Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A crise na doação de sangue

30.03.22

O JN lança o alerta que Portugal está a perder cada vez mais dadores de sangue. Não me admira.

 

Comecei a ser dador após a M-m ter exposto a situação da sua irmã. Tive que pesquisar e só consegui fazer uma doação a mais de 20 km de casa, nas férias, pois em horário laboral é impossível.

Mesmo ao fim de semana, por exemplo no distrito de Aveiro só há uma brigada a cobrir a parte acima de Aveiro que tanto pode estar em Espinho como em Vale de Cambra. Ou seja, há pouquíssimas brigadas e muito longe. Ao longo das últimas semanas, tenho constatado que ao sábado nunca estão nos grandes centros urbanos do norte do distrito.

 

Não basta lamentar, nem gastar rios de dinheiro em consultores e agências de comunicação. Sugiro sim ter mais mais centros de recolha, de análise e em horários compatíveis com a maioria dos trabalhadores.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:19


10 comentários

Imagem de perfil

De cheia a 27.03.2022 às 19:45

De acordo, têm de ter mais centros de recolha.

Boa semana.
Um abraço
Sem imagem de perfil

De Pedro Coimbra a 31.03.2022 às 03:03

Gostava de ter coragem para ser dador.
E aqui até muito fácil.
Imagem de perfil

De Andy Bloig a 31.03.2022 às 10:25

O problema é o percurso que o sangue tem de fazer, após a dádiva. É preciso refrescar e faze-lo chegar a um local onde os 20 e tal partes sejam separadas, até 8 horas após a colheita. Além que é preciso um laboratório móvel, que faça a análise geral ao sangue, em 10 a 15 minutos, para comprovar que podes ser dador.

Quando andava na universidade ainda dei uma quantas vezes, pois tenho um tipo de sangue raro, só que já tinha um problema de saúde que eliminava uma parte do que tiram do sangue, entretanto deixei de poder doar, pois a situação piorou e sou obrigado a tomar medicamentos que não permitem doar. Grande parte da população não pode doar, por não cumprir os requisitos mínimos.
Imagem de perfil

De Luísa de Sousa a 31.03.2022 às 12:19

Tem de haver melhores condições para os dadores de sangue

Beijinhos
Feliz Dia
Imagem de perfil

De mami a 31.03.2022 às 19:02

por vezes as soluções mais óbvias parecem problemas complexos para quem tem o poder de decisão
Imagem de perfil

De João Silva a 01.04.2022 às 07:24

Uma vez mais, o problema está na "oferta" do serviço. Quer dizer, tu queres ficar, mas tens de gastar do teu combustível para ir a "cascos de rolha"... Parece tudo muito lógico. Enfim. Abraço
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 01.04.2022 às 20:40

Aumentar os postos de sangue.
Em tempos, iam equipas às escolas e eram muitos os professores e alunos que doavam.
A COVID também veio prejudicar este serviço/recolha.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 03.04.2022 às 15:01

A COvid tem servido de desculpa para muita coisa. Tem as costas largas. Mas já dantes havia esta limitação. Porém, havia mais dadores e não havia tantos problemas como agora.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 03.04.2022 às 17:30

Concordo.
Às pessoas acomodaram-se.
E o sangue é precioso para muitos doentes.
Sem imagem de perfil

De Claudia a 04.04.2022 às 11:59

Eu não posso dar sangue porque já tenho tendência para ter anemia.

Mas o meu marido por acaso queria.

Beijocas

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.