Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Voltando ao desperdício

25.06.18

No domingo, fui ao supermercado comprar um palmier antes de ir fazer a minha caminhada.8643_-_embalagem_plast_torta_ga18_1__2.png

 

 Optei por aqueles já embalados e que estava em promoção.

 

Enquanto o comia, apercebi-me que tinha a embalagem e tinha de a deitar fora. Deitei-a no ecoponto amarelo que havia mais à frente.

 

Dei por mim a perguntar: para quê tanto desperdício de plástico? É verdade que facilita ao cliente pegar na embalagem e pagá-la na caixa até porque é transparente, mas porque não ter mais consciência é vender os artigos nos sacos de papel?

 

O Continente e o Pingo Doce deveriam pensar nisso...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:54


21 comentários

Sem imagem de perfil

De P. P. a 26.06.2018 às 18:42

Estamos em sintonia quanto ao tema.
Por aqui, pelo menos no Lidl usam sacos de papel. No Continente... uiii
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 26.06.2018 às 21:02

Por aqui o Lidl e nos Minipreços que tb têm pastelaria. É identico ao Lidl o conceito, porque a qualidade deixa muito a desejar e está a léguas da cadeia alemã :)
Imagem de perfil

De HD a 26.06.2018 às 18:48

Ainda se veem muitas embalagens assim, por todo o lado... :\
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 26.06.2018 às 21:00

Infelizmente são aos montes. Só me apercebi mais tarde senão não teria comprado.
Imagem de perfil

De Catarina a 26.06.2018 às 20:44

É curioso como numa época em que tanto se fala das questões ambientais nos deparamos com, cada vez mais, estratégias de venda que não se preocupam minimamente com o ambiente...
Sem imagem de perfil

De Remus a 28.06.2018 às 21:25

Mas desde quando que as embalagens em papel são mais ecológicas que o plástico?
Eu acho que deverá andar tudo pelo mesmo nível.
O ideal era não existir embalagens nenhumas. Por exemplo, cada um levava uma bacia ou uma taça e metia as coisas directamente dentro da taça. Sem embalagens. Sem plástico. Sem papel.


Ou então, finalmente apostar no chamado plástico ecológico. Não sei se sabes, mas é possível criar plástico a partir de batatas ou do milho. O chamado de bioplástico. Acho que poderia ser uma aposta, para este tipo de embalagens que aparece na fotografia altamente artística.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 01.07.2018 às 19:24

Esta foto é do google :)
Não me parece que as grandes empresas de distribuição estejam na disposição de suportar esse custo ou encarecer os seus produtos.
Os papeis do pão são geralmente reciclados e ocupam menos espaço.

Comentar post


Pág. 2/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.