Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O estranho regresso da TAP ao Porto

10.09.18

tap_00.jpg

 

A TAP vai reinvestir no Porto, apostando em novas rotas a partir do Aeroporto Sá Carneiro.

Isto dois anos depois dos últimos cortes nas rotas, devido à falta de rentabilidade das mesmas.

Os cortes foram em 2016 e as eleições autárquicas foram no seguinte.

 

Agora, um ano depois essas mesmas eleições as linhas vão ser relançadas. 

Então, se há dois anos não eram rentáveis, agora já são?

 

É muito questionável estas coincidências e as motivações por detrás da decisão das rotas de TAP. Ocorre-me uma palavra: centralismo.

Quem ganhou com esta decisão foram as operadoras privadas e low-cost. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:14


19 comentários

Imagem de perfil

De Marta Elle a 10.09.2018 às 18:19

A CP falou em suprimir comboios. Estará relacionado ?
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 10.09.2018 às 23:35

Penso que os problemas da CP são outros, embora também com politiquisses misturadas.
Imagem de perfil

De HD a 10.09.2018 às 20:51

As manobras habituais de parcerias menos transparentes... -.-
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 10.09.2018 às 23:33

Não dá para perceber, porque a rota do Porto é muito importante. é a segunda maior cidade do país. não é muitor acional esta decisão.
Imagem de perfil

De cheia a 10.09.2018 às 21:12

Jogos políticos difíceis de entender.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 10.09.2018 às 23:33

Parece mesmo haver uma componente política em causa porque noutras rota nãoa conteceram situações destas.
Imagem de perfil

De omeumaiorsonho a 10.09.2018 às 21:44

Muito estranho sem dúvida, existe alguma coisa por detrás disso !
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 10.09.2018 às 23:22

Dá um pouco essa impressão...
Imagem de perfil

De A Hipster Chique a 10.09.2018 às 22:15

Segredos na política...
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 10.09.2018 às 23:18

Dá essa sensação não dá?
Sem imagem de perfil

De Cláudia a 10.09.2018 às 23:06

Estava totalmente a leste nisto...

Beijocas
Sem imagem de perfil

De Pedro Coimbra a 11.09.2018 às 04:45

Em Julho, para me deslocar de Paris para o Porto, e vice-versa, foi a versão rasca da Air France a transportar-me.
Essa das companhias de bandeira já não convence ninguém.
Imagem de perfil

De Andy Bloig a 11.09.2018 às 08:39

A razão até é simples: Lisboa está superlotada e só restam as 3 slots de emergência, em que não é possível aterrar ou descolar aviões comerciais. Entre permitir que o aeroporto opere até das 4 da manhã à 1 da manhã, só com 3 horas de paragem, ou transferir operações para outros lados, a TAP escolheu a segunda, aproveitando os 23 voos diários entre Lisboa e o Porto (incluíndo as operadoras privadas). Com essa opção, dá para irem esperando pelo novo aeroporto no Montijo (se é que vai acontecer... se o governo mudar, a TAP é privatizada a 100% e o novo aeroporto vai para o lixo) e operarem para mais clientes. Fica Lisboa com os intercontinentais (que o Rui Moreira exigia que ficassem no Porto, mesmo que tivesse 32% de lotação média) e os para o norte/centro da Europa, operam a partir do Porto, permitindo transferir slots de Lisboa para outros destinos.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 12.09.2018 às 00:39

ou seja não é pelo porto e pela região norte mas sim por limitações do de lisboa. Há o de beja também, um elefante branco.
Imagem de perfil

De Andy Bloig a 12.09.2018 às 08:37

Se não tem passageiros para as viagens, para que querem ter voos?
Tens o exemplo de Milão, que o Moreira e os seus vassalos tanto gritaram contra a TAP, a Ryanair e a EasyJet também retiraram 1 dos voos semanais, cada, sem que ninguém criticasse.
Agora, se tem 23 voos diários entre Lisboa e Porto, em Lisboa não há mais espaço, no Porto há mais de 140 slots de aterragem e descolagem disponíveis. Se conseguem lá colocar passageiros, que se juntam aos da região, acaba por ser rentável.
Achas que a TAP tirava aviões que dessem lucro? Se existissem as centenas de milhões de passageiros que os tipos aí de cima dizem existir, porque é que as low cost não aproveitaram para ficar com as operações "super rentáveis" que a TAP deixou?
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 12.09.2018 às 22:21

será que agora já dá rentabilidade ou é uma solução forçada pelas limitações de lisboa?
Imagem de perfil

De green.eyes a 11.09.2018 às 11:44

Também li a noticia, fiquei a pensar que "devem ter alguma na manga…"
Imagem de perfil

De Pedro D. a 11.09.2018 às 11:58

Infelizmente o cacique e o lobby faz parte da forma de fazer política em Portugal...

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Blogs Portugal