Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Serviços Partilhados, cada vez mais

11.12.18

trust-450352_960_720.png

Ontem falei do You vs Doutor e por falar em trabalho e multinacionais, soube-se na semana passada que vem mais uma empresa instalar o seu centro de serviços partilhados no Grande Porto. É a chinesa COFCO.

 

Trata-se de trabalho qualificado (o que é bom) e são cada vez mais empresas a apostar no nosso país.

Razões: estabilidade social, boa formação académica, facilidade de falar línguas estrangeiras (inglês), experiências bem sucedidas e baixos salários.

 

Só nestes últimos 3/4 anos foram várias as multinacionais a reforçarem/implementarem o seu centro de serviços partilhados no Grande Porto. Assim de cabeça: Adidas (Maia), Infineon (Maia), Sodexo (Porto), Natixis (Porto), BNP Paribas (porto), Voltalia (Porto), Faurecia (Feira), HB Fuller (V Conde), Seg Automotive (V Conde), Blip (Porto), Jumia (Porto), Prozis (Maia), Farfetch (Lionesa) e Pentaplast (Lionesa). A Mercadona, Bosch e a Ecco penso que não transferiram os serviços partilhados para cá, apenas centros de investigação e de excelência. Se a estes somarmos os que já cá estavam como as várias Sonae, Nors, Salvador Caetano, NOS, Corticeira Amorim, SuperBock, Monta Engil, etc verificamos uma enorme pressão no emprego nas áreas da Informática, Engenharia e Economia/Gestão/Contabilidade. Como captar e reter o melhor talento?

 

Estas áreas estão a ser muito procuradas e já se começa a sentir uma melhoria dos salários. Nesta fase de implementação, existe a procura por pessoas com alguma experiência, que mudam com prémios salariais. Por outro lado, os recém licenciados/mestres, têm duas características em comum notadas por muita gente: (i) são ótimos no inglês mas (ii) muitos descomprometidos com o trabalho. São a geração pós crise. Eu e vários colegas e amigos já mudamos neste contexto.

 

Para terminar, alguém comentava que o trânsito está cada vez mais caótico no Porto e o facto destas empresas estarem a sair do centro é bom, mas por outro lado há uma rede muito deficiente de transportes públicos. O centro da Lionesa por exemplo, o melhor sucedido espaço de escritórios da região, não tem metro nem comboio. As duas pontes estão completamente lotadas em hora de ponta e é bom começar a pensar nisso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 19:06


20 comentários

Sem imagem de perfil

De Magui Ferreira a 11.12.2018 às 19:30

Esperemos que os baixos salários deixem de ser uma mais valia para a instalação dessas empresas.
Imagem de perfil

De cheia a 11.12.2018 às 21:23

Não podem pensar, só, na captação de investimento estrangeiro, também têm de pensar na construção de infraestruturas.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 11.12.2018 às 22:49

As infraestruturas são importantes se forem úteis. Temos alguns elefantes brancos que estão completamente subaproveitados. aeroporto de beja e múltiplas auto estradas que têm portagens tão caras que ng as usa.
Imagem de perfil

De Sofia a 11.12.2018 às 22:30

Não, sabia que o Porto esyava a crescer a nível empresarial! Isso, mas também é bom que os salários acompanhem e que os transportes e acessos também, vi nas notícias que o metro estava em greve. Os transportes públicos, costumam ser bons dentro da cidade?
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 11.12.2018 às 22:40

Penso que ainda existe a procura está muito centrada na área do IT, engenharia e agora está a chegar à financeira. Sublinho a chegar.
Noto que procuram pessoas com alguma experiência e alguns colegas (já nos 30 com alguns anos de experiência) ou saem a ganhar mais ou encostam a sua empresa à parede para acompanhar o mercado. Nuns resultou noutros não.
O Metro tem algumas limitações. Não serve a Lionesa em Leça do balio, não serve a zona do Avis (na Av. Boavista) e as pessoas têm de levar carro.
Imagem de perfil

