Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Maus tratos a idosos

09.02.17

Nos últimos dias, foram várias as noticias que davam conta do "desmantelamento" de lares ilegais que surgem após queixas de violência

idosos.gif

doméstica.

 

Estas notícias são uma alerta para a sociedade!

A população está cada vez mais envelhecida e a verdade é que faltam respostas para esse problema. Pinar mais é uma delas. Mas brincadeiras à parte, por todo o lado se ouve que os lares das Santas Casas estão sobrelotados e escusado será dizer quem ganha prioridade na lista de acesso.

 

 

 

Eis alguns tópicos para reflexão:

- Negligência dos familiares

Os familiares, diretos ou indiretos, que deixam os idosos abandonados à sua sorte, mesmo em lares ilegais e sem controlar o seu bom-tratamento, podem ser considerados culpados? Faz sentido criar penas para essas pessoas?

Por outro lado, para quem tem de trabalhar e não tem outro remédio senão deixar alguém a cuidar dos pais, pode ser considerado negligente?

 

- Importância dos idosos

Ser idoso significa ser propenso a doenças, mas também sabedoria. Infelizmente muitos são vistos como um encosto. Temos tanto a aprender com eles ...

 

- O medo da denúncia

A violência doméstica é crime e os maus tratos não têm de ser necessariamente físicos. Estudos mostram que muitos idoso têm pena e sentimentalismo na hora da denúncia, prolongando por isso o inferno que quem toma conta deles transforma a sua vida.

 

- Papel do Estado e Santas Casas

É justo onerar o Estado no envelhecimento da população, porque fazemos descontos ao longo da nossa vida. Infelizmente, nem todos os idosos têm prioridade nos lares públicos que estão sobrelotados (e o factor ordem de chegada não é o primeiro critério). Com tanto dinheiro vindo das raspadinhas e afins, acho que é legitimo exigir às Santas Casas e ao Estado mais e melhores lares. A população está a envelhecer. É um facto. Se há falta de lares, construam-se lares e contrate-se pessoas com formação. A falta de verbas é o argumento mais fácil, mas os jogos da sorte são uma boa fonte (e nacional) de financiamento.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:40


32 comentários

Imagem de perfil

De HD a 09.02.2017 às 21:14

É uma triste realidade, para já sem soluções à vista -.-
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 09.02.2017 às 21:39

Essa falta de soluções é parece ainda não preocupar a sociedade. Uma espécie de miopia.
Imagem de perfil

De HD a 09.02.2017 às 21:41

Sim, a sociedade prefere temas mais modernos e abrangentes...
Imagem de perfil

De Maria Mocha a 09.02.2017 às 21:31

Concordo contigo. Tem que haver mais investimento em lares e profissionais com formação para tratar dos idosos. Infelizmente sabemos que a população ativa que tem idosos na família, com as exigências dos próprios empregos, não consegue tratar deles convenientemente. E é fatal que um dia calhará também a nós.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 09.02.2017 às 21:42

Essa miopia existente torna-se cada vez mais grave com o envelhecimento da população.
Imagem de perfil

De Papagaio Giló a 09.02.2017 às 21:33

Sempre que se dá uma "pinadela"... morre um velho... é isso? LOL
Imagem de perfil

De Papagaio Giló a 09.02.2017 às 21:34

Quanto ao resto... em frente à minha casa há um casal que faz ao vivo aquilo de que te queixas aqui... pouca vergonha! E sem necessidade! São milionários! Não percebo!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 09.02.2017 às 21:37

Há por aí alguns que se gabam de ter a virilidade de um jovem!
Imagem de perfil

De Ladys a 09.02.2017 às 21:33

O preço dos lares "privados" é uma afronta. É tão triste e desesperante quando um familiar que se preocupa não sabe o que fazer, pois tem que trabalhar e não tem onde deixar o idoso que está ao seu cuidado. Algo tem de mudar, criarem mais condições para os idosos, mais lares e até centos de dia. Bjs, Marina
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 09.02.2017 às 21:36

Os preços são exagerados e mesmo assim não se sabe como são tratados.
Imagem de perfil

De A-lupa-de-alguem a 10.02.2017 às 09:24

A velhice, a doença, a solidão é muito triste. O discurso daquele senhor, dono do lar que deu ontem na TVI...deixa qualquer um revoltado...
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 13.02.2017 às 22:40

A frieza e a indiferença pioram o problema.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 10.02.2017 às 09:40

"Por outro lado, para quem tem de trabalhar e não tem outro remédio senão deixar alguém a cuidar dos pais, pode ser considerado negligente?"

E quando os pais eram mais novos e nós crianças?

A velhice é um negócio... é a única coisa boa que parece ter hoje em dia. Existem culturas onde os "anciãos" são respeitados a um nível tão alto que prevalece sobre todos os outros.

Enquanto novos estamos a esquecer que um dia vamos chegar a velhos e, mentalmente, socialmente, economicamente e estruturalmente ainda há muito para fazer...
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 13.02.2017 às 22:40

Pois há e os casos que se ouvem nas notícias dever-nos-iam fazer refletir sobre esse destino e as condições que damos aos mais velhos.
Imagem de perfil

De green.eyes a 10.02.2017 às 10:11

É um problema preocupante ...
Por vezes dou por mim a pensar como será quando eu chegar a "velha" ...
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 13.02.2017 às 22:32

Isso tb me preocupa e estes alertas deveriam servir para todos refletirmos.
Sem imagem de perfil

De Cláudia a 10.02.2017 às 11:08

Eu quando vejo qualquer tipo de maus tratos, idosos, animais, putos, fico doente e fora de mim...

Nem tenho palavras.

Beijocas
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 13.02.2017 às 22:30

EU tb condeno a violência seja em que âmbito for.
Imagem de perfil

De Chic'Ana a 10.02.2017 às 11:17

Não consegui ver a reportagem que esteve há pouco tempo na televisão referente aos maus tratos a idosos, ainda por cima alguns deficientes.. Não pdoem ser humanos, quem faz aquilo são autênticos animais!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 13.02.2017 às 22:28

Mesmo. Fiquei chocado. Mas é importante haver denúncias para alertar para o problema.
Imagem de perfil

De m-M a 10.02.2017 às 12:09

Olha que com a quantidade de bebés que vejo nascer desde 2015, acho que o pessoal já te ouviu ;)

Mas sim, todos os teus pontos tocam no cerne desta grande ferida da nossa sociedade...

Beijinho,

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Blogs Portugal