Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Erosão costeira

22.01.18

No domingo, na minha habitual caminhada matinal, deparei-me com obras de defesa da costa junto à praia.

 

Não é de hoje que sabemos que o mar não dá contemplações, sobretudo nos Invernos mais rigorosos.Porém, hoje sabemos que existe um fenómeno chamado aquecimento global, derretimento glaciar e subida do nível médio das águas do mar. Por outro lado, vemos em muitos sítios construções em locais de risco. Tal obriga a gastos públicos e obras de defesa costeira. 

Até que ponto a humanidade consegue-se proteger a si própria?

IMG_20180121_112056.jpg

 IMG_20180121_112120.jpg

  IMG_20180121_112203.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:13


11 comentários

Imagem de perfil

De Carlos a 22.01.2018 às 19:50

Assusta cada vez mais termos noção da realidade!
O mal que fazemos ao nosso planeta ele logo arranja forma de vingança...
Grande abraço e boa semana!
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 22.01.2018 às 20:21

Em Apúlia, no percurso pela praia em direcção a Ofir, a desgraça é igual.
Há casas que mais ano, menos ano, podem cair.
Dá-me uma tristeza!
Imagem de perfil

De HD a 22.01.2018 às 21:16

E em poucos anos... aparecem os perigos... nunca se aprende nada! -.-
Imagem de perfil

De cheia a 22.01.2018 às 21:32

Infelizmente, gasta-se muito dinheiro a tentar travar a erosão costeira, coisa que não está na nossa mão!
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 22.01.2018 às 21:38

A malta quer é que no Verão a praia lá esteja e a erosão não leve as vivendas... O resto é para especialistas...
Sem imagem de perfil

De Cláudia a 22.01.2018 às 22:40

Mas ninguém pensa no resto...
Reciclagem, andar de transportes se for possível, comer menos carne, etc, etc...

Eu sou da opinião de uma professora. Vai haver uma catástrofe natural para a "terra" voltar à sua normalidade.

Beijocas
Sem imagem de perfil

De Magui Ferreira a 22.01.2018 às 23:01

Vivo numa praia que precisa desesperadamente de um esporão a sul.
Há anos que se fala disso, sem nada se fazer, enquanto o mar vai engolindo a praia.
Imagem de perfil

De Gorduchita a 23.01.2018 às 09:56

Confesso que acho que, em determinados sítios, era deixar avançar e pronto. Este dinheiro que se gasta para adiar o inevitável, parece-me um desperdício.
Fosse ele gasto noutras coisas, em prevenção, em meios de salvar o planeta e não de salvar meia dúzia de casas que nunca deviam ali ter aparecido...
Imagem de perfil

De green.eyes a 23.01.2018 às 11:25

Não há duvida que se todos colaborássemos se todos tivéssemos um pouco mais de cuidado ... o mundo seria um sitio bem melhor para viver ... e muitas catástrofes e consequentes obras de restauro podiam ser evitadas
Imagem de perfil

De m-M a 23.01.2018 às 13:13

Que saudades dos passadiços daí... se bem que, por razões óbvias não me aventuro em praias não "modernizadas"...

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Blogs Portugal