Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Que o Brasil nos ensine o que não queremos

14.01.23

brasilia.webp

 

Foi com horror, estupefação e muito alerta que vi o que aconteceu no Brasil, depois do que já se tinha sucedido no Capitólio nos Estados Unidos.

Um grupo de selvagens, com a cumplicidade de alguns polícias, atacaram as instituições democráticas por não aceitaram a derrota eleitoral.

Um sinal muito preocupante e claríssimo do perigo que é levar a extrema direita ao poder (e depois retirá-la).

 

 São pela democracia para ganharem o poder, com um discurso contra os políticos, a corrupção, pelos valores. Mas depois... são isto, quando o povo percebe realmente quem eles são e os afasta democraticamente. Foi assim com Trump nos EUA, agora assim no Brasil.

 

Deixo mais dois comentários:

- com a crise de credibilidade do governo de António Costa, já vi um amigo a postar uma foto de Salazar a pedir o regresso da ditadura para acabar com a corrução e "mama" - expressão que o próprio usou - como se essa solução onde nada é escrutinadoe  não há liberdade de imprensa não piore ainda mais o cenário.

- é comum ver polícias difundir posts do Chega nas redes sociais. Estão no seu direito, mas noto um descontentamento e uma carência de atenção por parte do poder político na sua proteção. Têm razão nalgumas situações, na minha opinião. Hoje vimos no Brasil polícia a tirar selfies com os criminosos. Que sirva de muito aula para o nosso país e para o choradinho dos sindicatos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:46


4 comentários

Imagem de perfil

De Andy Bloig a 15.01.2023 às 12:19

No Brasil o maior problema são as igrejas. Bolsonaro soube rodear-se de membros de 3 das igrejas evangélicas, para obter (MUITO!!!) dinheiro e ter formas simples de propagar as suas ideias. Cá temos o Chega a usar as redes sociais e a controlar fontes de financiamento ocultas, que operam nas redes sociais, sindicatos, associações e "grupos cívicos". A manifestação de ontem foi engraçada pois de um lado estiveram o BE e o PCP, do outro umas figuras desconhecidas, que lideram os braços mais poderosos do STOP e da Frente Cívica. Vimos pelas parvoíces dos anti-vacinas, como isso funciona.
Nos EUA já é muito diferente. Os malucos que invadiram o Capitólio, já apoiaram o Obama, sentiram-se traídos, quando surgiu o BLM e mudaram de lado. A maioria são conhecidos como os "profetas da desgraça", o pessoal que faz palestras sobre a Terra ser plana, de que os oceanos não tem fundo e de que há et's a governar os países. Nos EUA viu-se um crescimento gigantesco, desses contestatários, desde 2011. As redes sociais puxaram milhões de jovens para essas coisas. E fica bem defenderem a anarquia, pois não precisam de pensar nem perceber um lado.
Cá, felizmente, há muito poucos (e têm crescido muito!!!) nesse ramo e na parte das igrejas, também não são muitos (como se viu pelos "coletes amarelos") e não conseguem ganhar tracção, mesmo adicionando os jovens que são "pela guerra climática".
Com o que se tem passado, até acho estranho não aparecerem por aí uns milhões de milhões de sondagens a anunciar que a direita tem 90% dos votos, que o PS elegia 20 deputados, que a CDU e o BE não elegiam ninguém. Com os media a cobrir a falta de ideias e sem meios para atacar as medidas tomadas, atacam as pessoas. É uma das regras dos extremistas, se não se consegue explicar que aquilo está mal, removem-se as pessoas (quer seja por assassinatos mediáticos, quer seja por crimes violentos).
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 16.01.2023 às 19:02

Dá menos trabalho ser populista , gritar na televisão, nas manifestações e nas ruas, do que ler e pensar por si próprio.
Queria acreditar no futuro mais democrático, mas vejo isto muito mal e mau.
Sem imagem de perfil

De Cláudia a 15.01.2023 às 15:29

Só não sei é onde vamos parar se isto continuar assim.
Mas olha que estas coisas não vão acontecer só lá fora.

Beijocas
Sem imagem de perfil

De Pedro Coimbra a 16.01.2023 às 02:40

Bolsonaro e Trump são dois patifes.
Seguidos por uma cambada de trogloditas.
Não acredito que possa acontecer algo semelhante em Portugal.
Boa semana

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.