Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A Cristina e a Serena

18.09.18

Cristina Tavares.

cortiça.jpg

 

Este é o nome da mulher cuja Justiça obrigou o seu patrão a indemnizá-la e reintegrá-la na Empresa.

Como vingança, a empresa terá obrigado a laborar nove horas de trabalho sem sair do sítio, a arrumar sacos de 15 a 20 kg e sem acessos a áreas comuns como o WC e o estacionamento.

 

Quem conhece o "patrão" corticeiro português na zona de Santa Maria da Feira, sabe a sua fama de pagar pouco e querer muito, embora não conheça a empresa em concreto e não querer tomar a parte pelo todo. Da administração da Empresa, ninguém deu a cara, atirando o "diretor financeiro" para os jornais, que nega. Onde há fumo, há fogo.

Nas redes sociais pouco se fala.

 

Serena Williams.

Tenista famosa, acusou o árbitro de sexismo e discriminação, quando os factos que deram origem à punição prevista nos regulamentos foram confirmados.

As redes sociais estouraram, aparecendo logo os extremistas.

 

Dois pesos e duas medidas para duas situações que são diferentes, mas que colocam a sociedade nos extremos. Num de crítica, noutro de indiferença. 

Porque é que aqueles que saltaram a criticar a tenista, agora não postam a defender a fragilidade de Cristina? Quantas mais trabalhadores sofrem estes tipo de assédio/bullyinhg e não fazem notícia?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 18:02

Este anúncio é (mesmo) do IEFP

26.09.17

Ontem fui ao supermercado e estavam a distribuir um jornal regional. Houve um anúncio nos classificados que chamou a atenção.

iefp.jpg

O IEFP pagou para publicar vários "anúncios" de emprego. Várias questões me assaltam:

 

- Faz sentido o IEFP (organismo público) pagar a jornal (organismo privado), com os meus impostos, um anúncio para vários empregos?

- Será inocente um anúncio destes na véspera de eleições autárquicas?

- Será que existe tanto défice de oferta que não haja ninguém para empregado de mesa?

Não estamos propriamente com desemprego zero para não se encontrar ninguém nesta zona para estas vagas que justifique um anúncio, pago, num jornal?

- O que será um "ajudante familiar"?

- Todas estas profissões exigem pouca literacia. Algumas são mais técnicas (costureiras, por exemplo), mas para nenhuma é necessário licenciatura... A ideia que tenho é que os empregadores recorrem mais ao IEFP para profissões menos qualificadas, onde há mais desempregados e onde conseguem mais apoios. Mas ainda assim não percebo a necessidade de pôr (e pagar) um anúncio no jornal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:54

O provincianismo em torno de Madonna

20.09.17

Fala-se da Madonna como se fosse a última coca cola do deserto.

 

Ontem, o noticiário da SIC fez uma longa reportagem, qual TV 7 Dias ou TV Mais, com os sítios onde Madonna já foi em Portugal, num estilo voyeurista e para encher minutos. As redes sociais, por sua vez, diabolizaram a cantora por ter os filhos a pisar a relva de um jardim nu. Este site do Jornal de Notícias e as suas fontes não identificadas até foi mais longe...

 

Que país é este que se preocupa com estas questões pequeninas e engrandece estes minutos da atenção mundial, quando:

- somam-se casos de nomeados políticos que tiram o curso por equivalências profissionais e resolvem o caso com demissões

- os grandes cargos da economia portuguesa são ocupados por convite a filhos ex- primeiros ministros

- fazem-se milhões de euros em donativos para vitimas de incêndios e ninguém presta contas, nem como são aplicados e que auditorias há ao que já foi aplicado

- se rouba armamento do exército do país e não se encontram culpados e nem se encontra o mesmo

- somam-se os casos de ataques de cães de raça perigosa e a legisalção preventiva  tarda a entrar em funcionamento

- como muito bem refere o Pedro, a falta de civismo dos outros não é condenada e se fecha os olhos. 

 

Será provincianismo? Hipocrisia?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:58

Ainda as rotundas

05.12.16

Há um mês fiz um post sobre os incumprimentos que vejo todos os dias nas rotundas que passo ao ir para o trabalho e na insegurança e risco de acidentes que isso cria.

