Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Dr ou Dra

18.12.18

Lembram-se de há três meses ter desabafado aqui da minha mudança de chefia?

Que o meu novo chefe era amigo pessoal da minha colega e que já se comentava a sua falta de imparcialidade futura...

 

Ora bem, ele vai sair da empresa e levou-a consigo. Assim, no espaço de um ano vou ter a quarta chefia e ficarei o elemento mais experiente da equipa com 11 meses de empresa. A malta que saiu, fui para novos "shared services" e já tinham mais de 6 anos de casa. 

Agora que fiquei obrigado incumbido de organizar a prenda de despedida dela, aderi ao MBWay e muita gente transferiu por essa via.

 

Mas reparei que a maioria dos meus colegas tem o "DR" ou "DRA" no nome da transferência?

Capturar.PNG

 

Vocês também têm?

Será que neste país de "Doutores e Engenheiros" faz jeito ter o título na conta bancária?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:30


40 comentários

Sem imagem de perfil

De P. P. a 19.12.2018 às 01:58

O meu tem e... 2 vezes. Grrr!
Conta aberta para o 1.º ordenado. Isto em 97. Pediram-me qualquer coisa como "honorário". "O que é isso?" - perguntei?. Nada entendi da explicação e disse para colocar o que entendesse. Vivo numa terra de "doutores", próxima da cidade dos "doutores".
De início, admito ter dado jeito. Alguns alunos, quase da minha idade ou a maioria, com diferença de 9 anos, pensava que não tinha formação. Era muito novo e como contratado, não tinha qualquer documento que dissesse aquilo que era. E davam exemplos: "Então o setor X já é tão velho, ainda nem acabou o curso". Que culpa tinha se X tinha ou não acabado o curso? Até era porreiro, e pelo que consta, não tinha problemas com os alunos. Além disso, foi humilde e disse faltarem-lhe disciplinas para a licenciatura, estando ou não a exercer com o grau de bacharel.
Volvidos uns 3 anos, pedi para removerem o meu "Dr. Dr.". Disseram que era impossível. Passaram-se mais uns anos, e obtive a mesma resposta. Finalmente, no ano passado, consegui que colocassem Prof. ... só que o meu cartão ainda tem o raio do "Dr Dr" (talvez se refira à minha experiência com cancros, cá em casa que foi DR^2). Quando renovado, segundo disse a Sr.ª, já virá com Prof.
O que me levou a querer Prof no cartão?
É a minha profissão, detestada por tantos e caso o perca, caso quem o encontre tenha boa fé, torna-se mais fácil fazer com que o mesmo me chegue dado os meus 1s dois nomes, associados, não serem comuns.
Contudo, Dr ou não no cartão, o que me importa é a postura/atitude.
Ainda neste ano letivo, perante uma prof que gosta de ser tratada por "setora", ao chamarem-me "Setor P. V." referi não querer ser tratado por "setor". E disse-lhes que doutores são aqueles que tratam da nossa saúde, entre outras profissões. "A minha profissão é professor, como tal, tratam-me por Prof. P. V." E dei continuidade "E não me importo que me tratem por tu pois não é por isso que têm maior ou menor respeito por mim". Só então reparei que, naquela sala, havia alguém de trombas. Temos pena. Por mim, os alunos utilizavam o nome próprio, com ou sem prof., com ou sem sr (bem, este faz-me muita confusão)
Também no e-mail profissional faço com que, no destinatário conste "Prof". Não pelos pais ou alunos, mas por colegas que esquecem que apesar de mais novo, sou colega deles e mereço respeito. A maioria não tem, por um lado pelas dificuldades em criar um e-mail ou ter mais do que uma conta. Por outro, porque somente o nome esconde traços de personalidade cuja humildade está bem distante.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 20.12.2018 às 00:21

Faz-me confusão como é que profissionais mais velhos têm complexos de superioridade com outros profissionais mais novos, colegas de profissão e a mesma formação académica. Ainda devem viver no século passado!
Sem imagem de perfil

De P. P. a 20.12.2018 às 15:45

Também não entendo e já tive a minha boa dose. Então como pareço mais novo, quando comecei a trabalhar julgavam que era aluno da secundária. Quantas vezes, até 2006/09 ouvi funcionários a dizerem para sair de certa zona pois pensavam que era aluno 🤣 Saudades!
Já dessa descriminação... Nada! Recordo, no meu 2.o ano de trabalho, pois no 1.o só tive a situação com os alunos, ouvir "Como és novito pensava que eras incompetente"... Gente que fez licenciatura "às 3 pancadas".
Curiosa é também a relação de muitos dos professores do secundário para com os dos restantes ciclos, inclusive o 3o. Sentem-se os reis. Penso ainda que, todos os professores deviam ter o mesmo ordenado. Com o decorrer dos anos, menos turmas, por exemplo.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 23.12.2018 às 18:26

Não conhecia essa arrogância dos professores do secundário face aos outros. típico do português.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.