Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Há coisas para as quais há sempre dinheiro

10.06.21

IMG_20210414_153504.jpg

Sobre a nomeação de um comentador com doutoramento em Ciências Sociais e Políticas para organização das comemorações de 25/Abril por um ordenado chorudo, manda a razoabilidade avaliar:

- se a pessoa tem competência técnica para assumir a função.

- se a remuneração é justa para o trabalho  e horizonte temporal que vai ter.

- se são mesmo necessários tantos "assessores" para o trabalho.

 

Desconheço as aptidões do senhor em causa, mas vai de encontro ao que sempre escrevi: para assessorias e estudos há sempre dinheiro. Pode não haver para fazer uma paragem de autocarros, pavimentar uma rua, ajeitar o telhado de uma escola, mas para "Honorários" e "Trabalhos Especializados" há sempre. 

 

Se nós formos ver as nomeações políticas de outros "assessores" [jotas] de necessidade dúbia também verificamos que as remunerações estão muito acima da média. 

 

PS: Foi gravíssima a denúncia feita pela CM Lisboa ao Governo russa dos dados dos manifestantes anti regime russo. Se Fernando Medina estivesse menos ocupado em ir a correr para a TVI24 comentar e dar o seu show-off talvez pudesse estar no terreno a tomar decisões. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:20


2 comentários

Imagem de perfil

De Andy Bloig a 11.06.2021 às 10:32

Atenção que o trabalho não é assessoria. É liderar a comissão que irá fazer as comemorações do 25 de Abril em 2024. Será o grupo liderado pelo Pedro Adão e Silva, era o director dos doutoramentos de ciências políticas no ISCTE, por onde tem passado 40% dos políticos actuais (suspendeu os cargos para poder estar a tempo inteiro na organização).
É uma organização que exige alguém com conhecimentos políticos e sociais, além de reconhecer o que se passou em 1974 (os críticos são os mesmos que entregaram um projecto-lei, a 17 de Setembro de 2012, que extinguia o 25 de Abril, como feriado e avançava com uma comissão para remover de todos os livros de história a leccionar até ao 12 ano de escolaridade, sobre o que se passou na noite de 24 para 25 de Abril, em 1974). O ordenado alto será por causa de passar a tempo inteiro para a organização nacional dos festejos.
As principais queixinhas é por causa de ser comentador em 2 programas televisivos, onde participava com representante do PS, algo muito raro naqueles tipos de programas. Veio a reboque da troca de galhardetes entre a Ana Catarina Mendes e o ministro Pedro Siza Vieira, sobre a Ryanair. Como esta parte não teve grande interesse, para os media, lançou-se tudo sobre aquele.
É como agora, o Medina é que leva com tudo em cima, ao mesmo tempo que em Bragança a estrutura do PSD está acusada de doar 200000 euros para um hospital privado e permitir que venham a ter isenções acima de 14 milhões de euros, além da câmara ter declarado interesse público no projecto de uma entidade privada, propriedade de um membro do PSD, que se tentou esconder tendo as acções num fundo imobiliário, em Jersey (Inglaterra)... falhando porque a lei europeia obriga a que os beneficiários sejam declarados ao país de origem.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 13.06.2021 às 20:03

"(suspendeu os cargos para poder estar a tempo inteiro na organização)" - apenas suspendeu após a polémica - mas não está esclarecido se vai abdicar do salário.
Não entro nas tricas partidárias pq há sempre oportunismo. Penso que poderia haver uma pessoa de esquerda e de direita e esvaziava a polémica com uma equipa menor. A remuneração, o tempo e os assessores são exagerados para o que é. Se fosse numa empresa privada, se chegasse aos 1.000 € brutos para liderar um projeto correndo o risco de ser despedido no fim por não haver funções em aberto no fim do mesmo, já ia com sorte...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.