Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Millennials

09.04.19

mito.PNG

 

 

Hoje em dia, usa-se uma expressão para designar a geração entre os 20 e os 35 anos, que é "Millennials". 

Muito se fala sobre ela, mas penso que é uma faixa etária demasiado grande para estar numa categoria, se é que faz sentido uma "categoria"

Existem caracteristicas em comum nesta faixa etária: o online, as ferramentas informáticas, a mudança e a desmaterialização da vida. 

 

Mas existe uma diferença entre a geração que está a sair agora da Universidade e a geração que já está a trabalhar há alguns anitos: a exposição à crise de 2010-2014.

 

Daquilo que vejo na minha empresa e noutras, existe uma diferença grande na atitude  entre os que começaram a trabalhar antes e depois de 2015, além das personalidades das pessoas.

 

Lembrei-me disto porque vi que a capa da Exame fala sobre os Millennials generalizados e não me parece uma abordagem muito coerente. A revista até fala de "mitos". Nem sei que idade tem o jornalista que usou uma expressão tão forte, mas estamos a falar de pessoas, muitas pessoas e não seres extraterrestres. 

 

De qualquer das formas, quero ler o artigo, ou na biblioteca ou no supermercado, porque 4,60 € é muito caro :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 17:20


26 comentários

Imagem de perfil

De C.C. a 09.04.2019 às 18:19

Já passei essa faixa etária!
Algo que nada tem a ver com o teu artigo...a Farfetch de que fala a revista está instalada cá em Matosinhos e soube hoje que adquiriu um grande terreno para crescer ainda mais!
Sabia disto?
Realmente pelo preço da revista, mais vale lê-la no hiper ou na biblioteca!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 09.04.2019 às 23:08

Por acaso li no facebook. :)
A Lionesa começa a ficar pequena para tanta empresa, embora sei que eles têm um pólo em Guimarães. continuo com o meu ceticismo quanto à rentabilidade da empresa. O tempo passa e só há investimento sem retorno.
Sem imagem de perfil

De Cláudia a 09.04.2019 às 20:08

Não vi, ainda, mas fiquei também interessada.
Mas sim, também concordo que abrange muita gente mesmo.

Beijocas
Imagem de perfil

De Luísa de Sousa a 09.04.2019 às 20:46

Aguçou-me a curiosidade. Vou tentar arranjar a revista!!! Estou curiosa, tenho 2 filhas nessa geração!!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 09.04.2019 às 22:12

Estanho tb nesse lote, acho que vai haver coisas que me revejo outras não, mas a distinção de quem passou e não passou pela crise faz toda a diferença. Não seis e notas isso nas tuas filhas?
Imagem de perfil

De cheia a 09.04.2019 às 21:49

Felizmente, cada vez mais, os portugueses estão preparados para o mercado de trabalho, porque nunca, como hoje, tiveram tanta informação, a um clique da mão.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 09.04.2019 às 22:02

Não diria "preparados" mas acesso. Isso sim, concordo.
Mesmo com o domínio da tecnologia, do inglês, da capacidade de mudança, acho que há a impressão de facilitismo, que a vida real é como o youtube e alguma falta de humildade.
Penso que é comum à geração europeia.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 10.04.2019 às 14:09

Concordo plenamente com isto.
"acho que há a impressão de facilitismo, que a vida real é como o youtube e alguma falta de humildade."
Sem imagem de perfil

De Magui Ferreira a 09.04.2019 às 22:12

Já há muito que passei essa idade.
Não conhecia o termo Millennials, fiquei interessada em ler o artigo, devido às minhas filhas que se encontram nessa faixa etária.
Sem imagem de perfil

De Andreia Morais a 09.04.2019 às 23:05

É sempre uma generalização perigosa!
Até fiquei curiosa com o artigo
Imagem de perfil

De A 3ª face a 10.04.2019 às 01:10

Fiquei curiosa... depois faz o resumo, ok? Também não vou gastar 5 € para ler isso...
Sem imagem de perfil

De Pedro Coimbra a 10.04.2019 às 03:42

As generalizações têm esse problema, metem no mesmo saco coisas e pessoas completamente diferentes.
Imagem de perfil

De Peixe Frito a 10.04.2019 às 09:37

Ainda estou nessa faixa etária mas como me podem considerar millenial?
E sim, eu também sinto essa diferença que mencionas, no carácter de alguns recém formados frente a quem trabalhou na exposição à crise (eu já trabalho na minha profissão desde 2002, por isso... devo uma década) mas isso também advém dos moldes da educação hoje em dia, nas escolas e entidades de formação. Naturalmente, cada pessoa também têm o seu carácter, óbvio! Mas são diferentes.
Se calhar na minha altura, os antigos diziam o mesmo de mim ahah Tudo faz parte. Vamos torcer que seja evolutivo e não com indiferença.
Muita beijocaaaa
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 14.04.2019 às 13:43

Sim, é normal as gerações verem-se de forma diferente. O youtube passa a imagem que tudo é fácil e simples.
Imagem de perfil

De m-M a 10.04.2019 às 09:39

Concordo totalmente!

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Blogs Portugal