Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Cosmética na visita de Angela Merkel

31.05.18

Vi uma reportagem da visita de Angela Merkel ao Porto e houve várias coisas que chamaram a atenção.

 

- Visita ao Porto

Incluir uma cidade que não Lisboa numa visita de estado é novidade. Portugal não é Lisboa. Existe mais país.

 

- A cosmética da amostra

Foi à Bosch, a laboratórios cientificos, passeou pelo Porto e ... o resto do país? O Portugal profundo? O Portugal que foi incendiado em Outubro? 

Ainda assim, concordo com os exemplos mostrados.

 

- A língua

Não percebi a razão de falar alemão, quando muito pouca gente sabe falar alemão em Portugal.

Vá lá, que António Costa também falou na língua nativa, mas haveria necessidade de tradutor se fosse o inglês?

 

- O fecho da ponte D. Luís

O turista e morador comum tem que ir nos passeios curtos e perigosos da ponte. Para a visita de estado fechou-se a mesma. Mais um exercício de cosmética, numa altura em que surgem cada vez mais queixas do perigo dos passeios.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:24

Badalhoquice

24.04.18

Sabado fui levantar dinheiro a uma agência de um banco que fechou mas mantiveram a caixa Multibanco. O cenário é este:

IMG_20180421_171013.jpg

 Não são precisas muitas palavras para tanta falta de civismo, mas será que alguém já pensou na confidencialidade de informação?

O mesmo badalhoco que não quis sair pela porta e deitar o papel no caixote do lixo mesmo junto à porta (vê-se da foto) é o mesmo que partilha toda a sua informação bancária com qualquer mal intencionado que leia o papel.

Nas compras online, nem todos os cartões têm ativa a validação da transação por SMS, por isso o badalhoco que atira o papel para o chão, nem sonha nos riscos que corre. 

Quem anda à chuva, molha-se #vergonhaalheia

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:15

A aplicação dos fundos europeus

23.04.18

IMG_20180408_124151 - Cópia.jpg

 Um estudo do Eurostat demonstrou que apesar dos rios de dinheiro que a União Europeia enviou para Portugal, o país não os conseguiu capitalizar e em vez de convergir, divergiu. Ou seja, as regiões mais pobres em vez de se aproximarem das mais ricas, ficaram mais distantes.

 

É inegável que tem havido progressos no país mas várias razões o explicam:

- investimentos centralizados nos grandes centros urbanos

- investimentos desenhados em gabinetes e por pessoas pouco conhecedoras da realidade

- falta de controlo (muitas vezes por conveniência) da aplicação dos fundos,

- gastos que vão apenas para os bolsos de alguns (incluindo os restaurantes com lagosta e os stands da Porsche)

- cultura de corrupção e más práticas (em que alguém lucra) na gestão autárquica e na troca de favores

- No caso das auto estradas, elas até foram feitas, mas são tão caras que as pessoas não as conseguem usar. Diga-se que as grandes construtoras dominam os dividendos distribuídos pelas concessionárias em regime de PPP.

 

O país que está tão preocupado em antecipar dois anos, a mudança de sexo para os 16 anos, é o mesmo país que acha normal a má utilização das viagens pagas a deputados insulares ou aos ajustes diretos a empresas de deputados e vereadores municipais.

Ainda hoje o JN traz vários exemplos disso, mas a prioridade é a vitória do Benfica.

Com tão pouco espírito crítico, como podemos viver melhor?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:56

Atentado no Afeganistão, onde estão os "Pray"?

22.04.18

Ontem morreram 57 pessoas civis num atentado terrorista no Afeganistão, que já foi reivindicado pelo Daesh.

Houve 119 feridos também civis.

Não vi o feed do Facebook com bandeiras do Afeganistão, nem ninguém com o  "Pray"  nem o #jesuisAfeganistan.

Ah, foi no longínquo mundo árabe, terra do Bin Landen, dirão uns. É normal, são uns bombistas, dirão outros... 

 

Sabia que já tinha escrito sobre esta hipocrisia. Foi em Dez/16. Hoje escrevo outra vez.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:21

Publicidade à solidariedade

11.04.18

Após ler este post do Andyblog fiquei mais esclarecido sobre a consignação de 0,5% do IRS.

No entanto, faz-me confusão instituições que gastam dinheiro que anúnicios publicitários a mostrar o seu NIF para contribuir.

 

Ora se me pedem a minha solidariedade, faz sentido que se gastem dinheiro em jornais e televisões?

 

O exemplo que vi o anúncio da Fundação Sporting na sportTV (não foi na SportingTV!). Acredito que não seja caso único.

