Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Quando a esmola é grande

por O ultimo fecha a porta, em 04.04.18

3ª Face há dias falava de uma campanha publicitária de uma marca de eletrodomésticos que dava um deconto na recolha do antigo.

Por curiosidade, fui ler mais e no caso de uma televisão o valor mínimo para ter o desconto era ... 400 Euros.

 

Este fim de semana, tropecei numa marca de calçado que dá 25 euros de desconto na troca de uns sapatos de vela. O preço dos sapatos abrangidos pela promoção é ... 125 Euros. Fica por 100. 

Capturar.PNG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:55

Um olho no burro

por O ultimo fecha a porta, em 03.02.18

worten.ai-converted.pngHoje fui à Worten e comprei um artigo de 45,99 €.

 

Antes de ir para a caixa, fui ao site confirmar se preço era o mesmo, mas marcava 58,99 €. Ou seja se comprasse online pagaria mais 13 €....

 

Já na caixa, no ecrã apareceram os 58,99 €. Atento, disse que o valor que marcava na estante era 45,99 €. Fui lá com a funcionária confirmar o preço ao local e eram 45,99 € marcados e foi o que paguei. Aprendi duas coisas:

 

- Estar sempre atento. Se estivesse distraído pagaria mais 13 Euros.

Se não olhasse para o ecrã e trouxesse mkais coisas seria enganado.

- Existem preços diferentes para a mesma referência entre site e loja (na loja não havia indicação de que era promoção)

Acho isso mal esta atitude porque numa altura que se fala do Omicanal e sem identificação de promoção, passei a ficar de pé atrás.

 

P.S. O motivo pelo qual fui ao online ver, foi pela experiência negativa na mesma loja da Sweetner e do Tritofano. Quando se fala na ameaça da Amazon, a Worten tem de melhorar os seu serviço de venda.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:57

Bolachas holandesas

por O ultimo fecha a porta, em 15.01.18

Deve ter aberto recentemente um supermercado "Aldi" em Gaia. Fui ao shopping buscar umas calças que deixei para fazer baínha e à vinda parei no novo supermercado, mais por curiosidade, pois já tinha lido no blog da m-M sobre ele.

 

hol.jpg

 

A primeira impressão estranha foi que os lugares do parque de estacionamento cobertos eram os mais afastados da porta de entrada. Não faz sentido ...

 

Lá dentro e talvez por ser alemão achei-o muito parecido com o Lidl. O mesmo formato de loja e tipologia de produtos (o preços dos cogumelos frescos laminados é mesmo...). Tem poucos produtos portugueses, bastante alternativa para a alimentação mais "bio", marcas europeias que não se encontram no nosso país e chamou-me a atenção a secção das pastelaria ser no lado oposto ao da entrada e ter tarte de amendoa (que até são grandes).

 

Como já disse no blog, no Verão fui a Amesterdão. Um dos recuerdos que trouxe foi as bolachas de manteiga recheadas com mel, produto típico da Holanda. Quem já lá foi sabe que as há por todo o lado. E não é que elas estavam no supermercado! Que saudades!

Não resisti e trouxe, ainda por cima sábado estava de chuva.

 

Junto da caixa também havia o famoso bolo de manteiga alemão (aquele de frutos secos com cobertura de açucar em pó em branco).Para quem gosta de variar e provar outros sabores, parece-me uma solução.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:23

Tarde de domingo

por O ultimo fecha a porta, em 19.12.17

No domingo fui até ao Porto de comboio, comprar mais algumas recordações.

Como já disse e cumpri, evitei os shoppings. Preferi os mercadinhos e as lojas de rua. Com a Rua de Santa Catarina a abarrotar, com as lojas das marcas mais populares, optei pela simpática Rua da Cedofeita e pelo mercado da Rua das Galerias de Paris (junto aos Clérigos).

