Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Prematuridade

22.11.18

No dia 17 de Novembro foi o dia da prematuridade.

Confesso só soube depois de ver o post da Gorduchita.

baby-2717347_960_720.jpg

 

 

Não tenho filhos, muito menos prematuros, mas é uma situação para a qual ganhei sensibilidade depois de conhecer e ouvir o relato de um colega de trabalho.

 

No caso dele, foram os dois filhos gémeos que nasceram muito prematuros ( penso 7 meses). Relatava o pai que as idas à maternidade eram a pior sensação que uma pessoa pode ter. Sem saber se os filhos estão vivos, se estão mortos, se quando não estão no mesmo sítio da última vez o que lhes aconteceu.

A somar, a frieza do pessoal médico, que não querem alimentar expetativas juntos pais.

A mulher, mãe das crianças, entrou em depressão nesse período devido à angustia que sentiu e demorou muito a recuperar, celebrando cada dia de vida uma vitória.

 

Hoje, ambos são autistas.

Penso que é daquelas coisas que só depois de passarmos por elas ou ouvirmos um relato de um pai/mãe que passaram por isso, é que damos valor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:35


24 comentários

Imagem de perfil

De Marta Elle a 22.11.2018 às 18:42

Sei que uma das causas para as crianças nascerem prematuras é a mãe mudar de casa, durante a gravidez.
Quanto aos filhos do teu colega, provavelmente as crianças já eram autistas e não tem a ver com o facto de terem nascido prematuras.
Imagem de perfil

De Gorduchita a 23.11.2018 às 14:22

A mãe mudar de casa? Sério? Não percebo a ligação...

No meu caso, não houve mudanças de casa nem havia fatores de risco associados, mas mesmo assim tive uma super prematura às 25 semanas (6 meses) de gravidez. Felizmente correu tudo bem, e não tive essa má experiência da frieza dos médicos (embora mantenham sempre alguma distância, algo que compreendo).
São processos muito complicados...
Imagem de perfil

De Marta Elle a 23.11.2018 às 14:24

Creio que tem a ver com o stress que acarreta mudar de casa.
Imagem de perfil

De Gorduchita a 23.11.2018 às 14:27

Talvez seja um fator de risco, sim. Especialmente se ainda andar a carregar caixas!
Imagem de perfil

De cheia a 22.11.2018 às 21:50

Sem dúvida. Há muitas situações em que só nos apercebemos da sua gravidade, quando nos calham ou nos passam por perto.
Sem imagem de perfil

De Cláudia a 22.11.2018 às 22:30

Nem quero imaginar o sofrimentos dos pais.
Eu tenho uma prima saudável e já com 21 anos, que nasceu com menos de 500g!

Beijocas
Sem imagem de perfil

De Magui Ferreira a 22.11.2018 às 23:10

Situações dramáticas.
Quem tem filhos saudáveis e nunca passou por isto, nem sabe o bem que tem.
Sem imagem de perfil

De Pedro Coimbra a 23.11.2018 às 01:54

Soube através de um amigo.
Qualquer situação de risco que envolva os nossos filhos é terrível.
E isso é sempre assim, independentemente das idades.
Sem imagem de perfil

De A Desconhecida a 23.11.2018 às 12:19

Caramba... :( E é com histórias destas que ficamos abananados, temos tantas graças a dar!
Imagem de perfil

De #RapazSecreto a 23.11.2018 às 15:04

Não conheço ninguém que tenha passado por essa situação, mas já ouvi muitos relatos. São batalhas muito duras.
Abraço
Imagem de perfil

De Maria a 23.11.2018 às 16:03

A minha primeira afilhada é prematura, mas nasceu com um peso muito bom o que fez que não fosse preciso passar mais tempo no hospital por isso. No entanto ainda hoje quando vejo as fotografias de a pegar ao colo tão pequenina imagino aqueles que ainda ficam na incubadora para aumentar...
Tudo lhe era grande, as fraldas de prematuro, os bodys, as meias calças, tudo.
Pais de prematuros são uns corajosos e uns valentes, assim como eles mesmos, os prematuros :)
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 24.11.2018 às 21:29

Sem dúvida.
A tua afilhada teve muita sorte apesar do azar.
Imagem de perfil

De Hikarry a 23.11.2018 às 17:27

O meu irmão, acho, que nasceu um mês ou dois antes do tempo.
Não me lembro de muita coisa, porque só tinha 4 anos, mas lembro-me das visitas constantes ao hospital e as estadias da minha mãe lá durante dias por causa da epilepsia dele
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 24.11.2018 às 21:25

é um drama a sério. com um mês talvez não seja tão grave, mas antes pode ter consequências graves.
Imagem de perfil

De omeumaiorsonho a 23.11.2018 às 18:52

É verdade acho que só mesmo quando se passa por essas situações se consegue dar o devido valor.
São uns guerreiros!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 24.11.2018 às 21:12

Sem dúvida. Admiro-os e desejo-lhes muita força!

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Blogs Portugal