Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Destes dias - 17 de Abril

17.04.21

- Depois do terramoto do caso José Sócrates e da escolha de juízes feita à medida, vemos agora que 10 deputados vão perder a imunidade parlamentar para serem julgados por darem moradas falsas ao Parlamento, recebendo ajudas de custo indevidas.

Num dos casos, o deputado ficou a viver em casa do irmão (sem despesas de arrendamento e afins), mas deu essa morada para receber ajudas de custo.

Se a isso, juntássemos os estudos de consultoria e pareces para tudo e mais alguma coisa, também haveria muito por onde levantar o tapete...

 

- Esta semana tive que tirar os dias de férias que faltavam de 2020.

sortelha.jpg

 

Devido à pandemia, não arrisquei, fui turistar por Portugal. Aproveitei para fazer um passeio de Primavera pelas aldeias históricas da Beira Baixa.  Em breve partilharei fotos e pormenores, mas por agora, partilho a dificuldade que é fazer fazer refeições fora de casa por estes dias. Se ao almoço, tem que se andar aos achados à procura de uma esplanada, ao jantar ainda é pior. As restrições por mais compreensíveis que sejam vieram abalar fortemente as economias locais e os pequenos negócios. Hoje, sábado, sem esplanadas e com o "take away" para quem anda a viajar das duas uma: i) ou anda com pratos e talheres atrás de si ou ii) não tem outro remédio senão recorrer às multinacionais de fast food, se as houver. Vontade de ajudar o pequeno comércio não falta, mas é uma dor de alma ver tudo fechado.

 

Alguém adivinha onde tirei esta foto?

 

- Parece que foi lançado um novo jornal. Marcadamente político, esperemos que seja um título que resista aos desafios. Porém, é mais um feito da capital e para a capital.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:03

Destes dias

26.03.21

- Os baloiços viraram uma das modas nos últimos anos.

O de Trevim ne Serra da Lousã deu o pontapé de saída.

Nestes dias, colocaram um baloiço na Serra de Negrelos, em Canelas, Vila Nova de Gaia.

Já lá fui visitá-lo:

IMG_20210314_100612.jpg

- Perto de casa, numa caminhada ao almoço deparei-me com esta praga:

IMG_20210316_133006.jpg

Resíduos de obras despejados num terreno baldio. A falta de civismo é gritante. Compreendo que é dificil fiscalizar e multar, mas deveria haver mais legislação e normas nas licenças camarárias às construções. 

 

- A hora ainda não mudou, mas o sunset à beira mar merece sempre uma boa fotografia:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:35

Apontamentos - 27 de Fevereiro

27.02.21

IMG_20180821_162314.jpg

 

Pior que errar, é nãoa prender com os erros...

- Este governo continua com os problemas de comunicação aos seus cidadãos. 

Um Primeiro Ministro e um líder da Oposição (que não mede o que escreve) se refugiam no Twitter e uma Ministra anuncia o princípio e modo do desconfinamento num... Forúm da Juventude Socialista.

 

- Os Açores devem ser mesmo um arquipélago pequena. Afinal parece que as teias de relações familiares também existem em grande dimensão no governo de direita. Para um partido radical que dizia que ia "acabar com os tachos", está  afazer o oposto do que prometeu aos eleitores. Rui Rio deve achar normal (pelo Twitter)...

 

- Quando li nas redes sociais achei que era "fake": um hospital privado em Valongo recusou tratar uma pessoa que caiu nas suas próprias instalações, devido ao arranque repentino das escadas rolantes. Depois de ler a notícia do JN, foi importante saber qual a justificação do Hospital Trofa Saúde.

Apenas passados 3 dias e justificações sem sentido ético e irresponsáveis. 

Ou seja, uma acusação insólita e de egoísmo capitalista não teve nenhuma reação por parte do hospital privado. Nem ao jornal nem sequer no seu Facebook. Um absoluto silêncio. Nem um pedido de desculpa. Pior que errar, é não assumir nem remediar.

Nem quero ser precipitado, mas com a informação que temos, parece ser um caso revelador da maldade de quem dirige o hospital e sobretudo de quem não quer assumir as suas responsabilidades. O que fará ERS? Assobiar para o lado? E o seguro das escadas rolantes? Haverá impunidade onde cada um faz o que quer?

