Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Partilhando uma medida positiva do Lidl

25.07.17

Li esta notícia e não fiquei indiferente: o Lidl vai deixar de comercializar ovos de galinhas de gaiola.

 

Geralmente, costumo ser crítico com algumas decisões, mas quando é para elogiar, também cá estou.

 

Então:

Os supermercados Lidl Portugal deixarão de vender ovos provenientes de galinhas criadas em gaiolas.

Vão comercializar exclusivamente ovos provenientes de galinhas no solo e criadas ao ar livre, no âmbito da sua estratégia global de sustentabilidade.

“Criadas em liberdade dentro de pavilhões, as galinhas no solo circulam livremente, ambiente que salvaguarda uma densidade máxima de nove galinhas por metro quadrado.

Ao contrário das galinhas de gaiola, que têm os seus movimentos limitados a um espaço pouco superior a uma folha de papel A4, não garantindo o simples bater das asas ou até mesmo caminhar livremente levando à restrição severa do movimento”.

 

Não sei como o Lidl vai controlar, mas lá que é um bom princípio, lá isso é.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:38


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Blogs Portugal