 

Chamei xicos-espertos aos infratores.

 

Hoje, o Jornal de Notícias e o Expresso online fazem notícia sobre isso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:38

Acordar de manhã e ver fotos de vómitos

07.11.16

Todas as manhãs, costumo chegar mais cedo ao trabalho, ler o Sapo Jornais e dar uma vista de olhos nos sites dos jornais.

 

Esta manhã, um site desportivo apresentava a foto do guarda redes do Benfica a vomitar no jogo contra o FC Porto. Pior, com zoom no vómito. Uma foto que tinha tanto de sensacionalista, como de escusada. Que necessidade tem o leitor de ver a foto do vómito na home page do jornal logo às 8h50m?

 

Menos mau, mas também caricato, é ver o look escolhido pela Judite de Sousa esta noite no Jornal das Oito (faz-vos lembrar alguém que recentemente também deu nas vistas na TVI?):

CwsI4j5XcAEeoi8.jpg large.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:43

A excitação com os terrotistas

18.12.15

O Jornal de Noticiais acha que desconbriu a pólvora.

 

Trouxe uma noticia alarmista e completamente abstracta para a capa sobre os terroristas que podem estar em Portugal.

Se não se sabe o paradeiro deles e se podem estar em qualquer país da Europa, não se percebe o porquê de trazer essa notícia de forma tão assustadora, tendo em conta que o seu conteúdo é sem nada de concreto.

 

Hoje, já se lançou o pânico no Porto por haver um Citroen preto de matrícula francesa... havia necessidade?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 23:25

5 euros pela Forbes Portugal é um abuso

13.12.15

Hoje fui ao Continente e deu uma vista de olhos nas revistas. Pela area profissional e pelo meu gosto pessoal costumo sempre folhear as re10363882_10152394798782509_5518874556286910864_n.jvistas económicas e por vezes comprar.

 

Fui cuscar a Forbes Portugal. Estava curioso para ver o que continha e se se justificava pagar 5 euros por ela.

 

Em parte desiludiu-me. A revista tem conteúdos interessantes. Tem umas reportagens de apenas 3 páginas da Renova, Abyss & Habidecor e da Sogrape e uma mais extensa sobre a Fartech. Sobre Portugal, de relevantes, mais nada. Tem alguns conteúdos internacionais com algum interesse, mas nenhum que me prendesse mais de um minuto a ler.

 

Para mim, não tem interesse que justifique esse valor tão elevado. Comparado com a Exame, por exemplo a nível de conteúdos prefiro a revista portuguesa e esta custa apenas 3 euros.

 

Acho sinceramente que os 5 euros estão a pagar a marca e não o conteúdo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:50

A mordaça ao Correio da Manhã

28.10.15

Nos tempos mais recentes,não me lembro de um atentado tão grande e declarado à libredade de informção e de expressão em Portugal. Como foi possívcel que tal acontecesse.

 

Enquanto isso, o Jornal de Notícias, presidido pela dupla Proença de Carvalho e Afonso Camões, presta vassalagem a Sócrates. Um jornal que defendia o Norte, agora põe manchetes com notícias de José Sócrates.

 

Depois admira-se que as vendas caiam a pique.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 22:21

Jobs for the boys - o descrédito da política

25.10.15

O Jornal de Notícias de hoje demonstra porque os políticos são todos iguais e porque a política entrou em descrédito.

Antes de sair do Governo, Passos Coelho e os  seus ministros arranjaram tachos para os meninos do seu aparelho partidário, pagando os favores em dívida.

Muitos desses jovens não têm qualquer mérito ou competência. Estao nesses cargos, por sinal bem remunerados, porque fazem partes de juventudes partidárias e vão gritar e dsaltar para as campnhas eleitorais.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:48

Presos políticos na capa do jornal Público

24.10.15

As fotografias do jornal Público são muito originais. Em vez da habitual foto política, traz vários caras de presos políticos de Angola.

 

Não deixa de ser curioso que o público é detido pela Sonae, que viu recentemente a parceria com Isabel dos Santos para o Continente em Angola, rompida e que é simultaneamente parceira na NOS.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 18:19


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Blogs Portugal