Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Turistando por Barcelona (roteiro)

01.03.18

No passado fim de semana fui a Barcelona.

A viagem foi marcada com antecedência no site da Raynair e através do Booking. Como eram só dois dias, evitamos agências. Sobre o voo já contei aqui as peripécias.

Partilho o meu roteiro.

 

Sábado de manhã

- Sagrada Família

Fomos bem cedo e com bilhetes comprados na Internet. Não havia filas, nem confusões à primeira hora. O local é de visita obrigatória. A arquitetura exterior e os vitrais interiores da basílica são o mais relevante.

IMG-20180228-WA0000.jpg

 IMG-20180228-WA0240.jpg

 

- Parque Guel

O que implicava transportes, despachamos de manhã. Fomos de metro entre a Sagrada Familia e o Parque. Existe a parte gratuita e a parte paga com o famoso lagarto. É um sítio obrigatório: pelas vistas, pelos jardins, pelos azulejos e pelo pulmão verde da cidade. Lá consegue-se ver as gruas na interminável construção da Sagrada Família. Achei que não valeu muito pena ter comprado o bilhete pois "só" serve ver e tirar a fotografia no lagarto.

 

IMG-20180228-WA0354.jpg

 

Sábado à tarde

 

- Casa Milá Pedrera

O taxi deixou-nos neste ponto da cidade e o resto faz-se tudo a pé. Paragem obrigatória. Não entramos mas pudemos mirar a arquitetura exterior.

IMG-20180228-WA0009.jpg

 

- Casa Batló

Uns metros mais abaixo. Foi o bilhete mais caro, mas valeu muito a pena. Trata-se de mais obra prima de Gaudi, com uma beleza e esplendor arquitetónico invulgar. Uma visita em que vale a pena comprar com audioguia. São inacreditáveis os pormenores e a inteligência do artista.

IMG-20180228-WA0294.jpg

 

 - Plaza da Catalunya

A pé seguimos para a praça central de Barcelona. Algumas manifestações pacificas enchiam a praça. Chamou-me a atenção o edificio sem janelas do El Corte Inglês que não percebo como se enquandra ali mas enfim.

 

- Arc do Triomf

Bem perto, chegamos ao Arco do Trinfo de Barcelona, bem imponente para as fotografias da praxe.

 

- Museo da Xocolata

É um museu discreto logo abaixo onde é possível ver esculturas inacreditáveis em chocolate e saber um pouco mais da chegada do mesmo à Europa e do processo de cultivo de cacau. O bilhete é em forma de tablete e claro que trouxemos umas para Portugal :) 

 

- Parc da Cidadela

Já se fazia noite, mas ainda deu para ir ao parque. Já estavamos de rastos, mas ainda conseguimos ver o lago e mirar a escadaria central.

 

Sábdo à noite

- Mercado La Boqueria

Tivemos que o ver no sábado e é um mercado com inumeras bancas de fruta, legumes, peixe, carne, frutos secos e chocolates a peso. Compramos um copo de fruta e um sumo natural cada um. 

Já estavamos exaustos.

 

Domingo de manhã

- Passeio em Barceloneta

Foi das zona que mais gostei. É a zona à beira mar. Tem uma esplanada enorme e sem confusões nem aglomerados (talvcez por ser domingo de manhã de Fevereiro). Muitos desportistas e nativos. Demos a volta ao Port Vel (que é a marina central) e chegamos à areia da praia. Sentimos a temperatura do Mediterrâneo e apanhamos um bocadinho de sol.

 IMG_20180225_093557.jpg Aquarium

As fotografias no meio do tanque dos tubarões encheu-nos de curiosidade e fez-nos pagar o bilehte. É um oceanário com o tal tunel que passa pelo meio do aquário central. Porém, a zona dos pinguins fica longe do de Lisboa (e o bilhete é mais caro!!). É daquelas coisas que só vale o bilhete para se tirar uma vez fotografias e mais nada. 

 

Domingo à tarde

- Catedral

Subindo, paramos na Catedral. Não entramos pois o tempo já não era muito. Por fora é uma obra bonita que vale a pena observar.

 

- Museu da história natural

Ao domingo à tarde não se paga. É possível ver ruínas romanas originais de Barcelona bem como objetos dos povos mediterrâncios que aprendemos na história.

 

- Ramblas e bairro gótico

Foi a ultima coisa que vimos e percorremos. As Ramblas não têm nada de especial... As baixas expetativas confirmaram-se. É uma rua pedonal com: imensa gente para cima e para baixo (uns a passear e outros a mirar quem passa, estrategicamente colocados e com segundas intenções), lojas de recuerdos e restaurantes de magrebinos em tudo que é montra. Portanto, não tem nada de extraordinário. 

A acumular ainda havia duas manifestações: uma pela indepednência porque o rei estava lá e outra contra o governo de Marrocos.

 

 

Para dois dias, vimos muita coisa, penso que o principal.

Foi uma cidade que gostei muito de conhecer, muito agradável, mas que gostaria de voltar.

Planeamos com antecedência onde queríamos ir, compramos alguns bilhetes online que eram mais baratos e fizemos cerca 18 km diários. 

Achei que valeu a pena.

A nível de custos, tivemos sorte com o alojamento que ficou barato (soubemos lá que foi campanha de abertura do hotel), o voo foi planeado com antecedência e só usmaos taxi no sabado de manha, dado o pouco tempo que tínhamos e no aeroporto (devido às horas). Optamos por entrar nalguns museus pois só assim consegueriamos disfrutar destes dois dias. O Oceanário e a Casa Batló foram os mais caros.

Amanhã partilho mais fotos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:44


1 comentário

Imagem de perfil

De Lady a 02.03.2018 às 12:19

Adorei visitar Barcelona :D.
Nunca vou esquecer quando ouvi tocar harpa no parque Güel, foi tão lindo que me emocionei. Bjs, Marina

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Blogs Portugal