De Sofia a 11.12.2018 às 22:48

Achei graça, que no teu constatei algo que já comentei contigo e várias pessoas, " os recémlicenciados, são descomprometidos com o tratado" ou simplesmente, não percebem o que estão a fazer. Aqui em Lisboa, apesar de todos os contragimentos, temos vários transportes.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 11.12.2018 às 22:51

Essa a imagem que está a ser difundida nas conversas de café com colegas e amigos meus. Cada vez oiço isso. A malta que cresceu no mundo dos youtubbers e playstation e não soube o que é a crise está a ficar mal conotada.
Imagem de perfil

De Sofia a 11.12.2018 às 22:58

São irresponsáveis é o pior é que os deixam ser e sobrecarregam, quem realmente trabalha e se preocupa.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 11.12.2018 às 23:00

Não são todos :) mas a maioria não tem muito essa noção. Pela forma como falas pareces já ter alguma experiência negativa. Felizmente ainda não tive. Mas tb não quero ter...
Imagem de perfil

De Sofia a 11.12.2018 às 23:02

Eu trabalho, no público!
Sem imagem de perfil

De Cláudia a 11.12.2018 às 22:50

1º, ainda bem que falaste nessas empresas todas no Norte. A minha irmã está no Porto e já lhemandei a dica =P

2º, é excelente virem essas empresas para cá, mas eu penso que será mais pela mão de obra barata e pessoal qualificado. Basta pagarem um pouco mais, mas bem menos que a média, e ficam todos felizes. Win, win.

3º,a chatice são sempre os transportes. Espero que com esta coisa do novo passe as coisas melhorem.

Beijocas

P.S: Obrigado pelo comentário. Eu já me andava a mexer, no sentido de arranjar outra coisa, e agora ainda mais. Mas estou confiante.
E até já fui ver do curso de Ingês, mas infelizmente pedem sempre coro e cabelo.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 11.12.2018 às 22:54

Tb é verdade. como o nivel salarial é baixo em Portugal é fácil para algumas multinacionais cobrirem.
Imagem de perfil

De Bipolar a 12.12.2018 às 01:59

Efectivamente, o pessoal jovem tem grande quantidade de certas coisas e déficit de outras. A responsabilidade, a meu ver, é uma das que estão em déficit, falando genericamente. A parte realmente triste é que o mercado de trabalho e a sua precariedade parecem adequar-se a essa oferta.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 12.12.2018 às 23:21

Mais recentemente e com a melhoria das condições económicas, as empresas estão a contratar mais para os quadros, mas ainda são uma minoria.
Imagem de perfil

De Bipolar a 13.12.2018 às 00:09

Bom seria se essa tendência se mantivesse de forma a contrariar a tendência para a precariedade a que se tem assistido nas últimas dezenas de anos.
Sem imagem de perfil

De Pedro Coimbra a 12.12.2018 às 03:30

Está na hora de aproveitar os talentos que formamos em vez de os deixarmos sair depois de todo o investimento feito.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 15.12.2018 às 23:00

O trânsito está caótico em todo o lado.
Por cá, quem vive fora, diz o mesmo.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 16.12.2018 às 19:24

A entrada para Braga vindo da EN14 é de desesperar. Em Braga estão tb imensas empresas a abrir e a expandir ...
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 16.12.2018 às 21:48

E segundo se consta, Braga foi uma das cidades que mais brasileiros escolheram para viver e isso fez disparar o movimento no trânsito e nas casas, que poucas há.
Também há bastantes espanhóis, talvez pela Universidade e Instituto de Nano Tecnologia.
Boa semana.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 17.12.2018 às 23:10

A Bosch, Delphi, Primavera,IBM, Fujitsu, Help Desk. Estas empresas são os grandes empregadores em Braga e de pessoas qualificadas (quer dizer a Help desk não sei...), mas que retêm a juventude em Braga. As pessoas vão estudar para a UM e depois ficam pela zona.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Blogs Portugal