Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Da homofobia ao sensacionalismo

13.05.20

IMG_20190518_164108.jpg

Hesito em escrever sobre o tema, mas cá vai.

 

Uma frase infeliz, sem ofensa direta, com interpretação dúbia e sensacionalista está a relançar a polémica (mais até que o debate) sobre o preconceito contra a homossexualidade.

Fiz questão de ver o vídeo antes de escrever.

Mais que umas frases fora do contexto, insultos, termos pejorativos e acções violentas não houve no caso dos participantes do programa.

 

Acho que as três situações acima que referi são, sim, as mais críticas. Os caça-likes e sobretudo uma estação ávida por audiências estão a fazer um exagero. A mesma estação em que uma avençada que chamou "paneleirotes" a outros concorrentes e ela por lá continua. Ah, mas nessa altura era líder de audiências. Agora, há que gerar buzz, bater na mesma tecla a semana toda para ver se chove algumas décimas e bolo publicitário.

Não gosto de hipocrisias, nem quero levar este texto para aí, caindo também eu no acessório.

 

Será que uma pessoa que diz que gosta mais de mulheres do que homens tem de ser tão crucificada em praça pública como a caso? Houve discriminação? Houve insulto? Houve rebaixamento?

Lembro-me de um outro blogger que escreveu um sábio texto e que vale a pena ler: LGBTIJKLMNOPQRSTUVWXYZ.... Deixem-me ser Heterossexual.

 

A minha visão: respeito, liberdade e felicidade. Cada um é livre de ter as suas opções e quero é que sejam felizes. Sem violência doméstica. Sem discriminação e sem imposição das nossas escolhas aos outros.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:05


30 comentários

Imagem de perfil

De Triptofano! a 14.05.2020 às 19:50

Obviamente que o alarido faz sempre parte das estratégias para ganhar audiências, para se ser falado, para estar em primeiro lugar no Twitter. Mas a base do alarido é real e não deve ser negligenciada nem olhada de lado, por mais pequeno que possa parecer aos olhos de uns.
Quando se dá o dedo há logo quem esteja faminto de todo o braço, por isso é que é importante às vezes não ceder nem uma unha!
Um grande abraço amigo Último

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.