Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Desemprego no ensino - problema crónico

17.09.16

Unemployment-and-teachers-500x333.jpgTodos os anos desde que tenho memória, que há um desemprego substancial no ensino.

E pior que isso, quem fica colocado, pode ficá-lo a dezenas de quilómetros de casa, perdendo completamente a motivação e saindo financeiramente prejudicado.

No ensino português, o mérito ainda vale menos que a antiguidade e este desemprego reflete a falta de saídas de alguns cursos, que algumas universidades, na lógica do lucro, insistem em abrir dezenas de vagas.

 

Acabei a minha licenciatura há 6 anos em Economia (já passaram 6 anos!) e a opção "Ensino" nem se colocou. As razões foram essencialmente quatro:

i) prefiro a via empresarial por gosto e acho que é o melhor para a minha carreira na fase inicial, quer a nível de desafio, quer a nível salarial, quer a nível de gosto pessoal.

 

ii) a autoridade do professor não é reconhecida na sala de aula. 

Os alunos são cada vez mais desrespeitosos e mal criados.

 

iii) a instabilidade associada à profissão

A possibilidade de ficar sem colocação e desempregado ou longe de casa por um salário relativamente baixo.

 

iv) a desigualdade de condições sem mérito

No ensino as melhores condições de salário, horários e seleção de escola não é por mérito, mas por antiguidade. Na minha escola, isso era visível como a água.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:17


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Blogs Portugal