 

- Imaginarium fecha portas e não paga salários

Descontinuar a atividade comercial num país é legítimo, mas mentir aos funcionários e não honrar os seus compromissos legais já é ilegal. Os problemas já vinham de trás e o COVID foi a machadada final na empresa. Não havendo dinheiro, pouco há  a fazer. Resta a esperança de obter alguma coisa da massa insolvente.

E atenção que o setor dos brinquedos foi um dos que beneficiou com o confinamento. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:51

Uma mensagem simpática

06.02.21

145425130_1729865787218690_5977232945157100095_o.j

No Instagram fui surpreendido por esta mensagem do grupo de corrida amador com quem costumava correr antes da pandemia. Desde o Verão que continuo (ou continuava até ao mês passado) com algumas pessoas que conheci aqui.

Nestas alturas em que estamos mais tristes, apreensivos e até solitários, sabe muito bem receber estas mensagens.

Quem a escreveu não sabe quem é a identidade que está detrás da página (ou melhor, quase ninguém sabe), mas mesmo assim não hesitou em partilhar boa energia 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:13

As aparências e os fundos usados pelos comentadores de TV (II)

13.01.21

fundos tv.PNG

Vou voltar a escrever sobre isto.

 

Que mania irritante e vaidosa de algumas personalidades fazerem questão de colocar os seus livros nos fundos do comentário televisivo!

Ninguém vai ser melhor comentador ou manter a avença por ter uma biblioteca atrás!

Por falar em avenças, Susana Peralta já acumula noticiários com programas temáticos. Já Sebastião Bugalho foi "promovido" ao Expresso da Meia Noite e a cronista do DN.

 

Na semana passada vi um deputado do PS que nem conheço a comentar um debate na TVI24 e o Ribeiro Cristóvão na SICN com os seus livrinhos de fundo. Não há paciência.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:24

Roteiro de 2020

31.12.20

2020 foi o ano de muitos desafios.

Porém, no último dia do ano estive a entreter-me no Instagram publicando fotos de alguns sítios, em Portugal, por onde passei. É uma espécie de roteiro de quem procura ver o copo meio cheio de uma das coisas que gosta de fazer: viajar.

Aqui fica o roteiro com legendas:

Todas estas fotos foram partilhadas ao longo do no tag "Turistar" - https://oultimofechaaporta.blogs.sapo.pt/tag/turistar

 

Renovo os votos da última imagem: Que 2021 seja um ano de muita saúde , prosperidade e energia positiva! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:07

As aparências e os fundos usados pelos comentadores de TV

11.12.20

Regressou o confinamento e regressou o campeonato ridículo, bem à moda portuguesa, de ver quem e quais são os livros que os comentadores colocam de fundo nos comentários televisivos.

Este desfile de vaidades, repito, é ridículo. 

 

Não deve ter sido André Ventura quem teve que "corrigir" esse pormenor, alguém acredita que a escolha não é verificada pelos intervenientes. Um elogio público, mais uma vez, a Manuela Ferreira Leite que foi das poucas em no 2º trimestre dispensou este disparate.

Agora, já dá para editar o fundo e escolher um figurativo ou até ocultar o nosso fundo real. Na minha empresa usamos o Microsoft Teams e é muito simples de mudar.

Vi que a economista Susana Peralta já ocultou o fundo do seu escritório. E Susana Peralta deve ser a campeã dos honorários televisivos porque ele está em todas as estações!!! Enfim ...

Aqui ficam os tutoriais.

ZOOM

zoom.PNG

TEAMS

teams.PNG

Simples, não? 

Por isso, sugiro aos comentadores ganharem juízo e deixar as aparências!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:42

Sobre a manifestação dos restaurantes do Porto

14.11.20

Ontem estava a vi uma reportagem da manifestação dos restaurantes no Porto e vi uma pessoa muito exaltada na linha da frente sem máscara. Dei por mim a pensar, será que eram só restaurantes na manifestação?

 

Ou haveria lá anarquistas e negacionistas infiltrados a descredibilizar a manif?

