Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O Metro de Lisboa - experiências

28.08.18

Metro_Lissabon_logo.svg.png

Nestes dias tive que ir Lisboa. Aproveitei as compras antecipadas da CP e paguei apenas 19 €, ida e volta. A viagem correu sem atrasos e supressões.

 

Em Lisboa, andei de metro e deixo algumas impressões

- Tenho uma má impressão do Metro de Lisboa.

Recupero que escrevi em Abril de 2017. Nessa altura, vi um jovem com aspeto de "guna" a forçar a barreira de saída do Metro e o segurança (velhote e a franzino) mesmo à frente, olhou convenientemente para o lado. Parece que o papel do segurança, não é "segurar" nada, mas sim orientar os turistas.

 

- Na Estação de Metro do Oriente, havia cinco pontos de venda automáticos de bilhetes, mas apenas 3 estavam a funcionar.

Não se percebe como uma empresa pública pode ter um serviço sem manutenção em plena mês de Agosto e numa estação tão concorrida.

 

Os cartões Viva.

Mais um cartão. Continuo com a mesma crítica: não percebo porque razão só tem a validade de um ano.

Outra coisa que não percebo é não se poder usar o cartão da CP! Porque não simplificar e criar um único cartão para CP, Carris, Metro do Porto, STCP e outros públicos?

Todos ganhavam: os utentes com menos cartões e menos custos e as empresas com menos software e base de dados.

 

- O NIF na fatura

Dado que em 2018, o IVA dos passes dos transportes públicos são dedutíveis para efeitos de IRS, releva colocar o NIF na fatura.

No metro de Lisboa, já é possível de forma simples colocar o NIF. No final do carregamento, o ecrã questiona a pessoa se quer nº de contribuinte. É muito prático (embora devesse ser questionado ao utente se quer logo associar o NIF no momento da compra do cartão, à semelhança do cartão Continente e do Pingo Doce, podendo este em cada comprar colocar o prédefinido ou outro ou nenhum. Era mais rápido no dia a dia).

O sistema que a CP e a Metro do Porto está a usar, não lembra a ninguém. Extremamente complexa e desincentivador ao pedido da mesma.

 

P.S.: Vou dar esta sugestão para o email do Simplex. Vamos ver se ao menos respondem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:03


34 comentários

Imagem de perfil

De Marta Elle a 28.08.2018 às 18:21

Concordo com tudo o que dizes e acrescento que prefiro comprar/recarregar o cartão do metro num guichet, onde sou atendida por um ser humano, do que usar as máquinas. Podia haver ambas as coisas em vez de apenas máquinas de venda automática.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 28.08.2018 às 20:03

A fila do Parque das Nações era bem longa. A maioria turistas que não devem perceber como funcionam as máquinas.
Se houver essa possibilidade é melhor.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.