Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Palavra do ano: violência

06.01.20

Várias vezes falo neste tema e no flagelo que existe na sociedade portuguesa.

Os votante elegeram a palavra "violência" como a palavra do ano de 2019.

Uma espécie de memória para as dezenas de mortes vítimas de violência (doméstica).

Fica sobretudo a ideia de uma justiça demasiado benevolente com os agressores. Acordões judiciais que não lembram a ninguém. Tratamento diferenciado por "Doutor" ao agressor e "Bárbara" à vítima não são razoáveis.

 

E insisto que violência não é só um homem bater na mulher.

É também a mulher bater no homem, as agressões contra idosos, de pais para crianças e não é só física. Também é psicológica.

Pode inclusivamente ser extensível aos animais de companhia.

Espero que o código penal reflita as preocupações da sociedade e torne este crime mais punido.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:56


12 comentários

Sem imagem de perfil

De Pedro Coimbra a 07.01.2020 às 02:03

E, no meio de tão dantesco cenário, certas sentenças são absolutamente inacreditáveis.
Aquele abraço
Sem imagem de perfil

De Cláudia a 07.01.2020 às 09:21

Cada vez se vê mais e pior, a malta nova acha que é normal...

Beijocas
Imagem de perfil

De Luísa de Sousa a 07.01.2020 às 12:04

Concordo, violência é extensível a crianças, idosos, animais, homens e não só a mulheres!!!

Beijinhos
Feliz Dia!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 08.01.2020 às 21:56

Espero que algo mude, embora não acredite.
Sem imagem de perfil

De Magui Ferreira a 07.01.2020 às 18:55

Triste e revoltante.
Imagem de perfil

De Zé Gato a 07.01.2020 às 19:27

A lei não existe para educar e moralizar um povo. Mas em alguns caso parece, sendo a violência o melhor exemplo disso.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 08.01.2020 às 21:51

Por vezes são precisas medidas mais graves para acabar com algumas situações. No caso da violência é uma delas. Por vezes parece pouco punida, acabando por prolongar ainda mais o sofrimento da vítima. Ainda por cima é transversal a todas as classes sociais, formação e sexos :/
Sem imagem de perfil

De Andreia Morais a 07.01.2020 às 20:02

É triste que esta seja a palavra do ano. Por toda a tragédia que acarreta e por mostrar o quanto precisamos de evoluir
Imagem de perfil

De Inês Bonfim Madeira a 07.01.2020 às 20:26

O que diz a escolha da palavra do ano sobre a nossa sociedade é preocupante.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 08.01.2020 às 22:20

infelizmente é verdade, mas é algo que já está a causar sensibilidade e isso já é um passo. Agora é preciso passar das palavras às ações.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 09.01.2020 às 22:42

A justiça está muito injusta e se se tratar de separações e com filhos, nos dias que correm e com a moda da guarda partilhada, o pai é o coitadinho, a mãe é a tonta a ressabiada..
Depois vêm os não cumprimentos dele e a justiça continua parcial.
Quanto à violência, estou de acordo. Não é só nas mulheres.
Imagem de perfil

De José da Xã a 16.01.2020 às 21:24

Um flagelo que bate à porta de muita gente.
E ao invés do que muita gente diz é transversal à nossa sociedade.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Blogs Portugal