Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Doce ou travessura

28.10.21

IMG_20180820_173245.jpg

 

Não ligo muito ao Halloween, nesta espécie de Carnaval antecipado.

 

Uma tradição importada que será uma das primeiras festas temáticas pós covid para a maioria das pessoas. 

 

Quem anda no "Doce ou travassura" são os nossos políticos que andam a forçar eleições antecipadas. Nesta fase de recuperação, precisaríamos de uma classe mais unida, com menos arrogância e papo cheio. Discutem-se lideranças (o que é bom haver diálogo, mas em casa em que não há pão, todos ralham e ninguém tem razão).

Não sei o que vai acontecer, mas não gosto desta instabilidade. Estamos com tempos de indefinição, escassez de matérias primas, inflação e em que há muitas incertezas. Uma crise política provocada por partidos que perderam as eleições autárquicas não me parece uma boa previsão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:52


14 comentários

Imagem de perfil

De Zé Onofre a 29.10.2021 às 02:12

Boa noite.
A crise política instalou-se há tantos anos que já nem me lembro de quando foi a primeira, em tempos pós 25 de Abril.
As desculpas são sempre as mesmas. os ordenados não podem aumentar devido à concorrência, externa
Entretanto as empresas familiares, a maior fatia das unidades produtoras, sentem-se sufocadas porque depende.m do que vendem cá dentro.
Os neo Liberais reclamam do excesso de impostos, enquanto nós vemos os seus milhares de milhões de euros viajarem para paraísos mais ou menos tropicais.
Os partidos que se dizem de oposição ao MERCADO SEM REGRAS contradizem-se tentando discutir essas regras, quando sabem , ou pelo menos deveriam saber, que o sua oposição não se faz de verdade nas cadeiras do Parlamento.
Os outros partidos, divergem tão pouco uns dos outros que se atropelam para ver quem faz mais promessas para conquistarem mais votos.O que eles querem é o Poder pelo Poder, querem lá saber do bem estar dos portugueses.
Parece o Vira - "ora agora viro eu/ ora agora viras tu/ ora agora viras tu/ ora agora viras tu mais eu."
No meio desta barafunda que venham eleições. O Povo paga-as, e se não tiram a barriga da Fome, apanham uma pançada de Risonhas Promessas e de Futuros Radiantes.
Para chegar aqui por que carga de água tantos foram torturados, perseguidos, expulsos, mortos?
Dos três DDD de Abril - Descolonizar, Democratizar, Desenvolver, apenas o primeiro se cumpriu - mas agora somos colonialistas por conta de outrem e por esses mesmos colonizados, os outros dois foram adiados para as calendas gregas, ou em português para o dia de S. Nunca.
Desculpe se o que escrevi é mais um longo desabafo do que um comentário.
Zé Onofre
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 30.10.2021 às 19:44

esteja à vontade :) Andamos sempre à volta do mesmo e do velho cartoon - a política e a porca.
Imagem de perfil

De Lobos disfarçados de cordeiros a 30.10.2021 às 20:41

É preciso também falar na crise de valores, na hipocrisia e no povo infantil.

Disse: O que eles querem é o Poder pelo Poder, querem lá saber do bem estar dos portugueses.

Não sei se é bem assim, mas isto faz-me lembrar o que se passa nos blogues e na sociedade em geral. Nos blogues alguns (ao que parece muitos) escrevem textos a mostrarem preocupação com os outros, com o mundo. Mas depois esses assuntos só interessam no blogue deles. Ou seja afinal estão preocupados com eles próprios como seria esperado. Querem lá saber do bem estar dos outros!

Eu detectei isto porque falo em certos assuntos e faço certas criticas. E assim quando vejo alguns desses assuntos nos blogues, comento a apoiar pois é também do meu interesse uma vez que falo neles no meu blogue. Quantos mais falarem, melhor. Mas quando eu digo que também falo nesses assuntos no meu blogue, de repente "por magia" o interesse deles desapareceu. E alguns ainda têm a lata de dizerem que eu quero que vão ver o meu blogue. Veja o nível disto!

Em relação ao 25 de Abril, além do FFF continuar, faltou dizer que a censura continua e parece que ainda pior pois ela agora está nos media/imprensa e os reguladores "fecham os olhos".

Poucos questionam como eles decidem o que devemos e o que NÃO devemos saber. E depois alguns divertem-se a falar sobre os assuntos que eles querem que sejam falados. São "muito" inteligentes!

Também "Risonhas Promessas e de Futuros Radiantes", faz-me lembrar "o país das maravilhas". As "maravilhas" são tantas que até há preocupação com o ambiente, com os animais e com palavras que alguns dizem ser ofensivas, só não há com as pessoas como devia haver. Também o importante para alguns é o "circo", são infantis!
Sem imagem de perfil

De Pedro Coimbra a 29.10.2021 às 02:41

Trick or teat à portuguesa.
Nunca gostei de carnavais, não vai ser agora que vou gostar.
Bfds
Sem imagem de perfil

De Claudia a 29.10.2021 às 10:03

Já estou tão cansada disto tudo, juro-te..

Deviam de sair de lá todos eles.

Todos.

Beijocas
Imagem de perfil

De Lobos disfarçados de cordeiros a 30.10.2021 às 20:50

Mas porque razão os políticos são a "causa de todos os males"?

Porque está na moda e isso interessa aos media pois assim desvia a atenção deles.

Pessoas correctas e incorrectas têm de estar em todo o lado. E claro nos blogues, nos media, no povo em geral.

Quer falar na hipocrisia e nos interesses que vai nos blogues?
Imagem de perfil

De Luísa de Sousa a 29.10.2021 às 14:13

Vamos ver o que acontece daqui para a frente

Beijinhos
Feliz Dia
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 30.10.2021 às 19:17

Mais uma situação a condicionar as nossas vidas.
Imagem de perfil

De Rute Justino a 30.10.2021 às 20:51

Totalmente de acordo!
Imagem de perfil

De cheia a 30.10.2021 às 22:12

Mais uma a juntar às que já temos, e o pior é que as eleições podem gerar uma ingovernabilidade, tanto à esquerda, como à direita. Tudo indica que em janeiro temos eleições.
Bom domingo.
Um abraço
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 31.10.2021 às 10:19

Preocupa-me esta instabilidade e não a compreendo. Parece que foi suscitada pelos partidos da geringonça que perderam as eleições autárquicas. Estou em crer que se vão afundar ainda mais se houver eleições.
Imagem de perfil

De João Silva a 31.10.2021 às 05:33

Honestamente, acho que não foram apenas os partidos derrotados que inflamaram isto. Houve, da parte do presidente dos "afetos", um bater com a porta inadmissível numa altura crucial para todos. Ora se não teve uma ação tão unilateral na altura dos incêndios ou mesmo no pico da pandemia, porquê agora, quando havia hipótese de diálogo? Sede de protagonismo que revela que o discurso da tolerância e do diálogo é uma fachada.
Nada otimista por estes lados...
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 31.10.2021 às 10:15

é uma boa perspetiva, embora o desacordo viesse dos partidos. Se eles não se entendem e querem eleições antecipadas, pode um PR contrariar isso? Ou estaria a passar por cima da assembleia da república?
No meio disto, não acho saudável nem oportuno este ambiente de indefinição.
Imagem de perfil

De MJP a 31.10.2021 às 20:30

Partilho da Tua opinião!... tempos de Grande incerteza...
Cuida-te!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.