Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Somos só memória à espera de não ser esquecida

30.06.20

Hoje foi o funeral do familiar que foi infetado pelo covid. 

Soube-se que hoje que teoricamente estaria recuperado. QUando recebemos a notícia achavamos que era do vírus, pois tinha sido detetado e estava assintomático. Nos dois testes da última semana, tinha dado negativo. Com 94 anos, pode não ter falecido da doença, mas da cura. Não entra para a estatística. Cá em casa apenas a minha mãe foi ao funeral.

Esta semana ouvi na Comercial (parabéns à rádio pela aposta em música nova e portuguesa), a nova da Ana Bacalhau. Chama-se "Memória".

Impossível não escutar a letra:

 

Já não durmo e o tempo aos poucos começa a roubar-me a vida

Tanta porta para entrar e eu quero encontrar a saída

Sinto que eu própria já não me reconheço

E quando escrevo a história, às vezes não me lembro quem era, como era

Somos só memória à espera de não ser esquecida

Chorei no meu ombro ao espelho só pra me confortar No reflexo vejo o medo por pensar em falhar

Eu sou só um corpo que curou todas as suas feridas Mas dentro da minha cabeça tenho a alma destruída

Porque eu sinto que eu própria já não me reconheço

E quando escrevo a história, às vezes não me lembro De quem era, como era

 

Uma letra curta mas carregada. Numa altura em que se fala de depressão, saúde mental e medo quanto ao futuro, está aqui um texto no qual algumas pessoas se podem rever. Não sou médico nem psicólogo, mas pela informação que tenho, o importante é pedir ajuda.

 

Btw, alguém chamou a atenção que numa revista ao lado da fotografia do ator falecido, estava uma promoção a uma faca. Fui ao Sapo Jornais e é verdade. É uma revista da Cofina...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:11


11 comentários

Imagem de perfil

De Nala a 30.06.2020 às 19:47

Os meus sentimentos, Último!
Sem imagem de perfil

De Andreia Morais a 30.06.2020 às 19:57

Lamento! Os meus sentimentos

Esta música está tão especial
Imagem de perfil

De Maria a 30.06.2020 às 20:05

Lamento! Os meus sentimentos.

A letra é forte.
Um abraço
Imagem de perfil

De cheia a 30.06.2020 às 20:11

Os meus sentimentos.
Um abraço
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 30.06.2020 às 20:21

Um abraço.

A letra é muito forte, muito "assertiva" neste tempo que vivemos.

Imagem de perfil

De MJP a 30.06.2020 às 21:16

Lamento a tua (vossa) perda! :(

É uma letra "poderosa" e repleta de sentido!
Fica Bem!
Sem imagem de perfil

De Janita a 30.06.2020 às 23:03

Lamento muito a vossa perda.

Que dele não se pague nunca a Memória.

Um abraço.
Sem imagem de perfil

De Pedro Coimbra a 01.07.2020 às 04:34

Essa foto ganhou o prémio do mau gosto.
A estupidez não tem mesmo limites.
Sem imagem de perfil

De Cláudia a 01.07.2020 às 14:44

Oh meu Deus.. Os meus sentimentos =(

Nunca mais nos vemos livres disto =(

Lamento mesmo.

Bem, que letra fortíssima!

Beijocas
Imagem de perfil

De João Silva a 05.07.2020 às 11:35

Ainda não ouvi, vou fazê-lo quando tiver oportunidade, mas a letra fere de tão verdadeira que é. Quanto ao teu familiar, muita força da minha parte para superar esta fase menos boa.
Que ele ou ela descansem em paz.
Grande abraço.

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.