o oposto do que a professora instruía.

 

O exercício era agachamentos, ela fazia abdominais. 

Quando era levantar halteres, ela fazia flexões.

e assim sucessivamente.

Ao fim de meia hora, abandonou a aula.

 

Se era para fazer o seu plano de treino e o contrário do que a professora dizia, mais valia não ter ido.

No fim da aula comentei com a professora e lá me explicou que a aluna a tinha avisado que estava em recuperação de uma cirurgia....

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:35

Turistando pelo Piodão

02.05.19

No passado fim de semana o destino foi Piodão. 

Uma viagem planeada desde o Natal e na verdade foi o aproveitamento de uma prenda.

Piodão é uma aldeia que fica no concelho de Arganil no coração da Serra do Açor.

 

Viemos pela A1 e saímos na Mealhada onde almoçamos. Seguimos em direção a Coimbra pela EN1, apanhamos o IP3 em Souselas e depois o IP6 até Coja. Além do GPS, foi o melhor caminho sugerido por quem já conhecia.

De Coja a Piodão, o caminho é pelas montanhas da Serra do Açor, com as normais curvas e contracurvas, existindo muitas placas com indicação da aldeia.

 

Lá chegados, o carro, tem de ficar à entrada existindo estacionamento. A aldeia fica isolada, ou seja, lá só dá para dar a volta e voltar para trás. A aldeia de xisto vê-se bem a pé.

 

Logo à entrada, existe a Igreja caiada de branco, dois ou três restaurantes e lojas de produtos regionais. 

O resto tem de se fazer a pé.

 

As ruas são bastante estreitas e vêm-se pormenores de azul nas portas e janelas. Para percorrer as ruas, é necessário ir com vontade de fazer subidas :) Para se ter uma vista paronamica pode-se fazer o carreiro em direção ao cemitério.

Junto à aldeia, existe também a praia fluvial. 

IMG_20190427_154233.jpg

 

IMG_20190427_154639.jpg

 

IMG_20190427_155009.jpg

 

IMG_20190427_155122.jpg

 

IMG_20190427_155543.jpg

 

IMG_20190427_155547.jpg

 

IMG_20190427_155952.jpg

IMG_20190427_160217.jpg

 

IMG_20190427_160838.jpg

 

IMG_20190427_161403.jpg

IMG_20190427_161549.jpg

A vista da aldeia ainda dá uma ideia de Sistelo com os socalcos.

IMG_20190427_164110.jpg

 

IMG_20190427_172711.jpg

 

IMG_20190427_210740.jpg

 

Dois pormenores:

IMG_20190427_160709.jpg

Os guardanapos de um café :)

IMG_20190427_163404.jpg

Ao percorrer as ruas desta aldeia, ficamos a pensar como será viver neste isolamento... Uma aldeia lomnge de tudo com meia dúzia de casas. Se for preciso ir ao supermercado? Ao médico? Uma farmácia? Por muito que me custe dizer. é bonita para visitar, mas para viver ...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:11

Pág. 2/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Blogs Portugal