Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Quanto menos sabemos

20.02.19

nature-254951_960_720.jpg

Seja na nossa vida particular, seja no nosso trabalho, quantas e quantas vezes, sentimos que quanto menos sabemos, mais felizes somos?

 

Este pensamento vem a propósito de umas cusquices que ouvi que preferia não ter sabido. Coisas que sabemos que nos afetam ou nos fazem sentir injustiçados. Ou nem é preciso ir tão longe, factos da vida de outros que só a eles dizem respeito, i.e., ninguém tem nada que saber e muito menos partilhar.

 

Mas até que ponto, estarmos ignorantes, não nos deixa um sentimento de estarmos a ser comidos por parvos? Ou, como diz o povo, o corno é sempre o último a saber...

 

É um pau de dois bicos!

 

Por outro lado, existem aquelas pessoas que fazem questão de nos contar histórias "não oficiais" para testar a nossa reação e nos picar. Por essa razão, recentemente afastei-me de uma pessoa que funciona como um rádio e que mina o meu equilíbrio.

 

É mais forte que eu porque depois fico a cismar naquilo. Por vezes, quanto  menos sabemos, mais liberta a nossa cabeça fica.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:53


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Blogs Portugal