Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Trilho Braga - São Bento da Porta Aberta (a pé)

17.08.19

IMG_20190815_062438.jpg

Esta foi das experiências da minha vida que não vou esquecer.

Por razões pessoais queria tê-la feito no ano passado, mas não se proporcionou. Fui de carro em Dezembro, mas quando ouvi falar da nova peregrinação no ginásio, nem pensei duas vezes. Disse logo que queria e juntei-me ao grupo.

 

Assim, dia 14, vespera do feriado, foi a data escolhida pelos organizadores para a ida ao São Bento da Porta Aberta a pé.

 

A partida foi às 23 horas na estação dos comboios de Braga. A noite estava quente, o que se tornou muito exequivel. O percurso seriam 37 km e duraria 9 horas.

Estação de Braga.PNG

O nosso percurso começou na estação de Braga (fomos de comboio até lá), seguimos pelo quartel da cidade e fomos até Adaúfe pela estrada romana. Talvez por ser de há vários séculos, não há ponta de luz. Em Adaúfe, decorriam as festas locais com direito a ouvirmos um pouco de uma cantada ao desafio. De lá seguimos até à primeira paragem para descansar e comer, até à Ponte do Porto que passa o Rio Cávado. 10 quilómetros e duas horas estavam decorridos.

Porta braga.PNG

IMG_20190814_232602.jpg

IMG_20190815_001548.jpg

Partimos por meio de caminhos rurais e aldeias. Nem sempre com luz, uma subiditas nada de especial até à Capela de Goães. Uma paragem rápida e mais 10 quilómetros.

IMG_20190815_031139.jpg

Seguiu-se a parte mais perigosa. Por uma Estrada Nacional cruzamo-nos com um grupo de Ofir, mas não há qualquer passeio. Um perigo! Já eram 3 da manhã e havia poucos carros. Metemo-nos por dentro até ao Rebentaço.

 

Faço uma pausa no relato porque aqui começa a parte mais complicada do percurso. O nome não engana, é mesmo para rebentar. O "Rebentaço" é uma subida íngreme, interminável, em que o piso é o da calçada romana (gumos) e rodeada de árvores. Sem ponta de luz, trepar, trepar, trepar. No cimo, vem outra subida com várias capelas cujo nome é Calvário e chegamos ao recinto da Nossa Senhora da Abadia. Eram 5h00 e aproveitamos para ir ao WC, descansar e comer.  Lá decorriam festas e muitos grupos também tinham optado por aquele percurso porque estava muita gente.

IMG_20190815_045805.jpg

 

A partir daí veio o pior: a subida e descida monte que acabaria no São Bento. 2 horas - uma a subir, outra a descer.

 

Saindo da abadia, metemo-nos por um trilho (pela primeira vez com placas a indicar o caminho). Sempre a trepar montanha acima. Começava o dia a clarear e as pernas a penar. Pelas pedras, subia, subia, subia. Com o escuro, não havia visibilidade para ter vertigens.

IMG_20190815_062453.jpg

IMG_20190815_064225.jpg

 

Chegado ao alto do formigueiro, o dia começar o sol despertou. Por fim, a descida. Agora veio a pior parte de todo o percurso. 

 

A descida é aos "S" através de estradões, com um declive acentuado e escorregadio. A pressão que faz nos joelhos é muito grande e custou um pouco pela extensão e inclinação. A coisa boa foram as vistas sobre o Rio Caldo e o próprio Santuário.

 

IMG_20190815_065624.jpg

 

IMG_20190815_065627.jpg

IMG_20190815_071608.jpg

IMG_20190815_071803.jpg

 

7h44m. Finalmente chegamos!

Alongamentos, descansar, beber água e ida à Igreja.

 

Peregrinação feita. Dever cumprido.

 

IMG_20190815_074843.jpg

 

Depois de a fazer e dois dias depois, estou bem. O facto de fazer exercício físico, caminhadas e corridas (claro em muito menor distâncias) foram fundamentais. Os alongamentos no fim ajudaram a que não sinta dores nem espalmado, embora cansado claro. Já tenho o sono em dia. A parte pior são os últimos 10 km entre o Rebetanço - subida do monte e descida do monte. Se as subidas requerem mais esforço, a descida provoca impacto nos joelhos. Foi cansativo, mas não sei se irei repetir.

