Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Pagamento de sacos de papel

10.07.21

A partir de 1 de Julho, também se paga os sacos de papel nas lojas.

 

Não sei até que ponto se está a entrar num extremismo e quase retrocesso de comodidade.

Sou contra o desperdício. Havia situações exageradas de coisas que cabiam num bolso ou numa carteira e dava-se um saco.

Agora, até para a um centro comercial temos de andar com a saquinha atrás... 

Uma das sugestões seria as lojas disponibilizar saco para compras de mais de 1 produto por exemplo.

 

Nem 8 nem 80

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:37


27 comentários

Imagem de perfil

De Maria Araújo a 10.07.2021 às 19:40

Fui a uma loja de marca, vi uns uns sacos de tecido de algodão, à venda por 2 euros, que presumo serem para as pessoas comprarem e usarem nas compras.
Noutra loja onde fui comprar um presente, trouxe um saco pequeno e não paguei nada.
Tem de haver um programa que terá de ser introduzido no computador para debitar-se o saco juntamente com a compra, mas ainda não está activo, segundo a dona da loja.
É mais uma forma de o estado arrecadar dinheiro, porque isso vai funcionar como uma taxa.
Eu tenho vários sacos de compras em saldos e que fiz online e que vinham dentro de sacos de pano, já estão preparados para as minhas compras que não de supermeecado. Para estas tenho outros sacos.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 11.07.2021 às 15:24

Presumo que as lojas de comércio tradicional serão mais "flexíveis" um pouco como já acontece nos sacos de plásticos atualmente. Uma espécie de cortesia da casa. As maiores lojas já não facilitam. Lá terá de ser, andarmos sempre com saquinha atrás.
Imagem de perfil

De cheia a 10.07.2021 às 21:41

O que não é pago fomenta o desperdício.
Bom fim-de-semana!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 11.07.2021 às 15:19

Verdade, daí achar que antes de se entrar em extremos, criar regras de bom senso. Não se pode esquecer qual a utilidade das sacas.
Imagem de perfil

De Andy Bloig a 11.07.2021 às 11:56

Os de papel já os pago há muito tempo.
Sem ser os do pão e os da farmácia, não conheço mais nenhuns que sejam gratuitos. Lidl, Leclerc, Continente, lojas de centros comerciais, lojas dos chineses, lojas de rua, já cobram, entre 10 a 99 cêntimos, pelos sacos de papel. E na altura do Natal, até aqueles saquinhos coloridos já cobram até 4 euros, por juntar um ao artigo comprado, até a nível online.
Há umas semanas usei o Continente online, tive de pagar 7 sacos de papel, para me trazerem as compras. Vieram entregar e qual não foi a minha admiração que traziam 2 sacos de plástico, daqueles grandes. Ao ver o papel, o euro pago pelos sacos de papel, seria carregado no cartão para descontar numa compra seguinte. Ainda perguntei ao rapaz se não existiu um erro, pois aqueles sacos são vendidos a euro e meio nas lojas, disse que não. Que foi para facilitar a entrega, as coisas cabiam naqueles sacos e não vieram os outros.
O que mais me preocupa é os sacos "transparentes". É que ainda não alteraram as regras de higiene nos locais de venda, levar vegetais ou frutas na mão ou juntos com outros produtos, vai dar problemas e até um cliente pode ser multado por transportar algo de forma que não cumpre as normas de higiene. E pagar 33 cêntimos por um saco que se rasga ao cabo de 2 usos (LIDL), é que é um desperdício.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 11.07.2021 às 15:13

Nos supermercados já havia essa limitação, agora é em todas as lojas. Penso que se está a chegar a um extremo desnecessário. Acima de determinado nº de itens deveria ser gratuito.
Os sacos transparentes tbm irão ser cobrados a partir de determinada altura e já não falta muito (não sei se 2022 ou 2023). O LIDL já tem uns sacos de rede reutilizáveis. Ainda no outro dia comprei, mas esqueço-me de os levar. Na verdade já os pagamos porque pesamos a fruta e os legumes nesses mesmos sacos...
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 11.07.2021 às 16:54

