Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O Metro de Lisboa - experiências

28.08.18

Metro_Lissabon_logo.svg.png

Nestes dias tive que ir Lisboa. Aproveitei as compras antecipadas da CP e paguei apenas 19 €, ida e volta. A viagem correu sem atrasos e supressões.

 

Em Lisboa, andei de metro e deixo algumas impressões

- Tenho uma má impressão do Metro de Lisboa.

Recupero que escrevi em Abril de 2017. Nessa altura, vi um jovem com aspeto de "guna" a forçar a barreira de saída do Metro e o segurança (velhote e a franzino) mesmo à frente, olhou convenientemente para o lado. Parece que o papel do segurança, não é "segurar" nada, mas sim orientar os turistas.

 

- Na Estação de Metro do Oriente, havia cinco pontos de venda automáticos de bilhetes, mas apenas 3 estavam a funcionar.

Não se percebe como uma empresa pública pode ter um serviço sem manutenção em plena mês de Agosto e numa estação tão concorrida.

 

Os cartões Viva.

Mais um cartão. Continuo com a mesma crítica: não percebo porque razão só tem a validade de um ano.

Outra coisa que não percebo é não se poder usar o cartão da CP! Porque não simplificar e criar um único cartão para CP, Carris, Metro do Porto, STCP e outros públicos?

Todos ganhavam: os utentes com menos cartões e menos custos e as empresas com menos software e base de dados.

 

- O NIF na fatura

Dado que em 2018, o IVA dos passes dos transportes públicos são dedutíveis para efeitos de IRS, releva colocar o NIF na fatura.

No metro de Lisboa, já é possível de forma simples colocar o NIF. No final do carregamento, o ecrã questiona a pessoa se quer nº de contribuinte. É muito prático (embora devesse ser questionado ao utente se quer logo associar o NIF no momento da compra do cartão, à semelhança do cartão Continente e do Pingo Doce, podendo este em cada comprar colocar o prédefinido ou outro ou nenhum. Era mais rápido no dia a dia).

O sistema que a CP e a Metro do Porto está a usar, não lembra a ninguém. Extremamente complexa e desincentivador ao pedido da mesma.

 

P.S.: Vou dar esta sugestão para o email do Simplex. Vamos ver se ao menos respondem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:03


34 comentários

Imagem de perfil

De A rapariga do autocarro a 29.08.2018 às 11:18

Os transportes de Lisboa são completamente disfuncionais, não estão nada adaptados a uma cidade moderna como Lisboa é!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 29.08.2018 às 21:31

Ainda há um longo caminho a percorrer, mas sendo a "rapariga do autocarro", não achas que tb há falta de vontade?
Imagem de perfil

De A rapariga do autocarro a 30.08.2018 às 09:50

falta de vontade, falta de visão, falta de interesse! É absurda a forma como Lisboa ocidental está completamente ao abandono em termos de interesse por parte da tutela. Então fartam-se de inventar/programar novas linhas de Metro para as mesma zonas- mas e Alcântara? Campo de Ourique, Ajuda? restelo? não merecem uma linha de metro?
Imagem de perfil

De A rapariga do autocarro a 03.09.2018 às 09:28

É muito pouco para a procura, , e depois para cima, ajuda, Restelo é uma treta!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 03.09.2018 às 23:54

já não tenho conhecimento de causa para responder :)
Sem imagem de perfil

De Carla Brás a 29.08.2018 às 14:54

Adoro o seu blog! Pontos muito pertinentes.
Não faz qq sentido, tb já tinha refletido sobre isso!
Imagem de perfil

De Miguel Alexandre Pereira a 29.08.2018 às 15:14

Andar de metro em Lisboa é uma aventura. As condições são mesmo uma desgraça, é preciso uma grande restruturação para que tudo melhore. Mas, infelizmente, não há interesse nisso...

https://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/
Imagem de perfil

De Andy Bloig a 29.08.2018 às 18:03

As máquinas é normal serem avariadas... se alguma vez fores ao Colombo- colégio militar - estádio da Luz, vais ver uma fila de 8 máquinas e mais 4 de lado. Poucas vezes estão todas operacionais, pois alguém dá cabo da entrada das notas, coloca lá uma moeda de plástico ou pastilha elástica e a máquina fica avariada. Em Sete-rios acontece o mesmo (as máquinas da CP e Fertagus que estão no andar térreo nunca tem esse problema... as que estão na cave é que sofrem).
Quando compras o cartão e carregas dinheiro-bilhetes, ele pergunta se queres o NIF. A partir daí, sempre que uses esse cartão, ao seleccionares que queres o NIF, ele já o tem associado. É só carregares no OK. (Até nem devia voltar a perguntar... só que os cartões podem ser partilhados e outra pessoa querer colocar o NIF deles).
O maior problema é mesmo quando são viagens em vários transportes. Nalguns casos o Zapping é mais proveitoso, noutros fica mais barato comprar o bilhete individual... se se tiver, pelo menos, 1 cêntimo no cartão, já é preciso comprar outro.
O Lisboa Viva (cartão do passe) já funciona como dizes (creio que no Porto não dá que o Navegante é de outra empresa). Só que pagar 10 euros pelo cartão que dura 4 anos, fica muito mais caro do que os cartões. Já enviei, várias vezes, a ideia do cartão renovar por 12 meses de cada vez que fosse carregado, dizem sempre que não é prático.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 29.08.2018 às 21:24

Não sabia que ficava associado automaticamente. tanto melhor.

Eu carreguei o bilhete diario e deu para a Carris, eletrico e Metro (no dia seguinte). Pena que seja só para Lisboa e não se aplique à CP, nem no Porto
Imagem de perfil

De Andy Bloig a 29.08.2018 às 21:35

Para viagens num só dia, em Lisboa, o bilhete diário é económico.
Para a CP há uma versão do diário (creio que custa 9 euros) que dá para toda a linha de Sintra, Cascais e uma outra, que não me lembro.
Depois de registares o NIF, até ao fim da vida útil do cartão (12 meses após a compra) esse cartão tem o NIF associado em todos os carregamentos.
Imagem de perfil

De José da Xã a 29.08.2018 às 20:56

Como dizia o outro do Metro percebo eu.
para além das máquinas avariadas, o maior problema prende-se com máquinas disponíveis só para pagamento com moedas. Notas? Nem pensar.
Abraço.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 29.08.2018 às 21:20

Isso não me apercebi. paguei com o Multibanco.
Imagem de perfil

De m-M a 30.08.2018 às 14:31

Concordo plenamente - as saudades que eu tenho do do Porto...
E o que me doeu no coração quando vi que o Andante se transformou num Viva... :(
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 30.08.2018 às 23:32

Os seguranças do metro são de uma empresa diferente, privada. Experimenta andar em outras cidades e vais ver que o nosso é uma paz :-)

Na Estação do Oriente, por norma estão sempre a funcionar e existe apoio humano que também vende bilhetes...

Empresas diferentes, software diferente e negócios diferentes, algumas empresas de transportes são privadas... Parcerias sim, já o resto. Um ano de validade porque permite não só controlar os cartões activos e penso que mais outras coisas. Li em tempos sobre isso.

NIF na factura é boa ideia, mas porque não como nas portagens?

Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 02.09.2018 às 19:44

Acho que o benefício referido da validade de um ano não supera os custos para os utentes.

Comentar post


Pág. 2/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.