Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A importância do WebSummit para Lisboa e para Portugal

por O ultimo fecha a porta, em 05.11.16

2ª feira começa um dos mais importantes eventos mundiais do mundo empresarial na área das novas tecnologias em Portugal.

 

web-summit-decoded-dublin-dublinglobe-com.jpg

Hoje li nas redes sociais insultos gratuitos e injustificados aos participantes do eventos. 

Tratava-se de uma página que alguém partilhou, daquelas em que ninguém dá cara, critica-se com palavrões para se ter mais impacto e mais likes. Estão a ver de que tipo de páginas estou a falar?

Pelo que percebi a revolta do autor era devido ao esforço do metro de Lisboa em prestar um serviço com mais carruagens durante o evento.

 

Pois bem, este evento assume uma importância, na minha perspectiva, muito grande, para Portugal e para a Lisboa:

 

i) Irão estar profissionais altamente qualificados

As pessoas que vêm cá têm uma elevada literacia e massa crítica. São dos melhores das áreas onde operam (engenharia, informática, marketing, logística, financeira, banca, etc.). Como tal, existe uma responsabilidade acrescida em passar a melhor imagem possível, não só com vista à potenciação de negócios futuros, bem como do turismo.

 

ii) Irão estar negócios de muitos milhões envolvidos

Participar neste evento significa não só potenciar um negócio, mas também o networking. Ter uma série de gurus e de empreendedores reunidos na mesma cidade em tão poucos dias propicia uma melhor rede de conhecimento.

 

iii) O papel das start-ups e dos empreendedores

Começamos a ouvir das start-ups durante a crise. É um novo nome para algo que sempre existiu: ter uma ideia de negócio, começar do zero e com os parceiros certos As empresas atuais têm uma componente tecnológica e global muito elevada e são lideradas pelos seus fundadores, a maioria muito jovens, que se viram impelidos pelo desemprego a iniciarem-se no seu próprio negócio. Correram atrás do sonho!

A maior parte dos empregos gerados por estas empresas são altamente qualificados e que dão uma pedrada no status quo do perfil conservador das hierarquias rígidas das empresas portuguesas. Previligiam a criatividade e a mobilidade dentro das estruturas.

 

iv) A necessidade de mostrar que Portugal sabe organizar eventos além de europeus de futebol

É sempre importante demonstrar que os transportes públicos cumpram os seus horários, tenham disponibilidade, não haja especulação de táxis e bares, que existe segurança nas nossas carteiras durante as viagens de elétrico, entre muitas outras coisas

 

Portanto, não percebo o porquê da critica. Se se faz um esforço para ser o melhor possível, critica-se. Se o serviço é mau critica-se na mesma. Que mentalidade...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:41


2 comentários

Imagem de perfil

De HD a 06.11.2016 às 21:28

Há sempre gente insatisfeita e cega no que concerne a valorização do que fazemos de bom neste país!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 07.11.2016 às 23:16

É uma atitude auto derrotista e injustificada que não l3va a lado nenhum. Critica-se por tudo e por nada. Se se faz bem, critica-se. Se se faz mal critica-se...

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Blogs Portugal