Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mais um alerta vindo de Espanha

03.12.18

Nas eleições da Andaluzia, mais um crescimento da extrema direita. Desta vez em Espanha, aqui ao lado.

114604.jpg

França, Itália, Polónia e Hungria foram os países que inauguraram a viragem à extrema direita.

 

 

As aulas de História mostraram como é que ela subiu ao poder na década de 30, como acabaram e as atrocidades cometidas.

 

Em Portugal, só este ano fomos surpreendidos por facadas nas instituições democráticas portuguesas:

 

- uma deputada a pintar as unhas no Parlamento

(não pediu desculpa nem justificou o contexto)

 

- um deputado com assinaturas falsas no parlamento

(a infractora acusou quem lhe questionou de virgem ofendida)

 

- um presidente de um partido promete uma "banhada de ética" mas tem como vice presidente alguém que foi acusado de comprar votos

(e mesmo assim mantém-se como seu braço direito)

 

- a líder da extrema esquerda perante uma notícia verdadeira do "Caso Robles" atacou o jornal que publicou a notícia

(a liberdade é só quando convém)

 

- um presidente da Câmara na localidade mais afetada pelos incêndios é suspeito de compadrio e encobrimento na atribuição de subsídios e tudo continua como se nada fosse.

 

É triste o caminho para onde a democracia portuguesa caminha.

E, ou muito me engano, se aparecer alguém com pose, imagem e retórica com ideias à Bolsonaro e à Trump, argumentos não lhe faltam. E é triste escrever este post. Porque o risco existe e há culpados. É triste pensar nisto.

[Excluo deste perfil o André Ventura - um adulto que parece uma criança mimada sem credibilidade]

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:40


26 comentários

Sem imagem de perfil

De Nuno a 04.12.2018 às 00:08

O problema é esse mesmo bolso aro era uma criança mimada sem credebilidadevtrump também o era e tsnto andaram que chegaram o de queriam agora tenos por cá um Andre ventura e um one a espreita
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 04.12.2018 às 23:49

O André Ventura está muito ligado a posições extremistas na defesa do Benfica. Os portistas nunca votarão nele. Não ache que vá longe essencialmente por esse motivo..
Imagem de perfil

De #RapazSecreto a 04.12.2018 às 00:14

O mal é que não temos políticos com dignidade para nos governar e isso é triste...
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 04.12.2018 às 23:50

É muito triste. São atitudes que envergonham. Nem todos são assim, mas deveria ser feita uma triagem e haver mais humildade no reconhecimento de erros e melhoria.
Imagem de perfil

De Sofia a 04.12.2018 às 00:45

Infelizmente a política, está mal mundialmente, afectando os países mais pequenos como o nosso!
Lá fora os crimes também passam impunes, mas é uma vergonha nacional, ver o que se passa no Parlamento e ver dinheiro desviado e mal aplicado...
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 04.12.2018 às 23:55

Parece que a cada dia surgem mais notícias que entristecem. Será uma policia mais vigilante?
Sem imagem de perfil

De Pedro Coimbra a 04.12.2018 às 03:37

E são essas facadas na democracia, mais a imigração, que estão a provocar esta subida assustadora da extrema direita xenófoba e racista.
Imagem de perfil

De cristinita a 04.12.2018 às 05:23

Concordo a 100% contigo naquilo a que te referes nesta publicação!! De facto,a política em Portugal leva um rumo mesmo aborrecido,essa é uma grande realidade!! Feliz semana para ti!!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 04.12.2018 às 23:57

Veremos como serão os próximos tempos.
Sem imagem de perfil

De Cláudia a 04.12.2018 às 08:19

Deviam era sair todos de lá e colocar lá pessoas a sério e as que passam mesmo dificuldades....
Faziam-se coisas melhores, penso eu.

Beijocas
Imagem de perfil

De m-M a 04.12.2018 às 10:18

A História é ciclíca.
E infelizmente parecemos estar a regressar há 100 anos atrás... :/
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 05.12.2018 às 00:27

E o futuro imprevisível, mas não otimista.
Imagem de perfil

De Andy Bloig a 04.12.2018 às 17:14

Ainda nenhum autarca foi acusado de fraude (sem ser pelas televisões e jornalistas). Os 3 autarcas estão acusados mas, é noutro processo, sobre a forma de combate aos incêndios e a falta de manutenção das vias, onde não existe nenhuma acusação de burla e/ou fraude.
No das "500 casas recontruídas ilegalmente", as acusações, por agora, são 10 proprietários e 9 advogados, estes indirectamente, por corrupção, participação económica em negócio, burla qualificada e falsificação de documentos.
Foi depois dos advogados, que participaram em milhares de reportagens, terem sido acusados, que a comunicação social meteu o rabinho entre as pernas, assim como a "associação de vítimas mortais" e dos feridos.
Só que os meios de comunicação social são demasiado ESTÚPIDOS e manipulados, que juntam os 2 processos na mesma notícia, muito diferentes na sua forma e conteúdo.
Imagem de perfil