 

Este tipo de peregrinações têm de ser feitas em grupo. Não só pelo perigo (estrada, monte, caminhos isolados), mas sobretudo pela motivação e para puxarmos uns pelos outros.

 

IMG_20190815_074846.jpg

 

Tem também de ser feito à noite devido ao calor e de lanterna. Muito mal sinalizado, muitas estradas sem qualquer proteção ao peregrino. Sobre a roupa, o colete refletor é obrigatório. Levei o do carro.

 

Por baixo levei uma t-shirt de algodão também branca. Só tive frio quando paramos na Abadia, onde vesti um corta vento (o dos chineses) mas passado 5 minutos tirei-o. As sapatilhas levei umas confortáveis que costumo levar nas férias para as cidades e as meias as Calzedonia Sport. Nem uma bolha! Tenho de tirar o chapéu à marca italiana.

IMG_20190815_070450.jpg

 

Descobri neste site que alguém fez o percurso durante o dia. Ver aqui - tem fotos tiradas durante o dia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:49


84 comentários

Imagem de perfil

De Sofia a 17.08.2019 às 14:41

Fazer o percurso toda a noite? No way.🤣🤣🤣 A paisagem é bonita.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 17.08.2019 às 14:42

Sim, toda a noite, madrugada e amanhecer! Foi duro, sobretudo a parte do monte.
Valeu a paisagem. Sobre a albufeira do Rio Caldo, o nascer do sol é qualquer coisa de estupendo. Ao menos isso :)
Imagem de perfil

De Sofia a 17.08.2019 às 14:46

Eu com sono pareço uma bêbada!🤣🤣🤣
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 17.08.2019 às 14:56

Não se tem sono. Cansaço sim. é sempre a andar e o tempo estava bom.
Imagem de perfil

De Sofia a 17.08.2019 às 15:01

Não me convences!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 17.08.2019 às 15:05

Nem pretendo :) é um desafio pessoal e só faz sentido se vier do interior de cada um!
Imagem de perfil

De Sofia a 17.08.2019 às 15:15

Gosto da noite!. Mas não para trilhos. Tens maior probabilidade de te aleijares.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 17.08.2019 às 15:17

Isso sim, sem dúvida. Lanterna é obrigatório pq no monte não há luz. Mas dado o calor, tem de ser durante a noite e de verão que está ameno ;)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.08.2019 às 09:31

Só com sono! Pareces uma bêbada todos os dias.
Imagem de perfil

De Sofia a 22.08.2019 às 09:43

É natural! Há semanas que não me deixam dormir.
Imagem de perfil

De MJP a 17.08.2019 às 15:45

Muitos Parabéns!!! :)
Deve ter sido uma experiência fabulosa! ;)
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 17.08.2019 às 15:51

Foi durinha, mas foi uma decisão pessoal. Está feita!
Imagem de perfil

De Bia ❤️ a 17.08.2019 às 16:02

Nunca me aventurei, mas tenho familiares que costumam ir todos os anos... Parabéns pela tua conquista!
Imagem de perfil

De Alala a 17.08.2019 às 16:05

Bem que desafio . Muitos parabéns. Quando a motivação é grande não há nada que nos faça parar, nem o cansaço.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 18.08.2019 às 11:48

Tem de ser o pensamento, porque senão não chega ao fim. Daí tb a importância de ir em grupo ;)
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 18.08.2019 às 11:44

Numa dessas aventuras podes-te juntar a eles :) mas é bem puxado!
Imagem de perfil

De Nala a 17.08.2019 às 16:57

As paisagens são de cortar a respiração. Parabéns pelo objetivo atingido!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 18.08.2019 às 11:47

Valeram as vistas. Já era de dia quando as "vimos". Fui puxadito :)
Imagem de perfil

De Nala a 18.08.2019 às 13:20

Acredito. Mas com certeza que estás cheio de orgulho do feito 😊
Imagem de perfil

De Maria a 17.08.2019 às 18:16

Muitos parabéns pela concretização do objetivo proposto.
Deve ter sido uma experiência única.
As fotos são lindas!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 18.08.2019 às 12:02

Foi uma experiência puxadita mas muito boa sim! :)
Imagem de perfil

De Maria a 18.08.2019 às 14:04

Boa tarde. O cansaço passa. A satisfação perdura. :).

