Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Coletes amarelos ou hooliganismo

02.12.18

Capturar.PNG

A iniciativa era muito apelativa. Os franceses iriam sair para a rua vestidos com um colete amarelo protestar contra os impostos no combustível decretados pelo governo francês.

 

Uma manifestação pacífica que contou com a adesão e simpatia de muitos automobilistas. Chamou-me logo a atenção não ter havido confrontos dado o país em questão na primeira vez.

Esta semana, vimos que foi uma exceção e um grande sinal de alarme.

 

Uma causa meritória de pessoas bem intencionadas e livres, mas que viram as suas intenções defraudadas por anarquistas e verdadeiros hooligans que apenas tiveram intenção de armar confusão, pondo em cheque o motivo e demonstrando o barril de pólvora que é a sociedade parisiense.

 

Desde quando incendiar carros é uma forma de manifestação?

Desde quando pilhar lojas  é uma forma de manifestação?

Desde quando apropriar-se de uma causa de insatisfação serve para semear o pânico?

 

As atitudes anarquistas e medonhas que vimos em Paris funciona como uma espécie de alerta terrorista e onde os manifestantes não se revêm. As pessoas podem discordar, mas isso não valida o que vimos nas TV's.

 

 

Por cá, vi uma foto partilhada do Facebook que comparava os preços de uma gasolineira em França com uma portuguesa, mas não esclarecia:

- qual a data da fotografia nem em Portugal nem em França;

- se  a bomba francesa é low cost ou é da média;

Além disso a marca portuguesa escolhida foi a BP - uma insígnia caríssima em Portugal. Vi muita gente revoltada nas redes sociais pela pacatez do povo portugês em aceitar tudo dos seus governantes, mas não a questionar a comparabilidade dos preços.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:02

Quem nunca?

29.11.18

Entre jantares de trabalho, formações pós laboral dois dias por semana, os últimos dias têm sido cansativos. Praticamente não tenho feito marmitas, tendo optado por almoçar na cantina e os jantares em dias de formação tem sido sandes e um iogurte. Apesar da fome, não quero ir de barriga cheia dormir. 

#quemnunca

 

No domingo, para precaver, fiz gelatina. Mas não é que me esqueci de a comer! Só há pouco quando fui ao frigorífico é que reparei que tinha lá gelatina! Já vos aconteceu algo do género? 

#quemnunca

 

Ginásio. Este mês de Novembro foi o malogrado cliente que paga mas não vai. Confesso que hoje só fui lá 20 minutos e aproveitado para tomaer banho. Ao menos poupo água e aquecimento. Temos de ser amigos do ambiente, não é?  #quemnunca

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 22:35

O que Borba diz do país real em 2018

28.11.18

Só agora vou escrever sobre Borba. Já fui comentando por aí, mas deixei a poeira assentar.

Nas minhas resoluções para 2019 tinha pensado ir em Junho ao distrito de Évora conhecê-lo. Do que já tinha lido, Vila Viçosa estava (e estará) no meu roteiro. A capital do mármore.

borba.jpg

Na semana passada jantamos em choque. Uma estrada ruiu, num dia chuvoso, desabando numa pedreira de mármore em Borba. Seis mortos. 

 

Há dezassete anos atrás foi em Entre os Rios. Perderam-se 57 vidas, caiu um ministro e o país acordou para a manutenção das pontes e para o Interior esquecido. Foi numa noite chuvosa, ventosa e de Inverno. 

 

No ano passado foram os incêndios. Dezenas de mortos em Pedrogão e nas aldeias serranas do Centro do país. Não há culpados. Foi um poste, o calor, as matas por limpar...

 

Existem umas acusações inconclusivas, fraudes nos acessos aos subsidios, compadrios de terceiro mundo nalgumas Câmaras Municipais afetadas e assobia-se para o lado. Afinal não há mais nada para arder e os interesses políticos, pessoais e empresariais falam mais alto. Pesa pouco nos votos!

 

O que têm em comum estas tragédias em Portugal?  Todos no Interior, sem condenações. A culpa é sempre do mau tempo.

 

As pessoas saem das suas aldeias para o Litoral, outras emigram e o Interior fica deserto. Os serviços públicos fecham e as empresas são inexistentes. Lá não há Websummit, não há start-ups, não a Uber, a Glovo, nem shared services. As cidades de Bragança, Guarda e Fundão tentam remar contra a maré, mas não é suficiente.

 

Voltando a Borba. A malta dos gabinetes e dos "Jotas" perguntam-se onde é que isso fica? Conhecem Lisboa, Porto, Oeiras, Cascais e pouco mais (talvez Castelo de Vide devido à "Universidade de Verão"). No país real, fora dos gabinetes, existem muitos problemas, mas só são conhecidos quando há uma tragédia. 


Responsáveis presos? Nem vê-los. A culpa é da chuva, do calor, do vento....

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:49

Achei que era no gozo

27.11.18

... só que não.

O Presidente Donald Trump escreveiu mesmo um tweet a agradecer a ... si próprio!!!

dt.PNG

Obrigado President T por defender os direitos humanos no caso do jornalista assinado a mando do presidente da Arábia Saudita.

Obrigado President T por pôs o interesse do industria do armamento dos EUA à frente da punição do presidente da Arábia Saudita.