Porém, ao subir a Passos Manuel, descobri e parei no Ateneu Comercial do Porto. Um mercado de Natal com negócios pessoais de micro escala convidava a entrar no edificio. A maior parte andava à volta de bijuteria, acessórios e comida. Peças  personalizadas a preços acessíveis. Para gaudio de quem lá entrou, ainda havia um coro a atuar. Uma excelente e original opção.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:39

Preço da criatividade

por O ultimo fecha a porta, em 14.12.17

Ontem fui ao supermercado comprar uma prenda. Para não ir com a prenda na mão, comprei um saco de papel.

 

Sabem quanto custou este simples saco reciclado?

 

0,60 € ... ainda dizem que a critividade é mal paga... 

IMG_20171213_215458 (2).jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:01

Breves do Último - fim de semana comprido

por O ultimo fecha a porta, em 11.12.17

Neste fim de semana comprido:

 

anigif_enhanced-26653-1457534695-6.gif

- precisei de ir ao shopping deixar na loja de onde me foi oferecido um casaco cujo fio onde aperta o botão se soltou. Fui logo cedo pois estava a adivinhar uma enchente. Não errei. Às 15h, estava a sair do mesmo e uma enorme fila de carros a chegar.

 

- Este ano as minhas prendas devem ser compradas nas lojas de rua ou nos mercados de Natal. Coisas simples já pensadas. Esta semana pretendo arrumá-las.

 

- No sábado fui ao supermercado com a minha mãe. Junto à entrada estavam grandes caixas de pão-de-ló a +/- 8 Euros. Até aí, nada de anormal. A questão foi quando olhei para o bolo e verifiquei que ele só ocupava metade de caixa. 

Sinceramente não percebi. Tanto desperdício de papel, para iludir o consumidor a achar que estava a comprar uma elevada quantidade...

 

- Vem a tempestade Ana, com o nosso país a ser exposto aos fenómenos extremos climáticos. Já estou a antever cheias, trabalho para os bombeiros e comerciantes a virem às televisões queixarem-se que perderam tudo. Onde está a aposta com a prevenção? Onde estão a subscrição de seguros? Será que aprendemos alguma coisa com Albufeira?

 

- Sapos do ano 2017

Este blog está nomeado para os Sapos do ano na categoria "Opinião".

Acho esta iniciativa interessante pois conheço a maioria dos blogs. São espaços que gosto de visitar, comentar, pessoas comuns que fazem deste espaço um hobby, um diário ou um espaço de partilha de histórias, criatividade ou opiniões. As votações decorrem no blog da Magda Pais que organizou esta brincadeira.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:36

Tendências de consumo

por O ultimo fecha a porta, em 08.08.17

Este fim de semana, no jantar com amigos, a conversa foi para um estudo que tinha lido sobre hábitos de consumo.

selling-millennials-cover.png

(Resumindo) O consumidor de 2017:

- Procuram algo personalizado

- Gostam de ter coisas diferentes do comum e não comprar por comprar.

- São muito mais racionais na hora da compra, têm muito mais conhecimento sobre o mercado, sobre os produtos e sobre os preços.

- Antes de decidirem comprar, já recolherem informações: gostam de ter opinião sobre o produto e pesquisam em diversas fontes de informação.

- São uma geração (sinceramente) preocupada por tudo aquilo que é ecológico e sustentável

 

Dei por mim a pensar em duas situações nas quais me enquadrava,uma até bastante recente:

- o caso da almofada quando pedi a vossa opinião sobre o feedback das almofadas e antes de comprar no Ikea, li o feedback no site.

- o caso da roupa desportiva e a homogeneização das marcas da Decathlon. Quando fui de férias no ano passado, só usei uma vez os calções da Decathlon pois havia uma série deles iguais e não os usei mais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:46

Partilhando uma medida positiva do Lidl

por O ultimo fecha a porta, em 25.07.17

Li esta notícia e não fiquei indiferente: o Lidl vai deixar de comercializar ovos de galinhas de gaiola.

 

Geralmente, costumo ser crítico com algumas decisões, mas quando é para elogiar, também cá estou.

