Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A Cristina e a Serena

18.09.18

Cristina Tavares.

cortiça.jpg

 

Este é o nome da mulher cuja Justiça obrigou o seu patrão a indemnizá-la e reintegrá-la na Empresa.

Como vingança, a empresa terá obrigado a laborar nove horas de trabalho sem sair do sítio, a arrumar sacos de 15 a 20 kg e sem acessos a áreas comuns como o WC e o estacionamento.

 

Quem conhece o "patrão" corticeiro português na zona de Santa Maria da Feira, sabe a sua fama de pagar pouco e querer muito, embora não conheça a empresa em concreto e não querer tomar a parte pelo todo. Da administração da Empresa, ninguém deu a cara, atirando o "diretor financeiro" para os jornais, que nega. Onde há fumo, há fogo.

Nas redes sociais pouco se fala.

 

Serena Williams.

Tenista famosa, acusou o árbitro de sexismo e discriminação, quando os factos que deram origem à punição prevista nos regulamentos foram confirmados.

As redes sociais estouraram, aparecendo logo os extremistas.

 

Dois pesos e duas medidas para duas situações que são diferentes, mas que colocam a sociedade nos extremos. Num de crítica, noutro de indiferença. 

Porque é que aqueles que saltaram a criticar a tenista, agora não postam a defender a fragilidade de Cristina? Quantas mais trabalhadores sofrem estes tipo de assédio/bullyinhg e não fazem notícia?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 18:02


20 comentários

Imagem de perfil

De Lady a 19.09.2018 às 12:00

Porque o fácil é criticar :S
Imagem de perfil

De m-M a 19.09.2018 às 12:23

Situações como a da Cristina são o pão-nosso, especialmente vindo de homens para com as mulheres, numa tentativa de quebrar o sexo-forte.

Agora, "toda a gente" tem medo dos "patrões" e ninguém quer ser a próxima "Cristina"!...
Imagem de perfil

De Maria a 19.09.2018 às 15:28

Infelizmente "Cristinas" há muitas. Na minha zona, o que não falta são "Cristinas" que se remetem ao silêncio e que sentem no coro todos os dias o "bullying" que tanto se fala.
Não é por isso que acho que haja indiferença, acho mais é que vai continuar a existir, porque os "cães grandes" têm sempre umas costas largas e um envelope com dinheiro.

Da Serena acho que pelo que li nas redes sociais, não é tanto a atitude da Serena que deu que falar, é também puxarem isso para casos como descriminação ou sexismo.
E que no caso em si, não me parece ter cabimento.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 19.09.2018 às 22:46

nas redes sociais, a situação da serena gerou muitos comentários, no caso da trabalhadoras e de outras pessoas na mesma situação, nunca se fala nem se fazem posts. não gera likes :)

Comentar post


Pág. 2/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.