 

Continuo a apoiar a causa dos restaurantes. Não faz sentido um Pingo Doce e um Continente Bom Dia poderem servir refeições e os restaurantes não. Mas discordo totalmente de violência e muito menos anarquistas inconscientes que se aproveitam destes momentos para atacar polícia e lançar confusão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:09

Breves do Último - 12 Nov

12.11.20

IMG_20200510_104805.jpg

 

- O grupo Global Notícias promoveu três mulheres a cargos de diretora de três jornais: Inês Cardoso no JN, Rosália Amorim no DN e Joana Petiz no Dinheiro Vivo. As três vão acompanhar Graça Franco (Renascença) nesta travessia do deserto.

O facto de haver um investidor português ligado à indústria também é bom para: i) o pluralismo e ii) o futuro da imprensa.

Mais ainda trazer também a direção da TSF para o Porto (e manter o JN por cá).

 

- Na 3ª feira mais uma reportagem na SIC sobre a atrocidade que existem nalguns lares portugueses (no caso era ilegal). O facto de aparecem estas reportagens e denúncias em horário nobre é um avanço, mas querem-se consequências práticas para os culpados. Tratam-se de verdadeiros atentados aos direitos humanos.

 

- Rui Rio parece possuído pelo vírus. Primeiro os Açores, o Chega e os tweets infantis de quem não percebe a gravidade do que está a fazer. Hoje o silêncio em torno das medidas contraditórias sobre o comércio. Não é isso que se espera da oposição.

 

- O take away. É absurdo proibir um restaurante de servir refeições nas suas instalações e permitir que um hipermercado o faça a partir das 13h. A restauração tem razão nas queixas de desigualdade que faz perante medidas de um Governo desorientado. Não é fácil decidir, mas há que corrigir os erros.

 

- Sobre a intenção do Pingo Doce querer abrir às 06h30m e não querer pagar as horas extras aos funcionários é bem revelador do espírito ganancioso do Grupo. A parte do abrir cedo não me choca. As razões são razoáveis. Agora pagar com banco de horas não está correcto. Muito menos ao domingo e em tempos que todos temos que fazer sacrificios. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:54

Destes dias - 19 de Setembro

19.09.20

IMG_20200101_115228.jpg

Enquanto penso no que escrever, lembro-me deste dia: 1 de Janeiro de 2020. Primeiro banho do ano. 

Se nesta data, imaginamos o que iríamos passar o que passamos e que iremos passar...

Será que este banho trouxe um ano abençoado, dentro do possível, a estes corajosos?

 

Enquanto adaptamos o nosso quotidiano ao aumentos dos infetados com o vírus, assistimos a novas desenvolvimentos da Operação Lex, mostrando o carácter de alguns juízes e dirigentes desportivos. Precisamente os mesmos a quem António Costa, primeiro ministro em funções, manifestou apoio e que são suspeitos de corrupção e manipulação sobre juízes.

O presidente da República parece que "obrigou" Luís Filipe Vieira a criar alguma decência nas suas listas. Independentemente de cores, seria bastante útil, ético e desejável, legislar sobre esta segregação. Está mais que visto que há pouca vontade e sobretudo interesse, mas tem de ser.

 

Mudando de tema, voltou a chuva. 

O Outono está aí.

As folhas vão começar a cair, a escurecer mais cedo e o regresso a uma rotina que forçadamente perdemos. Regressou também o trânsito (honestamente já não sei se é mau...)

Vem também uma enorme incógnita e já se falam dos planos para o Natal. Daqui a 3 meses é que vai ser o GRANDE desafio. Jantares de Natal proibidos, shoppings com muitas limitações, muitas quebras na faturação, empregos temporários inexistentes, muita solidão, famílias afastados com restrições de circulação... Vai ser diferente e espero que se comece a pensar nisso...

 

Do meu hobbie, a horta, depois da colheita, na semana passada transplantei uns pés de couve galega que tinham nascida já da sementeira de 2020 que colhi em Junho! Esta chuvinha veio mesmo a calhar. Entretanto, os meus amigos predadores caracóis, devem estar a aparecer ...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:31


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.