Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Onde fica o Saldanha?

21.01.19

Com um sábado chuvoso, fiquei por casa e aproveitei para ver as notícias que circulam por aí.

21058032_1qz75.jpeg

Chamou-me a atenção um excerto de uma opinião política, emitida na SIC Notícias, em que uma comentadora insultava a cultura geral de um líder político nortenho sem qualquer argumento ou suporte. Já vimos o preconceito racial, o preconceito de género e assiste-se agora ao preconceito regional...

 

A comentadora questionava se o portuense sabia onde era o Saldanha? E eu pergunto será que ela sabe onde fica a Rua das Flores no Porto? Ou sabe a localização da Casa da Música no Porto? Ou sabe o que é a Cabra em Coimbra? Declarações inóspitas que invadem a televisão portuguesa. Sem qualquer valor acrescentado. Fomenta-se polémicas, guerras e mesquinhez sem qualquer necessidade.

 

Começo a achar cada vez mais que não é quem tem qualidade quem opina, mas sim quem é polémico e tem o factor "c". E podia estar em causa um político, um médico ou outra pessoa qualquer.

 

Coimbra, uma das grande cidades portuguesas, foi noticia este fim de semana. Razão? Um incêndio. Devido a uma desgraça, a cidade mereceu diretos e alertas de última hora. Mas é só por isto que Coimbra aparece...investimentos, provas e outras notícias que mereçam destaque nos media? Na Lousã, existem imensos trails, atividades de natureza e cascatas lindas que as televisões ignoram.

 

Sobre a discriminação regional das televisões, já falei várias vezes dela. A maioria dos programas são feitos a partir de Lisboa. As exceções são a Praça da Alegria , dois noticiários da RTP e os programas populares de sábado e domingo à tarde. Mais nada.

 

Se formos aos canais de TV Cabo, a única exceção é o Porto Canal. E este tem uma programação muito mal orientada. No horário nobre, o canal passa programas de ... vinhos. Que apenas interessam a um nicho muito reduzido. Durante o dia, quando as pessoas trabalham, até tem conteúdos interessantes. Se o Porto Canal tivesse a mesma programação noutros horários, teria bem mais público e influência. O resto das regiões só são notícia quando há tragédias.

 

Este egoísmo e centralismo lisboeta é afunilador de um país unido. E isso é triste. É desanimador. Faz perder a esperança que as coisas mudem e sejam melhores.  Lisboa é capital e o resto é paisagem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:41


43 comentários

Imagem de perfil

De Tudo Mesmo a 21.01.2019 às 19:01

As televisões passam os programas que têm audiências. As pessoas vêem os referidos porque não têm dinheiro para tv cabo, passear ou outras actividades. Isolam-se. Passear é um "luxo": mesmo de transportes públicos é inacessível para muitas pessoas. E viram-se para os canais públicos. A história da "piscadinha". Eu própria não conheço mais Portugal, porque o meu vencimento não estica. Os canais públicos há uns anos passavam programas, a meu ver, interessantes, do género que refere. Safa-se a velhinha RTP2. Programas repetidos, sim, até podem dizê-lo, mas troco-os pelos de audiências. Vale o que vale a minha opinião.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 21.01.2019 às 22:45

A questão do passeio é muito relativa. Não é preciso entrar num avião para o fazer :) Basta Às vezes ir até À nossa cidade mais próxima (a pé se vivermos perto) e passear. Ou fazer uma caminhada no campo :)
A TV portuguesa está acomodada, muito centralista. Ainda por cima põem comentadores/as que ficaram nos 80/90 com uma mentalidade pequena, desinteressante e que não dizem nada de jeito.
Perfil Facebook

De Artur Santana a 22.01.2019 às 21:52

Concordo inteiramente.
Imagem de perfil

De Luísa de Sousa a 21.01.2019 às 19:58

Cada vez as notícias são mais tendenciosas e para servir só alguns.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 21.01.2019 às 22:38

Já para não falar em comentadores/as que ficaram nos anos 80/90, que só dizem disparates e fomentam guerras sem sentido nenhum.
Sem imagem de perfil

De Magui Ferreira a 21.01.2019 às 20:03

Raramente vejo os canais portugueses, aliás, vejo pouca televisão.
Pouco se aprende.
Imagem de perfil