Fundação-Sporting-e1455106775328.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:19

Dificuldades no arrendamento

11.03.18

Desde Janeiro, data em que mudei de emprego, que ando à procura de um T1 no Litoral.

 

- Cenário de sábado - raio de 2km de Vila do Conde

VC.PNG

- Cenário de sábado - raio de 10 km de Vila Conde

VC0.PNG

Conclusão: não há oferta e a que há é muito cara. 375 Euros por um T1 na Póvoa de Varzim o mais barato?! 

Se entrar no anuncio ainda fico a saber que nem roupeiro embutido sequer tem.

 

Mantenho-me no meu onde pago bem menos, com recibo, mas com uns minutos de estrada nacional pela frente. Até arranjar melhor, tem de ser! 

 

O mercado de arrendamento está muito escasso, sem oferta e é quase inacessível. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:49

A médica e a idade

06.03.18

Estava a ler este post da Margarida e lembrei-me da conversa "inesperada" que tive com a médica do trabalho na consulta de admissão em Janeiro.

 

Diz-me ela:

"Sabe, está a entrar nos 30, e tem de ter cuidado com o que come, pois a sua propensão para diabetes, hipertensão e afins começa a aumentar. Tem de ter cuidado com o que come, atividade física e fazer a análises periódicas.

 

Bem ... a malta gosta de nos lembrar que estamos a ficar mais velhos. Porquê????? 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:07

O futebol está maluco

18.02.18

Há dois anos falei no blog nos valores exorbitantes que as operadoras Meo e NOS estavam a oferecer aos clubes de futebol pela transmissão dos seus jogos. Ainda por cima, quando sabemos que essas empresas praticam baixos salários, fomentam a precariedade nos call centers e no caso da Meo despediu pessoal. Para o futebol há sempre dinheiro.

Há cerca de meio ano, falei aqui nos valores exorbitantes com que jogadores de 16 a 20 anos estavam a ser transferidos para clubes europeus. Valores que chegam a ser surreais numa fase tão precoce da carreira e alguns jogadores ainda na adolescência.

Hoje falo do discurso cada vez mais incendiário e arrogante com que alguns dirigentes invadem os media. Discursos de ódio, extremistas e antidemoecráticos. Quanto mais alto se sobe, maior a queda.

 

Não quero dar mais importância às coisas do que aquilo que elas não têm.

O futebol está a deixar de ser um espetáculo para se tornar um negócio que se vai vitimar a si próprio. Pessoas que só pensam nos lucros sejam económicos, seja de ego vão destruir o desporto. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:11

O silêncio sobre a poluição do Tejo

25.01.18

 

27066832_1689182894472056_2108783559667387619_n.jp

Sobre a Super Nanny toda a gente fala, toda a gente critica, os caça likes e pseudo-humoristas fazem ruído, mas sobre o atentado ambiental do Tejo esta manhã, nem uma noticia (basta ver as home page dos jornais), nem um comentário. 

Até nos blogs se vê a diferença no nº de posts.

Tudo muito silencioso. Excessivamente silencioso.

 

Isto faz-me pensar... até que pontos as redes sociais tornam-nos menos críticos e nuns followers de trends com todos os interesses inerentes.

Esta crítica aplica-se a todos nós cidadãos, bastonários disto e daquilo, ordens profissionais, comissões de proteção, etc etc.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:32

Disparates nos comentários do blog

28.11.17

Em 2 de Agosto publiquei um post sobre o crédito ambiental que o Planeta Terra tinha atingido para o ano de 2017.

ufpp.PNG

 

Hoje podia falar-vos que esta seca já reflete os juros que temos que pagar por estarmos a consumir mais do que aquilo que os nossos recursos permitem, mas não.

 

No sábado, um "Anónimo" escreveu dois comentário iguais em que se disponha ajudar-me com um crédito "instantâneo" com taxas de juro reduzidas, bastando mandar um mail que ele incluiu no comentário.

 

Neste benevolência, qual o maior disparate?

  • fazer uma busca no google por "cartão de crédito" e publicitar na primeira coisa que aparece?
  • num post sobre "crédito ambiental" publicitar "crédito ao consumo"
  • fazer publicidade gratuita e irresponsável no meu blog
  • publicitar em 25/Nov num post de 2/Ago

 

Já vos aconteceu isto?

Se não aconteceu e se tiverem um post com "Cartão de crédito", cuidado!

P.S.: Naturalmente, que mal vi este disparate, apaguei-o imediatamente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:04


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Blogs Portugal