Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Teletrabalho

21.04.20

Mais de um mês depois, já podemos fazer um balanço do teletrabalho.

Ponto prévio: não tenho filhos nem obras a decorrer perto de casa. :)

teletrabalho1.PNG

Uma realidade nova que implicou uma alteração de rotina. Apesar de tudo, há duas coisas que são boas: uma é que nos mantivemos a trabalhar e a outra é não estamos (tão) expostos.

Eis as minhas principais impressões:

- Conforto do lar

Estamos no nosso aconchego e podemos trabalhar onde quisermos: na sala, quarto, cozinha, escritório (quem tiver), ... Podemos estar de mantas ou de fato de treino. Podemos ter a televisão ligada. Mas traz problemas como a concentração, o controlo das distrações e o conforto para estarmos 8 horas a produzir.

- Dificuldade em desligar

Um dos grandes inconvenientes. Sempre associei casa ao lazer, ao refúgio onde estamos à vontade e onde desligamos do trabalho. Ir ao computador em casa era só para o blog e coisas de lazer. Agora, é difícil fazer o off. Esta semana comentávamos em equipa na noção dos horários. Acabamos por trabalhar mais porque não temos as viagens, não temos compromissos, havendo sempre margem para esticar a corda.

- Facilidade de horário

Podemos acordar 5 minutos antes do horário porque não temos de nos arranjar, nem trânsito, nem transportes para apanhar. A chuva e o frio deixaram de ser condicionadores. O mesmo se aplica à saída. As refeições deixaram de ter um horário rígido, mas isto pode ser bom e ... mau.

- Roupa

É daquelas coisas que com o tempo se tornam triviais no nosso dia a dia. Só reparamos nelas nestas situações-limite. Quando começou a quarentena e com o tempo frio soube bem o fato de treino/pijama. Mas com os dias, começa a cansar e a sentirmos a falta de estarmos apresentaveis até porque as roupas mais confortáveis enganam no que ao peso diz respeito :)

teletrabalho2.PNG

- Marmitas e combustível

A maior vantagem. Não há marmitas nem freimas de preparação e os custos com combustível diminuíram. No meu caso ainda não precisei de abastecer desde 9 de Março.

- Condições de trabalho

Aqui está um dos potenciais problemas.

Felizmente a net tem-se portado bem, os vizinhos fazem silêncio, não tenho crianças, mas a cadeira onde trabalho, por exemplo, não foi comprada para estar sentado 8h por dia. Já quanto aos ecrãs, fios e cabos, não trouxe os da empresa. Trabalho no portátil “normal” com uma capa por baixo.

Nestes casos entra a ponderação: ou ir à empresa buscar o material (tendo trabalho, gastando tempo, combustível e burocracias) ou comprar pela net em especialistas de componentes eletronicos para remedeio e utilizações futuras. Talvez a segunda possa compensar, como a loja online PTRobotics. Depende de pessoa para pessoa. Mas é incrível como há tecnologias e softwares que facilitam as “meetings” e que temos usado. Até já é possível termos o telefone fixo no nosso computador...

- Os colegas

O ser humano é um ser social. Estar enclausurado em casa sem ver ninguém fisicamente, falando apenas ao telefone é complicado. Além disso há coisas que pessoalmente são mais fáceis de resolver, perceber ou explicar. Não temos ligado a Webcam – acho que os motivos são comuns J - mas já temos saudades de nos ver.

 

Bom, e vocês como estão a lidar com o teletrabalho?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 16:28


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.