Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Levada das 25 Fontes e Levada do Risco

04.11.20

Nesta viagem à Madeira em tempos de COVID, quais os planos? Aproveitar a natureza! Fazer levadas! Longe de multidões.

Se nos dias anteriores, demos uma volta por algumas cidades,  o Dia 3 foi destinado à Levada das 25 Fontes e como a meio do percurso fomos surpreendidos com placa: "Levada do Risco - 1 km", fizemos as duas na mesma manhã.

As Levadas da Madeira são trilhos na montanha, preparados para levar as pessoas a fazer caminhadas em segurança até cascatas e quedas de água.

 

Levada das 25 Fontes

Levada das 25 Fontes (17).jpg

Localiza-se no Rabaçal, parte sul da ilha, concelho da Calheta.

Da cidade lá é um tirinho, mas sempre a subir e com inclinações bem íngremes. É fácil de localizar o início da levada, pois tem bastantes carros e estacionamento suficiente. O Google é o melhor aliado e o acesso é gratuito.

 

A levada foram 9,5 km e a primeira parte é sempre a descer. A estrada em asfalto e a cancela junto ao "início" deixa adivinhar que um caminho usado por veículos motorizados. Assim, começa a aventura sem muito para ver nesta primeira parte.

Quando começa a parte pedestre, começa a parte mais bonita, no meio da natureza no seu estado puro. Começamos a ver as levadas e os carreiros feitos pelo homem para conduzir a água. 

 

No caminho cruzamo-nos com esta ponte  já feita pelo Homem cuja queda de água que aqui passa e se ouve vem da Levada do Risco (ver abaixo).

 

É perfeitamente seguro, pois nas partes mais estreitas tem sempre cordas com esteios para as pessoas se segurarem. A levada termina com uma queda de água que é qualquer coisa de fenomenal. Encravada numa gruta e com bastante água a correr devido à tempestade "Bárbara", as fotos falam por si.

 

O piso é regular e com baixo grau de dificuldade.

E agora vou ser spoiller: não há 25 fontes...

 

Levada do Risco

No regresso, a meio do caminho, vimos placa  "Levada do Risco - 1 km". Pensamos: já que aqui estamos, vamos lá experimentar e conhecer. O nome engana e o percurso não tem "risco". Andamos um bocadinho, por uma levada bem larga, mas com mais lama e chegamos a esta maravilha:

IMG_20201019_135529.jpg

Na volta, como tudo o que desce, sobe, tivemos que ter força nas pernas para chegar ao carro. 

Uma nota para a limpeza e asseio de todo o percurso: tudo impecável.

Levada das 25 Fontes.PNG

Da mesma viagem:

Partida - O Covid e aeroporto (Madeira e Porto)

Dia 1 - Turistando pela Madeira: Porto Moniz, Ribeira Brava e Calheta

Dia 2 - Turistando pela Madeira: Porto da Cruz, Santana e Garajau

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:06


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.