Um excelente domingo!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 18.08.2019 às 14:32

é isso mesmo!
Um bom domingo para ti tb!

De Anónimo a 17.08.2019 às 19:37

Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 18.08.2019 às 11:58

Com lanternas, vamos uns atrás dos outros :) Os coletes refletores tb ajudam.

Custa mais a descer pq temos de ir a travar e faz pressão nos joelhos. ;)
Imagem de perfil

De Peixe Frito a 17.08.2019 às 20:56

Não há dúvida, eu acho que deve ter sido uma experiência giríssima. É pena de facto existir pouca sinaletica para quem costuma fazer esses percursos, pois de noite... deve haver cada sítio mais taciturno eheh :P Por cá por vezes há caminhadas à noite, pela zona velha da Vila de Sintra e pela serra. Mas não de tanto tempo de percurso, algo mais soft (e com outros objectivos).
E a sensação de andar na rua e ver o nascer do sol, eu acho maravilhoso. Adoro!
E parabéns pela forma física, para teres palmilhado all night long e estares finess! 😋
Muita beijoquinhaaaa
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 18.08.2019 às 11:56

Está feita :) apanha-se de tudo no percurso até porque é por atalhos para encurtar :)
Imagem de perfil

De cheia a 17.08.2019 às 22:12

Isso é que foi uma grande peregrinação!
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 17.08.2019 às 23:08

Há imensos grupos que fazem este percurso.
Eu sei que é muito difícil, várias vezes me convidaram, há alguns anos, logo, tinha mais arcaboiço para isso, nunca me atrevi porque acho que não iria aguentar.
Também, em tempos, pensei fazer os caminhos de Santiago, mas está fora de questão, desde que, há 2 anos, fiz o percurso ( cerca de 30km) entre Braga e Trofa.
Quanto a este sua aventura, parabéns.
Está preparado para tudo a descrição desta caminha da está impecável, e as fotografias, estão excelentes.
Adorei a do nascer do dia ( e esta madrugada, que não conseguia dormir estive para sair de casa e ir ao Santuário do Sameiro ver o dia nascer). Mas vai ficar para Setembro.
Há anos que não vejo o nascer do so.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 18.08.2019 às 11:54

Está feita, mas sim foi puxadito sobretudo na parte final. O amanhecer (chegamos já dia) foi ao descer o monte e tinha umas vistas espetaculares :)
Sem imagem de perfil

De Cláudia a 17.08.2019 às 23:20

Excelente! Parabéns!
Deve ser uma experiência única mesmo.

Eu queria ir a Fátima a pé. Sou de Lisboa.
Mas como já me disseram que envolve muito a parte religiosa e não é isso que me move.... tenho que pesar bem.

Acredito na dificuldade, mas deve ter valido muito a pena!

Beijocas
Imagem de perfil

De Vagueando a 25.08.2019 às 12:39

O Caminho de Fátima não envolve necessariamente a parte religiosa, eu fi-lo com um grupo (SAL-Sistemas de Ar Livre) e mais tarde, fiz também com amigo mas de bicicleta. Pode fazer-se sozinho ou com um pequeno grupo, o caminho está bem marcado. Se é de Lisboa, até Santarém pode fazer duas etapas e regressar de comboio. As restantes etapas pode fazer de carro, deixar no ponto de partida ou chegada e apanhar um táxi.
De qualquer modo se arranjar um grupo a SAL pode organizar o percurso, ver link abaixo.
http://www.sal.pt/caminhodefatima/pp_aa_caminhodefatima_programa.shtml
Se gosta de caminhar também tenho um passeio em Sintra, Escadinhas de Sintra, pode consultar o site do Caminhar em Portugal, que vou repetir de novo em Setembro, ainda sem data marcada.
No meu blog encontra também uma referência a este passeio.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 25.08.2019 às 19:09

Vou encaminhar à Claudia, que ela é do blogspot :)
Sem imagem de perfil

De Cláudia a 25.08.2019 às 21:33

Obrigada =)

Vou lá dar um saltinho para ver =)

Comentar post


Pág. 1/4



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Blogs Portugal