Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Coisas do dia a dia

08.10.22

- Há duas semanas, fiquei supreendido quando ao vestir umas calças, reparei que já me estavam apertadas.

O descuido da dieta e do exercício durante as férias já se fez notar. Nem foi preciso ir à balança... 

 

Por isso, nestes dias, foi o regresso às corridas, ao ginásio e à dieta. As refeições da "asneira" ficaram restritas às refeições sociais. 

Notei bem, no ritmo da corrida, quão destreinado fiquei. Mesmo nas pequenas distâncias, muito lento e com vontade de parar. A máquina já está a olear e tem-me valido correr em grupo, senão a desmotivação seria ainda maior.

Por falar em grupos de corrida 3ª feira, véspera de feriado, fui a um em Gaia e passamos ao rio Douro:

pomte dom luis.PNG

- Continuo chocado com a diferença de preços entre a grande distribuição e o pequeno comércio de rua.

Hoje no Continente 4 kiwis custavam 3 €. Na frutaria da minha rua comprei 8 a 2,23 €.

 

- Na Ucrância, continuo chocado com as atrocidades russas que se ouvem à medida que vão abandonando as cidades ucranianas que ocupavam. Relatos demoníacos que podem sair impunes.

 

- No Irão, um eco internacional anormal da repressão e da polícia da "moralidade". A morte da ativista iraninana e (a falta de) resultados da autópsia vêm mostrar ao Mundo, se dúvidas houvesse, dos maus tratos e restrições que as mulheres sofrem nalguns países. De retaliação, o Irão, membro da OPEP,  já cortou a sua produção de petróleo (apoiado pelos restantes países com medo do efeito contágio), fazendo disparar os preços. As nossas gasolineiras já o aumentaram esta semana.

 

- No Brasil, o voto envergonhado na extrema direita levou a uma segunda volta. A grande questão dos brasileiros não sei se é votar no melhor candidato ou no menos mau.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:44


11 comentários

Imagem de perfil

De cheia a 08.10.2022 às 21:01

Os direitos humanos continuam a ser espezinhados em muitos países.
Bom fim-de-semana.
Um abraço
Imagem de perfil

De MJP a 09.10.2022 às 20:52

Assim vai o Mundo!
Boa Sorte para as tuas corridas!!!... Bons treinos!
Boa semana!
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 09.10.2022 às 22:03

No final de setembro, fui ao mercado municipal, comprei um quilo de kiwis a 1,50€.
Estavam verdes, mas meti-os num saco de papel com três maçãs.
Este saco meti-o ainda num saco do pano do pão.
Estão ótimos para comer.
Também na altura comprei figos, que há poucos, para fazer doce, a 2€ o quilo.
Está tudo mais caro, mas mesmo assim, trago o que me faz falta, mas compro aos pequenos agricultores que vão vender para o mercado.
Sem imagem de perfil

De s o s a 09.10.2022 às 22:15

nem a fotografia se salva...já para nao falar na banha-da-cobra ( aqui kiwis )
Sem imagem de perfil

De Pedro Coimbra a 10.10.2022 às 03:45

Os brasileiros estão outra vez a votar CONTRA.
Sempre mau quando assim é.
Imagem de perfil

De Olga Cardoso Pinto a 10.10.2022 às 10:06

Assim vai louco o mundo; mas nada de descuidos na dieta e exercício . Há muito que optei pelas compras no comércio tradicional, de fruta e legumes: mais barato e mais qualidade, pelo menos são nossos e sem intermediários nem químicos (pelo menos por aqui).
Boa semana.
Bjs
Sem imagem de perfil

De Cláudia a 10.10.2022 às 12:15

Também queria ver se voltava às corridas, mas ando tão cheia de tudo, que nem paciência tenho

Bem, realmente... Grande diferença nos kiwis!

Olha, nisso do Brasil disseste tudo. É o menos mau.

Beijocas
Imagem de perfil

De Marco a 10.10.2022 às 13:23

Por vezes vamos às grandes superfícies comerciais em busca de preços mais em conta e é um engano. Infelizmente há gente a lucrar com a crise...
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 16.10.2022 às 18:58

Cada vez infelizmente. Há um claro aproveitamento.
Imagem de perfil

De cheia a 10.10.2022 às 14:08

Muitos parabéns pelo destaque!
Boa semana.
Um abraço
Imagem de perfil

De Andy Bloig a 11.10.2022 às 11:47

A OPEP vai descer a produção é por causa do avanço do Dólar. É que as moedas deles afundaram e com os embargos à Rússia, muitas operações ficaram trancadas, pois os bancos árabes trabalhavam muito com a banca russa e chinesa, para poderem movimentar milhões sem registos.
No Brasil é o mesmo problema que foi nos EUA, Brexit e cá em Portugal: as amostras são feitas com base em grupos fixos. No caso do Brasil é ainda pior pois as grandes cidades são de tal forma diferentes que é fácil encontrar uma zona em que o Lula ganhou com 55% dos votos, ao lado Bolsonaro ganhou com 60%. A principal diferença é a forma das igrejas locais. Onde são os católicos e expressões católicas (há mais de 833000 igrejas e credos registados, no Brasil ultrapassaram os EUA, em em 2021) o Lula ganha, assim como os outros 2 candidatos tiveram muito mais votos nas zonas onde os leigos mais votam. O Bolsonaro baseia tudo na igreja protestante e naquelas variações, como a IURD, que mudam de nome conforme ficam mal vistas por algo sair para o público. São esses que acabam fora das sondagens pois ou são de zonas muito desfavorecidas ou são das zonas muito ricas. Foram esses que deram a vitória ao Bolsonaro. Na 2 volta o maior problema será a abstenção. O Lula é quem mais perde, pois os eleitores do Bolsonaro votam nas igrejas onde vão, o que reduz a abstenção e incentiva ao voto naquele candidato.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.