Tenho esses sacos de rede do Continente, mas sabe o que faço agora?
Nos mercadinhos, levo vários sacos meus de plástico para a fruta e legumes.
No mercado municipal, faço o mesmo.
Esta semana dei uma grande quantidade de sacos à senhora a quem compro os legumes, e aquelas embalagens de cartão dos ovos.
E ela,e outras vendedoras agradecem.
No supermercado, já cheguei a entrar com os meus sacos, mas não sei se é permitido, porque também me esqueci de perguntar.
Eu lavo todos os sacos de plástico que trago para casa, e guardo-os numa gaveta, outros vão para o carrinho das compras ou nos sacos grandes que tenho do supermercados, que deixo no carro.
Só não sei o que fazer à quantidade de sacos de papel do pão, que trago da padaria.
Antes da pandemia, levava os meus de pano.
Depois, tive que deixar de levar porque era proibido levar.
Antigamente, era eu jovem, havia aqui na cidade um armazém que comprava papel e garrafas de vidro.
Fui lá muitas vezes levar, pagavam algum dinheiro, ao quilo, mas muitas vezes a quantidade era pequena, deixava lá sem receber dinheiro.
A dona morreu há muitos anos, o armazém fechou.
Assim como as garrafas de cerveja que comprávamos no supermercado, e até nos cafés, pagávamos uma tara, o que nos obrigava a devolver as garrafas vazias e a receber o valor que deixáramos de tara.
Vieram as latas de cerveja, as minis ( que não tem tara), tudo isso fez com que as pessoas não se dessem ao trabalho de levar as garrafas ,e causava transtorno às empresas porque nem sempre as grades com as garrafas vazias ficavam completas.
Não sei se, entretanto, alguma coisa mudou.
Se se continua a pagar tara, as pessoas não as levam de volta, preferem perder o dinheiro e pôr as garrafas no vidrão.
Enfim, muito se fez para a comodidade dos cidadãos, mas perderam-se muitos hábitos, também.
Bom domingo



Imagem de perfil

De Andy Bloig a 12.07.2021 às 12:10

Só na farmácia e no pão é que nunca paguei sacos de papel. Nas outras lojas até aquele saquinho igual ao da farmácia (sem a publicidade) custava 10 cêntimos ou tinha de trazer as coisas na mão. Se fosse dos "bonitos", há lojas que chegam a cobrar 3 euros por um saco de papel, que num loja do chinês é vendido por 1 euro, os mais caros.
Imagem de perfil

De Nala a 11.07.2021 às 18:32

Por hábito ando sempre com o meu saco de pano atrás, idem idem para o marido que também tem sempre um com ele e, quando fazemos compras na cidade, vamos de mochila muitas vezes. Igual para as frutas e legumes em que levamos atrás os nossos sacos (excepto se passar numa frutaria e parar para comprar alguma coisa que não tinha previsto mas isso é rarissímo).


Infelizmente, pelo que vejo aqui onde essas medidas ambientais não são novas, quem mais desperdiça é quem vai continuar a comprar sacos. Um bocadinho ao estilo de quem menos dinheiro tem muitas vezes é quem mais leva o carrinho do supermercado a abarrotar de snacks e comida processada... Porque a solução não deve ser proibir ou taxar mas sim inspirar a mudança.

Outro exemplo de política ambiental que me causa urticária: as enormes taxas para os combustíveis. Mas que soluções têm algumas pessoas para irem trabalhar se não for no próprio carro? Eu nasci numa terra onde não há nada e onde passa um autocarro de manhã e um à noite. E que tal investirmos em transportes públicos e torná-los atrativos e vantajosos para o utilizador? Se isso não acontecer as pessoas continuaram a usar os carros sempre... sobretudo fora das grandes cidades.

Mas pronto, eu nunca gosto de me ficar pela primeira coisa que me dizem... tenho sempre tendência a ver o problema a fundo... é um dos meus maiores defeitos.