De Andy Bloig a 04.12.2018 às 19:52

Leste mal a notícia...
"Em causa estão factos suscetíveis de integrarem os crimes de «homicídio por negligência e ofensas corporais por negligência»" <- estão lá as razões, dizes que isto é a definição de corrupção e fraude?
Imagem de perfil

De Andy Bloig a 04.12.2018 às 21:36

https://www.tsf.pt/sociedade/justica/interior/pedrogao-grande-processo-sobre-apoios-para-casas-afetadas-com-dez-arguidos-10182986.html
Este é o outro processo, que desapareceu das notícias há 2 semanas atrás... porque os advogados que organizavam a entrevistas e reportagens, foram acusados de participação no esquema de adulteração e falsificação de documentos.
Ainda não está deduzido o processo de acusação e mais pessoas podem vir a ser acusadas, até agora, ainda nenhum autarca ou pessoa em representação pública foi acusado, neste processo.
O CDS e o PSD, com a grande ajuda da comunicação social, é que querem que penses da forma como escreveste... como já ninguém sabe ler um artigo de 10 parágrafos, basta ler o título e está a posição tomada.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 04.12.2018 às 22:47

é uma informação difusa e agradeço o input. Com o esclarecimento vou alterar o post. Não faz sentido ter informação errada depois de esclarecida.

Embora com impreciosismos não altera a crítica efetuada à classe política local, pois há suspeitas de compadrios e encobrimentos.
Imagem de perfil

De Andy Bloig a 04.12.2018 às 23:08

Os 2 processos tem sido metidos no mesmo saco (com a quantidade de reportagens sobre a reconstrução, ao mesmo tempo que o ministério público avançou com a acusação do processo sobre o combate e a falta de cuidado com as matas) pela comunicação social. Quando são 2 coisas diferentes que só se cruzam nos habitantes e membros autárquicos daquela região.

No resto tens razão. É por causa do "desleixo" dos eleitos que muita gente acaba por votar na extrema direita, mesmo que saibam que aqueles vão fazer porcaria. Só que melhor forma tem de punir os "desleixados"? Votar nos tipos que dizem aquelas coisas que se conversa na mesa do café. É isso que está a acontecer por toda a Europa.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 05.12.2018 às 00:13

Olha hoje aconteceu-me uma coisa curiosa. Não tem a haver com isto, mas como tu estás dentro da área exponho-te.
Fui ao Meu Super e a secção de talho é de outra empresa. Só soube porque tive que pagar a carne no talho. Isso já é estranho. Mas não me passaram fatura. Quer dizer não pedi NIF, mas no talão que deram não dizia fatura nem coisa nenhuma "fiscal". Nem sequer o IVA tinha.
Não disse nada porque dizia "Carnes qq coisa" e a probabilidade de dar beneficio é quase nula. Existirá alguma exceção nos talhos para não passar fatura? Ou é por ser dentro de outra supermercado?
Imagem de perfil

De Andy Bloig a 05.12.2018 às 08:40

Podem ser várias situações: o talho usar a balança e fazer um registo das vendas totais ao final do dia, serem vendas à consignação e o reporte é feito para as contas do supermercado ou não chegarem aos 10000 euros de vendas anuais, sendo que se desses o NIF, davam-te uma factura manual.
Lojas dentro de lojas está-se a tornar normal nesse tipo de supermercados. A loja acaba por ser concessionada e quem lá quiser vender. É o franchising do franchising.
Talhos, peixarias, padaria, pastelaria e até perfumes já são vendidos assim, dentro de redes de supermercados. A maioria faz o reporte (tanto podes pagar no próprio sítio, caso não vás comprar mais nada) como podem dar-te um talão e pagares na caixa do supermercado.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 06.12.2018 às 23:20

Deve ser isso então.
Sim as vendas à consignação não me choca. Penso que os livros nas grandes superfícies funcionam assim, mas geralmente pagamos na caixa do supermercado e lá é emitida a fatura, tudo dentro da normalidade para o consumidor.
Neste caso deram um papel com o valor, o peso e a descrição como prova de pagamento.. Mais nada.
Imagem de perfil

De Marta Elle a 04.12.2018 às 20:41

Os políticos deviam ter mais cuidado com as suas atitudes porque sabem que são observados.
O André Ventura criou ou vai criar ( mais ) um partido para encher chouriços.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 05.12.2018 às 00:23

esse senhor não vai longe pq é muito extremista e paranóico nos seus comentários desportivos. os portistas e sportinguistas dificilmente votarão nele. os mais ferrenhos jamais.
Sem imagem de perfil

De Magui Ferreira a 04.12.2018 às 21:42

E a nós, cabe-nos fazer o quê?
Ficar de rabinho sentado a criticar tudo e todos ou tomar uma atitude que impeça chegarmos a esse ponto?

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Blogs Portugal