Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Só se fala de abstenção na noite eleitoral?

01.06.19

abestenção.PNG

Na noite de eleições falou-se na importância da abstenção a propósito das eleições.

Talvez o único dia em 4 anos --> 1/ 1.460

 

E isso diz bem da classe política portuguesa. Cinge-se à banalidade. Hoje, uma semana depois, já ninguém fala disso. A público, esta semana, vieram casos gravíssimos da promiscuidade política envolvendo câmaras municipais e hospitais pagos por todos nós. Os casos sucedem-se.

 

Por isso, achei uma profunda hipocrisia ouvir os lideres partidários manifestarem preocupação com a abstenção apenas na noite eleitoral quando as câmaras estavam focadas nestes. Na verdade não sei se estão. Vieram com esse discurso porque ficava bonito e de facto é grave. Lembrei-me de imediato do concerto de violino que davam no filme Titanic quando o navio afundava 

 

Ainda em Março, tinha partilhado no blog a propósito de nomeações para cargos empresariais de políticos sem perfil e alertava para a abestação.

 

Quanto a mim, fui votar. Fui cumprir o meu direito e dever cívico. 

Se acredito na classe política? Não. Há as exceções, mas a grande maioria olha para o seu umbigo e sobretudo os seus crimes não são punidos devidamente.

 

Quanto às desculpas do tempo de praia e do futebol, presunção e água benta cada um toma a que quer. Para ambos os lados.

 

Fala-se também da Geração Z que é alheada da política. Ouvi um discurso de um líder partidário na noite eleitoral que é o mesmo discurso de há vinte atrás. Um discurso velho, desinteressante e desatualizado. Não admira que Jerónimo esteja a perder espaço. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:13


27 comentários

Imagem de perfil

De MJP a 01.06.2019 às 19:39

Tens razão no que escreves... é triste... mas é a realidade que temos!
Bom fim de semana!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 01.06.2019 às 19:43

Na noite das eleições legislativas talvez se fala outra vez.
Ainda esta semana, está a haver problemas nos barcos em Lisboa e ninguém dá a cara. Dá-se preços mais baixos às pessoas mas depois não se dá os serviços para poderem usufruir. Que classe política é a que só olha para o seu umbigo?
Imagem de perfil

De MJP a 01.06.2019 às 19:47

Uma classe política que "desconhece" o significado de "exercer um cargo político"... (lamentavelmente, são a grande maioria...)
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 01.06.2019 às 20:06

desconhece e quer desconhecer.
o sistema penal é demasiado brando. há muitas poucas condenações por corrupção e mau uso de dinheiros públicos. mesmo as próprias investigações são muito condicionadas.
Imagem de perfil

De MJP a 01.06.2019 às 20:10

Exactamente!
Imagem de perfil

De Luísa de Sousa a 01.06.2019 às 19:58

Tens toda a razão, é esta a realidade política em Portugal!!!
Que lástima!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 01.06.2019 às 20:07

agora só se fala de abstenção no dia das próximas eleições. até lá, finge-se que não é problema.
Imagem de perfil

De Sofia a 01.06.2019 às 21:10

Lê o meu post de quinta-feira! No caso do PCP, está mais de na hora do Jerónimo Sousa se aposentar.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 01.06.2019 às 21:12

li um, secalhar não foi esse :)
Imagem de perfil

De Sofia a 01.06.2019 às 21:13

Tem a ver com a vergonha, que se está a passar no nosso país!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 01.06.2019 às 21:15

O discurso estava como a cara dele: cheio de rugas.
Imagem de perfil

De Sofia a 01.06.2019 às 21:28

O partido precisa de um lufada de ar fresco!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 01.06.2019 às 21:29

Claramente, mas o delfim bernardino da câmara de loures tb tem contratos manhosos com familiares do mestre jerónimo...
tirando o joão ferreira não há mais ninguém para a renovação.
Imagem de perfil

De Sofia a 01.06.2019 às 21:33


Vai levar tempo a construír! Mas se não iniciam este processo nunca mais muda.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 01.06.2019 às 21:38

o PCP é daqueles partidos que ganha peso quando há desemprego, recessão e contestação. Não é o caso atual e isso justifica resultado eleitorais mais baixos.
Por outro lado tem a força sindical fiel
Mas já nas autárquicas penso que perdeu almada, um bastião importante e com muitos eleitores. A estrutura está velha, os sindicatos é composta por gente velha mas o pcp não acaba mas fica afundado.
Imagem de perfil

De Sofia a 01.06.2019 às 21:58

Eles têm vindo a perder muito eleitorado!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 01.06.2019 às 22:13

Quando o ciclo económico reverter, irão recuperá-lo.
Sem imagem de perfil

De Cláudia a 02.06.2019 às 09:48

Os problemas são os que dizes e não só.
Eu também fui votar, mas as campanha que andaram a fazer foram tudo menos claras.

E o problema é que a continuarem com a mentalidade que têm e a ver as coisas que (não) fazem, cada vez vai menos gente votar.

Mas ficam todos felizes porque ganham...

Beijocas
Imagem de perfil

De omeumaiorsonho a 02.06.2019 às 16:17

Isto cada vez está pior, avizinham-se tempos difíceis!
Imagem de perfil

De cheia a 02.06.2019 às 20:08

Depois, se os partidos tradicionais forem substituídos, por novos partidos, não digam que não foram avisados!
Imagem de perfil

De HD a 02.06.2019 às 21:02

É mais fácil listar as desculpar do que enumerar e tomar medidas combativas para abstenção... :-\
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 02.06.2019 às 21:15

Só se lembram disso em dia de eleições. esta semana foi um desfile de más atitudes :(
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.06.2019 às 22:14

Em Outubro voltaremos ao mesmo!
Imagem de perfil

De P. P. a 02.06.2019 às 22:16

Concordo contigo.
(RE)Acreditar na classe política não é fácil!
Sem imagem de perfil

De Pedro Coimbra a 03.06.2019 às 02:58

Como referi então, e mantenho agora, mais importante que olhar para a frieza e o imediatismo dos números é interrogar-se acerca do porquê de serem esses e não outros.

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Blogs Portugal