 

Então:

Os supermercados Lidl Portugal deixarão de vender ovos provenientes de galinhas criadas em gaiolas.

Vão comercializar exclusivamente ovos provenientes de galinhas no solo e criadas ao ar livre, no âmbito da sua estratégia global de sustentabilidade.

“Criadas em liberdade dentro de pavilhões, as galinhas no solo circulam livremente, ambiente que salvaguarda uma densidade máxima de nove galinhas por metro quadrado.

Ao contrário das galinhas de gaiola, que têm os seus movimentos limitados a um espaço pouco superior a uma folha de papel A4, não garantindo o simples bater das asas ou até mesmo caminhar livremente levando à restrição severa do movimento”.

 

Não sei como o Lidl vai controlar, mas lá que é um bom princípio, lá isso é.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:38

Uma boa almofada

por O ultimo fecha a porta, em 20.07.17

Venho pedir a vossa ajuda sobre almofadas.

 

Quando vim viver sozinho, a minha mãe despachou-me deu-me uma almofada.

Ela é muito irregular e baixa, mas fresquita. Arrisquei e comprei outra para pôr cima da Kasa do Continente, mas além do ser super quente no pescoço, é ainda mais baixa.

 

Queria comprar uma "a sério" e que valesse pena.

 

Assim, gostava de saber se têm alguma ou conhecem alguma marca que aconselhem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:17

Viver sozinho #3 - a ida às compras

por O ultimo fecha a porta, em 22.06.17

A ida às compras é daquelas coisas que não conseguimos fugir, pois temos que (sobre)viver. Nesta atividade mundana, notei imensas diferenças.

 

Antes de viver sozinho, só ia às compras para comprar algum produto especifico ou ia pela solução mais fácil:

"Mãe, compra-me isto por favor"

"Mãe, se fores ao supermercado, não te esqueças por favor de comprar aquilo"

Ou então lá vai uma sms:

"Mãezinha, podes-me comprar aqueloutro pf?"

Quando a mãe não comprava algo:

"Mãe, então não compraste aquilo?"

"Mãe, está a faltar isto"

"Mãe, não acredito que te esqueceste de comprar aqueloutro"

 

Depois de viver sozinho, a ida às compras é um tormento.

 

    i) A nossa cabeça não é uma máquina de gravação. Coitada da minha mãe! Se sozinho já são n coisas, imaginar uma casa com 4 pessoas e cada com os seus gostos é de loucos!!!

 

    ii) Serei só eu a colocar um post it na carteira para não me esquecer de alguma coisa? 

 

    iii) Serei só eu que me esqueço sempre de alguma coisa???? Pior, é estarmos a entrar do carro e lembrarmo-nos que falta "aquilo"! kkkkkk

 

    iv) Tenho a tendência para me lembrar do essencial (iogurtes, cereias e afins), mas quando sai algo fora do dia-a-dia (entenda-se detergente, guardanapos, etc) a probabilidade de me esquecer é elevadissima. 

O problema é quando o papel higiénico, mas esse deixo sempre de reserva 

 

    v) A escolha dos perecíveis

Sabem aquele momento em que o funcionário nos pergunta quer "flamengo" ou "limiano"? E nós não fazemos a mínima ideia do que costumamos comer? E quando chegamos à fruta? Como a escolher?

Pior, é perguntar à senhora do talho, qual a melhor forma de congelar bifes? 

 

    vi) Os preços e as promoções

Outro terror de um consumidor iniciante. O preço e a qualidade difere de supermercado para supermercado. Há o super-preço, há a promoção, há o desconto em talão, há o desconto em cartão, há ...

Serei só eu a chegar a ficar o horas a olhar para a vitrine a pensar: estes iogurtes são mais saudáveis e mais caros, mas aqueles são mais baratos. Mas a diferença é só 0,30 €. Qual deles levo? 

 

Mãe, queres vir fazer as compras por mim?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:12


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Blogs Portugal