Obrigado President T pela atenção que dá ao aquecimento global, à desflorestação e ao efeito estufa.

....

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 18:33

Green cada vez mais Black

26.11.18

No fim de semana do Black Friday/Black Weekend / CyberMonday, levamos com uma mais uma notícia muito aterradora, como que um balde de água fria no nosso espírito consumista.

o-desmatamento-da-amazonia-original.jpeg

A Amazónia, o maior pulmão do planeta, sofreu a maior redução de sempre de área verde no último ano (entre Agosto de 2017 e Julho de 2018). Uma notícia que é assustadora e que mostra que a humanidade e a sustentabilidade do planeta caminham num sentido cada vez pior! 

 

Com a subida de Bolsonaro ao poder as expetativas são cada vez piores. Pelas notícias que nos chegam, o novo presidente brasileiro apoiou projetos económicos a favor da desflorestação e a despenalização de crimes ambientais e tal como o Trump, o pensamento é: "o último que fecha porta", mas será que daqui a uns anos haverá portas para fechar?

 

Os crimes ambientais, a desflorestação, o ataque e destruição dos ecossistemas são cada vez maiores e mais intensos e, pior, legitimados, pelos novos donos do poder mundial. Estes novos donos estão todos a caminharem no mesmo sentido, o que é cada vez mais desesperante.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:03

Colados ao telemovel

24.11.18

Hoje enquanto estava a almoçar num restaurante entra um casal "maravilha" que trabalhou na minha antiga de empresa de auditoria.

 

Não gosto da moça (era conhecida pelo "jornal" da empresa - uma coscuvilheira do pior!), por isso fiz de conta que não os vi e eles o mesmo. Ainda por cima ficaram à minha frente kkkkk 

Ao menos aqui no blog posso ser sincero.

 

Continuei tranquilo à conversa e volta e meia ia deitando os olhos para a mesa deles, que estava em frente a mim e foi mesmo estranho. Estavam sempre os dois colados ao telemóvel e não falavam um com um outro. Bolas!!! Será que estavam constrangidos pela minha presença?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:48

Prematuridade

22.11.18

No dia 17 de Novembro foi o dia da prematuridade.

Confesso só soube depois de ver o post da Gorduchita.

baby-2717347_960_720.jpg

 

 

Não tenho filhos, muito menos prematuros, mas é uma situação para a qual ganhei sensibilidade depois de conhecer e ouvir o relato de um colega de trabalho.

 

No caso dele, foram os dois filhos gémeos que nasceram muito prematuros ( penso 7 meses). Relatava o pai que as idas à maternidade eram a pior sensação que uma pessoa pode ter. Sem saber se os filhos estão vivos, se estão mortos, se quando não estão no mesmo sítio da última vez o que lhes aconteceu.

A somar, a frieza do pessoal médico, que não querem alimentar expetativas juntos pais.

A mulher, mãe das crianças, entrou em depressão nesse período devido à angustia que sentiu e demorou muito a recuperar, celebrando cada dia de vida uma vitória.

 

Hoje, ambos são autistas.

Penso que é daquelas coisas que só depois de passarmos por elas ou ouvirmos um relato de um pai/mãe que passaram por isso, é que damos valor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:35

Ainda ontem era terça

21.11.18

... e a minha caixa de entrada de sms estava assim:

Screenshot_20181120-214427.png

Acho que a Black Friday é de aproveitar se as pessoas realmente precisarem de alguma coisa e se acompanharem os preços umas semanas antes. Há sempre os chicos-espertos que aumentam nas vésperas e depois anunciam descontos.

 

Eu queria comprar um casaco impermeável de corrida com carapuço para o caso de ser apanhado pela chuva. Vou ver se encontro alguma coisa de jeito.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:48

A gestão da privacidade

20.11.18

Neste mês de Novembro estou a tirar uma formação pós laboral.

keyboard-70506_960_720.jpg

A pessoa que se senta ao meu lado, quando liga o computador faz duas coisas:

i) ver a homepage dos sites desportivos

ii) ver ... o seu netbanco

 

Quando olhei para o computador, fiquei parvo. Aquela alma vai para uma formação, com estranhos ao lado, consultar a sua conta bancária e os seus movimentos... Apenas sei que tem 22.000 euros na CGD, mas o resto virei a cara.

As pessoas não têm cuidado e depois queixam-se...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:48

Chega para cá, chega para lá

17.11.18

No sábado fui dar uma volta a pé junto à praia, na esplanada. E qual não é meu espanto:

IMG_20181117_162326.jpg

Programa de sábado à tarde? Ir para a ponta do paredão e dançar o chega-para-cá-chega-para-lá com as ondas.

Não percebo esta gente.

Vi a Polícia entretanto no calçadão a fazer ronda (trajeto vedado a automóveis).

IMG_20181117_162215.jpg

Neste mesmo passeio, vi uma colega que estudou comigo entre o 1º e o 9º ano. Já tem dois filhos e o marido é o mesmo namorado da adolescência. Na altura, o namoro era problemático. Ciumento, chato e moça chorava com as amigas. Constava-se que ele lhe batia. Pelos vistas continua com ele e com crianças. Será feliz?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:40


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Blogs Portugal