Em todo o caso beijinhos Último e parabéns pela coragem de colocar questões. E desculpa lá o testamento mas ando farta de bons ecologistas que trocam de iphone todos os anos... Beijinhos
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 11.07.2021 às 19:06

Não tens nada que pedir desculpa :) Os sacos de papel nos shoppings nalgumas marcas fazem parte da experiência. Daí o investimento de algumas lojas nas cores e pegas dos mesmos.
Sobre os combustíveis não há alternativa. Existem poucos transportes públicos. Em Portugal suspenderam-se várias linhas de comboio com critérios muito questionáveis, as poucas existentes registam várias supressões, greves constantes, havendo muito trabalho para fazer.
Imagem de perfil

De Nala a 11.07.2021 às 19:48

Pois exatamente. :) Devia começar-se por aí, digo eu.E olha que não tenho nenhuma ação em fábricas de papel
Beijinhos
Imagem de perfil

De Sandra a 11.07.2021 às 22:36

É tudo uma forma que o governo arranja para aumentar os fundos dos cofres do estado. E quem fica num estado lastimável somos nós. Não sei como ainda não criaram uma taxa para podermos respirar... boa semana!
Imagem de perfil

De Andy Bloig a 12.07.2021 às 12:17

Estas regras são da Comissão europeia... são transversais a toda a Europa. Os intervalos de tempo é que variam conforme os governos. Temos coisas mais adiantadas outras mais atrasadas.
Os vizinhos espanhóis vão levar com um aumento de 20 a 50 cêntimos em cada litro de gasolina e de 6 euros no gás, de uma só vez, algures no próximo ano. Convulsões sociais... Assim como vão ter de obter 36000 milhões de euros, anualmente, nas portagens nas auto-estradas, onde podem usar descontos para veículos eléctricos... tal como cá já pensaram mas, há problemas sobre como fazer esses registos, para não serem abusados.
A união de países muito diferentes, gera ritmos diferentes. Pior na parte ideológica.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 12.07.2021 às 13:14

Parece-me um pouco exagerado universalizar o pagamento. Chega-se a um ponto que se perde o carácter prático de usar um saco.
Perfil Facebook

De Pedro Coimbra a 12.07.2021 às 05:02

Ouça o George Carlin e The World plus plastic.
Há tanto tempo ele previa estes exageros!
Imagem de perfil

De solua a 12.07.2021 às 12:08

Daqui a 1 ano, falamos ;) temos que repensar os nossos hábitos!
Feliz Dia!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 12.07.2021 às 13:13

Vamos ver se muda alguma coisa e se ganhamos alguma coisa com a mudança.
Sem imagem de perfil

De Carlos a 12.07.2021 às 17:47

Olha, excelente tema aqui nos trazes!
Eu sou contra o desperdício e sou completamente a favor da abolição dos sacos de plástico!
Contudo quando percebi que a medida se estendia aos sacos de papel também, já não achei muita piada!
Se vou a um centro comercial como aconteceu este fim de semana, em cada loja teria de pagar o saco, claro que como já tinha comprado um, deu para o resto das compras!
Mas até que ponto me lembrarei de levar sacos quando for ao centro comercial?
No sábado vi um individuo com as roupas na mão a passear pelos corredores!
Se a moda pega!!!
Abraço e boa semana.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 12.07.2021 às 21:03

Acaba por não fazer muito sentido.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.07.2021 às 17:53

O pior é que estão a tentar mudar mentalidades em sacos e saquinhos mas a fruta continua a vir embalada em embalagens de plástico, os iogurtes em embalagens de plastico, os produtos de higiene também..
Em vez de atuarem em grande escala, tentam atuar em pequena escala para nos roubar dinheiro!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 12.07.2021 às 21:04

É verdade. Mas virão mais limitações a esse nível. Já há lojas que disponibilizam sacos de rede (pagos) para evitar o desperdício.
Imagem de perfil

De José da Xã a 20.07.2021 às 21:40

Os ambientalista de cigarro na boca é que são os culpados!

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.