De cheia a 21.01.2019 às 20:37

Em vez de contribuírem para a coesão do país, fomentam guerras Norte, Sul, que no futebol são uma vergonha. Os que vivem da política, que não sabem fazer mais nada, ainda não assumiram a derrota. E, pelos vistos, alguns jornalistas também não. Gosto de políticos sérios, e não vendedores da banha da cobra.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 21.01.2019 às 22:33

Esta comentadora parou no tempo. Um discurso dos anos 80/90. E assim se afasta as pessoas da discussão política com estes disparates.
Imagem de perfil

De HD a 21.01.2019 às 20:40

Que tema mesquinho... critica-se! Não se faz outra coisa :-s
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 21.01.2019 às 22:26

HD, tem de se criticar e chamar a atenção para os problemas. Se não, as coisas não melhoram. Infelizmente, não é criticar só por criticar. Dou exemplos concretos do que está mal e soluções.
Imagem de perfil

De HD a 22.01.2019 às 22:30

Claramente não me expliquei bem, pelo que me desculpo :-)
Referia-me somente à observação da comentadora...
Imagem de perfil

De Marta Elle a 21.01.2019 às 21:03

Há que louvar que alguns canais andam de cidade em cidade a apresentar o seu programa. Tenho ideia que quem faz isso é o Canal 1 e, talvez, a TVI. Já é um começo...
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 21.01.2019 às 22:23

Mas é muito pouco. Estamos a falar de 5h+5h num total de 24h*8 de canal aberto (5%)
Imagem de perfil

De Marta Elle a 22.01.2019 às 15:07

O programa que a Dina Aguiar apresenta ( não me recordo do nome ) dá notícias de todo o país.
Parabéns pelo destaque.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 22.01.2019 às 22:56

É verdade. Mas é feito a partir de lisboa, mais uma vez.
Sem imagem de perfil

De Cláudia a 21.01.2019 às 21:54

Lá está, é por essas e por outras que eu não vejo tv.
Não dão nada de jeito, só desgraças.

E em relação a ser tudo em Lisboa, é verdade. Eu sou de cá e dá jeito, óbvio, mas é verdade sim. Está aqui tudo centralizado.

Beijocas
Imagem de perfil

De Sofia a 21.01.2019 às 23:08

Não digas mal.da minha cidade! O.problema das notícias é que são cada vem mais sensacionalistas.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 21.01.2019 às 23:10

Não critico a cidade. De todo. Gosto muito de Lisboa. Critico o centralismo na capital, que é bem diferente.
Imagem de perfil

De Sofia a 21.01.2019 às 23:13

Se calhar nos outros lados, não tantas condições! O Porto podia desenvolver mais o canal, pelo que dizes.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 21.01.2019 às 23:19

Existem condições e competências para isso. Há é pouca vontade para o fazer :s

O Porto Canal até tem bons programas. O Mentes Que brilham é o maior exemplo. Um verdadeiro serviço público, mas dá a horas que ninguém vê :(
Imagem de perfil

De Sofia a 21.01.2019 às 23:26

A horas que quem trabalha, não pode ver?
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 21.01.2019 às 23:29

Infelizmente sim. Às vezes dá a meio da manhã, outras ao inicio da tarde...
Imagem de perfil

De Sofia a 21.01.2019 às 23:35

Assim é impossível!
Sem imagem de perfil

De P. P. a 21.01.2019 às 23:14

Também temos a LocalVisão, RTV e um de música (estes dois últimos não recebo).
Há quanto tempo já tinha constatado essa forma de discriminação…
Mesmo por aqui, entre Coimbra e Viseu, o facto de eu gostar de dar aulas por terras da Serra da Estrela… Ui!!!
Pois é, embora não seja esta a razão, foi no distrito da Guarda onde encontrei os melhores alunos e que conseguiram um lugar ao sol.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 21.01.2019 às 23:17

essas não conheço, sou sincero. Acho que na minha tv cabo não aparece. Quando fizer o próximo zapping pelos enésimos canais hei-de reparar. Agora estou a assistir o prós e contras.
Se no Porto já me queixo, então no Centro ainda é pior. Viseu ainda é noticia pela feira de São mateus e mais nada. é uma tristeza porque há muitas outras coisas (além das rotundas). Penso que uns jardins suspensos muito bonitos. Uma industria de transportes, de galinhas, da visabeira, florestal muito fortes.
Sem imagem de perfil

De Andreia Morais a 21.01.2019 às 23:47

É esse centralismo que me irrita, porque parece que não há mais mundo!

r: Muito obrigada :)
Oh, que pena!

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Blogs Portugal