Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Levada do Caldeirão verde

14.11.20

Dia 4

Se no dia anterior, fizemos a Levada do Risco e a Levada das 25 Fontes, este dia foi dedicado à Levada do Caldeirão Verde.

Levada do Caldeirão verde (27).jpg

Fica localizada em Santana. A rua está sinalizada com placas identificadoras "Parque Florestal das Queimadas". O acesso é feito por uma estrada estreita e sempre a subir. O parque de estacionamento é pago. Foram cerca de 2.50 € por cerca de 4 horas.

Esta levada demorou cerca de meio dia e garanto-vos que vale muito a pena!

 

O início da levada é identificada por esta casa bem característica entre as árvores. Aqui tem um bar de apoio e a bilheteira.

Levada do Caldeirão verde (1).jpg

Nos primeiros metros, encontramos um lago com patos que tem estas casinhas típicas com os seus ninhos.

Daí é sempre a caminhar. Uma beleza indiscrítivel.

O percurso que nos espera são 15 km sendo 7,5 km para cada lado.

É sempre plano e entre árvores, em plena floresta Laurissilva da Madeira. Muito verde e sombra.

Ao longo do percurso, encontramos muitas cascatas e quedas de água.

 

Todo o caminho oferece segurança às pessoas, com esteios e cordas nas zonas mais estreitas. 

 

Vemos levadas abundantes e fruto da chuva do próprio dia, muitas zonas com água a jorrar.

 

Esta levada tem a particularidade de ter 4 túneis! É verdade, são quatros os túneis que os caminheiros têm de atravessar. É preciso lanterna.

 

A meio dos túneis surgem estas janelas que nos enchem de beleza.

Depois de 7,5 km que pareciam nunca mais acabar chegamos ao caldeirão. Aqui, sim, vemos que valeu a pena. Lindo, lindo, lindo.

Duas enormes quedas de água!

Levada do Caldeirão verde (23).jpg

A levada continuava para o caldeirão do Inferno, mas a chuva intensa da tempestade "Bárbara" impedia a passagem em segurança por este rio, tal a força com que a água passava. Mesmo assim, vi corajosos a atravessarem o ribeiro.

 

Não se pode esquecer que estamos a 1.000 metros de altitude em zona de escarpas e de muita água. Levar roupa quente e calçado de caminhada para sujar é altamente recomendável. Roupa curtinha e sapatilhas brancas para fotos é de evitar! Passou malta por mim nesses preparos...

 

Levada do Caldeirão Verde.PNG

Da mesma viagem:

Partida - O Covid e aeroporto (Madeira e Porto)

Dia 1 - Turistando pela Madeira: Porto Moniz, Ribeira Brava e Calheta

Dia 2 - Turistando pela Madeira: Porto da Cruz, Santana e Garajau

Dia 3 - Levada do Risco e Levada das 25 Fontes

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:30


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.